Sauvizando clássicos intensos

Quem me acompanha desde o começo do blog já percebeu que vira e mexe acabo fazendo pequenas modificações à receitas clássicas. Estas mudanças ocorrem em geral por 2 motivos: ou não tenho um dos ingredientes e substituo por outro que encontro na geladeira ou faço uma opção mais saudável e/ou saborosa usando ingredientes diferentes.

Foi o que aconteceu hoje. Macarrão à puttanesca é um clássico bastante conhecido da culinária italiana. Os ingredientes são simples: azeitona, alcaparras, molho de tomate e anchovas. O problema e a quantidade exuberante de sal presente nas anchovas e o seu sabor extremamente forte. Além disso, elas não são sempre fáceis de achar. Por isso minha modificação foi simples – apenas resolvi usar peito de frango que é mais suave e sempre tenho guardado no freezer.

Penne integral à puttanesca de frango

Penne integral à puttanesca de frango

60 g de penne integral
100 g de peito de frango
50 g de cebola
1 dente de alho
1 col. de sopa de alcaparras
1 col. de sopa de azeitona
2 col. de sopa de molho de tomate
1/2 col. de sopa de azeite
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe a massa de acordo com as instruções do pacote.
Tempere o peito de frango com sal e pimenta a gosto. Corte em tiras finas. Aqueça uma panela wok (ou frigideira funda) antiaderente e coloque a cebola e o alho picados. Use alguns pingos de água para ajudar a não grudar. Refogue por alguns minutos até começarem a murchar e acrescente o frango. Refogue por mais alguns minutos até o frango ficar quase pronto.
Em seguida, acrescente as col. de sopa do molho de tomate, as alcaparras e as azeitonas picadas. Misture bem todos os ingredientes e cozinhe por mais alguns segundos até aquecer por completo. Por fim, coloque a massa já cozida na panela e mexa bem para incorporar todo o molho e sabor. Sirva quente regado com um fio de azeite.

Quem já provou qualquer massa à puttanesca lembra bem do sabor intenso e marcante que este molho contem. Nesta versão, o prato fica significantemente mais suave sem perder o tempero característico da receita. Caso você queira dar um toque mais forte ao molho sem trocar o frango pela anchova vale colocar mais uma col. de sopa de alcaparras. O gosto característico delas ajuda a intensificar a puttanesca nesta versão suave.

Por ter ingredientes bastante fortes, um macarrão à puttanesca cai bem com acompanhamentos simples e sem muito incremento. Para dias quentes de verão como estes, sugiro combinar o prato com uma saladinha simples de alface americana com rodelas fininhas de pepino. O sabor refrescante do pepino também irá ajudar a quebrar a intensidade da puttanesca.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s