As maravilhas das frutas frescas

Ultimamente tenho adorado passear pelo mundo dos molhos à base de frutas. Além de trazerem um toque adocicado delicioso elas deixam os pratos super saborosos sem carregá-los demais. E não há nada mais refrescante do que saborear uma refeição leve e deliciosa, não é mesmo?

A versatilidade das frutas é incrível já que além de serem uma ótima base para molhos cremosos também funcionam muito bem como salsas fresquinhas e deliciosas. Esta outra receita que publiquei há algumas semanas mostra bem como um mesmo ingrediente pode ser usado em preparações completamente diferentes. Ambas ficaram uma delícia.

Filé mignon ao barbecue de ameixa preta

Filé mignon ao barbecue de ameixa preta

1 medalhão de filé mignon
1 ameixa preta média
50 g de cebola picada
1 dente de alho picado
1 col. de sopa de mel
1 col. de sopa de vinagre de arroz
1 col. de sopa de ketchup
1 col. de sopa de mostarda forte
1 col. de chá de shoyu light
1 col. de café de gengibre em pó
1 anis estrelado
1 cravo da índia
azeite, sal e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:
Primeiro prepare o filé. Tempere com sal e pimenta a gosto e leve para assar em forno pré-aquecido a 200˚C por 20 minutos ou até atingir o ponto desejado.
Enquanto o filé assa, prepare o molho. Aqueça uma panela antiaderente em fogo médio e regue com um fio de azeite. Refogue a cebola e o alho picados por alguns minutos até ficarem macios e aromáticos. Acrescente a ameixa cortada em cubos e mexa para começar a cozinhar.
Junte os demais ingredientes e coloque na panela. Mexa bem para que tudo fique incorporado. Deixe ferver, abaixe o fogo e cozinhe por 10 minutos mantendo uma leve fervura até que a ameixa fique bem macia e o molho engrosse um pouco.
Retire o filé do forno e despeje o molho por cima. Retorne ao forno e asse por mais 5 minutos. Sirva em seguida acompanhado de arroz selvagem e legumes no vapor.

A receita original sugeria servir este molho por cima de lombo de porco assado. Entretanto, como tinha este suculento filé mignon em casa resolvi preparar com a carne mesmo. O sabor agridoce ficou super saboroso e com certeza combinaria muito bem com carne de porco ou até um carré de cordeiro assado.

De modo geral, molhos à base de frutas são perfeitos para qualquer tipo de carne. As salsas frescas servidas frias combinam melhor com carnes brancas como peixes e frangos. Já os molhos mais elaborados e cozidos, como este de hoje, são ótimos para carnes mais marcantes e pesadas. De qualquer maneira, acrescentar frutas aos pratos principais transforma as refeições em experiências deliciosas.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Delícias sem o menor esforço

Tem dias que a preguiça toma conta da gente de uma forma monumental. Nesses dias, só de pensar em ter que cozinhar algum prato muito elaborado nos deixa exaustos e sem vontade de nem abrir a geladeira quanto mais o forno. Por sorte, com alguns simples temperos que encontramos por aí, é possível fazer refeições deliciosas e sem o menor esforço.

De modo geral, as cozinhas orientais são mestres em misturar temperos para dar um sabor excepcional e único a uma receita. Uma mistura de especiarias contendo anis estrelado, cravo, canela, funcho e fagara formam uma combinação especial chamada de “cinco especiarias chinesas”. Este tempero pode ser usado para temperar peixes e frangos e deixa o sabor do prato delicioso.

Tilápia às cinco especiarias

Tilápia às cinco especiarias

1 filé de tilápia médio
1 col. de chá de tempero “cinco especiarias”
2 col. de sopa de shoyu light
1 col. de sobremesa de açúcar mascavo
um fio de azeite

Modo de preparo:
Tempere o filé de tilápia com as “cinco especiarias”. Certifique-se de que todo o peixe esteja coberto uniformemente com o tempero. Unte uma forma refratária com um fio de azeite e coloque o filé. Leve para assar em forno médio pré-aquecido (200˚C) por 20 minutos ou até ficar no ponto desejado. Cubra para não esfriar e reserve.
Numa panela pequena antiaderente despeje a mistura de shoyu com o açúcar mascavo. Cozinhe em fogo baixo por alguns minutos até engrossar e formar um molho viscoso. Regue por cima do peixe e sirva a seguir.

Por ser um pouco exótico, este tempero de “cinco especiarias chinesas” pode ser um pouco difícil de achar em supermercados comuns. Entretanto, procure em mercados específicos de alimentos orientais ou lojas especiais de comidas e temperos diferenciados. Para quem mora em São Paulo, encontrei esta mistura na Casa Santa Luzia, ótima para temperos diferentes como este.

A simplicidade desta preparação é sensacional. Só a mistura de temperos encontrada nas “cinco especiarias” já é suficiente para deixar o filé de tilápia divino. Entretanto, o acréscimo do molho de shoyu reduzido com o açúcar mascavo dá um toque agridoce delicioso ao prato final. Experimente saborear com arroz selvagem, fica super sofisticado.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Festinha com as amigas

Domingo pode já estar terminando mas ainda dá tempo de preparar uma delícia para saborear de sobremesa no jantar. Esta de hoje não é nada light, mas de vez em quando vale a pena deixar a vida regrada de lado e fugir para o paraíso dos doces proibidos.

Super fácil, esta sobremesa não requer muitos ingredientes nem muito tempo para ficar pronta. O único porém é acertar o ponto, mas para quem já é craque em fazer doces como brigadeiro com certeza vai saber o tempo certinho para deixar esta delícia perfeita.

Cocada mole

Cocada mole

1 xic. de chá açúcar ou adoçante para forno e fogão
1 copo de água
1 canela em pau
1 cravo-da-índa
1 xic. de chá de coco ralado
1 col. de chá de margarina light
6 gemas

Modo de fazer:
Ferva o açúcar com a água, a canela e o cravo numa panela antiaderente até obter um caldo em ponto de fio grosso. Acrescente o coco ralado e deixe ferver em fogo baixo por 10 minutos. Junte a margarina e mexa bem.
Deixe esfriar completamente antes de adicionar as gemas. Misture bem para incorporar completamente e leve de novo ao fogo brando. Cozinhe mexendo delicadamente até engrossar (aproximadamente 10 minutos). Sirva em temperatura ambiente.

Rende 10 porções.

Amo cocada de paixão. Nos dias que tenho liberado para comer um docinho geralmente dou preferência para esta delícia. Alias, adoro qualquer sobremesa com coco. Certamente a cocada tradicional é mais prática para guardar em grandes quantidades ou preparar para festas. Mas esta versão mole é deliciosa como substituto do clássico beijinho.

Aproveite a noite de premiações do Oscar de hoje para juntar várias amigas e fazer uma panela desta cocada mole. Sentem-se na frente da TV e peguem uma colher para cada uma. O melhor é comer o doce direto da panela sem ter que se preocupar com mais louça para lavar. Não deixa de ser outra opçõe super saborosa para o tradicional brigadeiro de panela.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Especiarias do além

Adoro os sabores da culinária mundial. Acho fascinante que cada cantinho do mundo tem seus pratos e características diferentes na hora de preparar a comida. E desde que mergulhei no mundo da cozinha minha maior diversão (e meu maior desafio) é experimentar com os temperos e gostos de diversas tradições gastronômicas.

A culinária indiana é bastante característica e está relativamente bem difundida pelo mundo. A base dos pratos são os temperos e o sabor intenso que eles trazem à comida. Decidi começar com algo simples, peito de frango marinado com especiarias típicas. Aos poucos pretendo ir testando preparações mais elaboradas e desafiantes.

Frango picante com especiarias

Frango picante com especiarias

120 g de peito de frango
1/2 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de chá de garam masala
1/2 col. de chá de molho de pimenta malagueta
sal a gosto
1 pêssego fresco (ou 2 metades de pêssego em calda)

Modo de preparo:
Corte o peito de frango em tiras pequenas. Numa tigela, misture o iogurte, o garam masala e o molho de pimenta. Tempere com sal a gosto. Separe 1/4 do molho e guarde na geladeira para a hora de servir. Despeje o restante dentro de um saquinho de plástico. Acrescente os pedaços de frango e misture bem para que tudo fique bem temperado. Feche o saquinho e deixe marinando na geladeira por 30 minutos.
Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque os pedaços de frango para cozinhar descartando o molho da marinada. Mexa o frango para ir cozinhando de maneira uniforme por aproximadamente 5 minutos (ou até ficar pronto). Reserve.
Corte o pêssego em pedaços e retire o caroço. Aqueça durante 2 minutos no microondas num prato apropriado. Na hora de servir, arrume os pedaços de frango e do pêssego assado em cima de 3 col. de servir de arroz integral e regue com o molho reservado na geladeira.

O garam masala é um tempero tipicamente indiano. Feito à base de uma mistura de especiarias, sua composição varia de região para região. Alguns dos ingrediente mais usados são cravo, canela, cominho, cardamomo, coentro e pimenta preta. Essa mistura é bem forte e traz uma pegada quente a qualquer preparação.

Pode até parecer estranho incluir o pêssego no meio desse prato, mas acredite, o docinho da fruta (ainda mais se você resolver optar pela versão em calda) ajuda e muito a contrapor os temperos fortes usados no molho indiano do frango. Eu sugiro ficar com o pêssego in natura assado no microondas (para não acrescentar açúcar demais presente nas frutas em calda). Caso não simpatize muito com pêssegos, pode trocar por outras frutas como a manga.

Por hoje é só.

Bon appetit!