Rapidez e elegância

Não é querendo me gabar nem nada (até porque não fui eu que inventei a receita, peguei de um dos meus livros de culinária saudável) mas o prato que acabei de preparar ficou absolutamente SENSACIONAL! Com maiúscula!

Simples, fácil, rápido e altamente saboroso, é a minha dica de hoje para incrementar o que para muitos é uma dieta sem graça. (Sim, já ouvi inúmeras pessoas dizendo que é impossível manter uma alimentação balanceada e saudável com pratos saborosos. É aquela velha história de acharem que temos que comer peito de frango grelhado pro resto da vida.)

A princípio achei que seria difícil preparar esta receita. Na verdade, achar todos os ingredientes foi mais complicado do que executá-la. No total, gastei 30 minutos entre começar os preparativos e sentar para comer. Ou seja, se você quer uma receita deliciosa, com pinta de gourmet, para impressionar convidados no jantar, mas não vai ter muito tempo para preparar, aqui está a solução.

Filé de peixe com batata e cebolas Charlotte no vapor

Filé de peixe com batata e cebolas Charlotte no vapor

100 g de filé de linguado (ou outro peixe a sua escolha)
50 g de batata bolinha
100 g de cebola charlotte ou pérola
50 ml de vinagre balsâmico
Sal, pimenta-do-reino, folhas de hortelã, tomilho e orégano a gosto

Modo de preparo:
Tempere o filé de peixe com sal, pimenta e orégano a gosto. Regue o vinagre balsâmico por cima e deixar marinar por 15 minutos.
Em uma panela de vapor, ferva 500 ml de água com as folhas de hortelã e o tomilho. Quando estiver fervendo, posicione as batatas e as cebolas descascadas deixando espaço para que o vapor circule entre elas. Tampe a panela e deixe cozinhar por 12 minutos.
Acrescente o peixe e cozinhe tampado por mais 10 minutos. Por fim, no momento de servir, aqueça a marinada e regue os filés, as cebolas e as batatas.

Na receita original a sugestão era fazer com atum. Entretanto, não consegui encontrar atum fresco no mercado e acabei comprando filé de linguado mesmo. Ficou uma delícia! Tudo porque a combinação entre o vinagre balsâmico e o aroma do hortelã resultou em algo que jamais tinha experimentado. Simplesmente divino.

De qualquer maneira, tenho certeza que qualquer peixe cairia bem com esta receita, inclusive (se não, especialmente) peixes com sabor mais encorpado como o atum e o salmão. Se você conseguir encontrar atum fresco, sugiro fazer com ele mesmo. Aproveite e me conte como ficou.

A minha maior dificuldade mesmo foi encontrar as batatas e as cebolas pequenas. O truque desta receita é que ela utiliza cebola charlotte ou pérola, aquela versão menor da tradicional que tem um gosto levemente adocicado. Faz toda a diferença. Por ser mais suave do que a maior, a cebola pérola cai muito bem como acompanhamento de qualquer preparação de peixes, aves ou carnes. Vale a pena procurar para encontrar a versão in natura. Uma dica: evite comprar as que vêm em conserva já que tiveram seu gosto modificado por causa do salmoura.

Já falei mas acho que vale a pena repetir: este prato ficou sensacional! Estou me segurando para não prepará-lo amanhã de novo se não não terei receitas novas para compartilhar com vocês. Mas é certeza que vou repetir a dose muito em breve.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s