É tempo de misturar

Tradição 100% brasileira, sábado é dia de feijoada. E como estamos no sábado de carnaval, tempo de diversão e combinações inusitadas, nada melhor do que incorporar receitas diferentes ao conjunto tradicional. Minha sugestão pode até parecer bizarra, mas garanto que vale a pena experimentar.

Alias, preparei esta entradinha sábado passado justamente para acompanhar uma feijoada clássica. O resultado foi espetacular e todos os que provaram confirmaram que ficou uma delícia. Sempre quis aprender a fazer uma tradicional pasta de berinjela árabe, a babaganuche? Aproveite o dia de hoje e viaje na brincadeira de misturar.

Babaganuche (pasta de berinjela)

Babaganuche (pasta de berinjela)

1 kg de berinjela (+/- 3 unidades médias)
8 dentes de alho
6 col. de sopa de tahine (pasta de gergelim)
100 ml de suco de limão
sal e azeite a gosto

Modo de preparo:
Fure as berinjelas com um garfos por toda a superfície. Arrume numa travessa antiaderente as berinjelas e os dentes de alho ainda com casca. Leve para assar em fogo médio (220˚C) por aproximadamente 40 minutos (ou até ficarem macios). Vire as berinjelas e os dentes de alho de vez em quando para que assem de maneira uniforme.
Retire do forno e deixe esfriar. Descasque tudo, corte em pedaços pequenos e coloque num multiprocessador. Acrescente o tahine e metade do suco de limão e triture até começar a ficar homogêneo. Prove e coloque mais do suco de limão para acertar o sabor a gosto. Termine de triturar até ficar quase pastoso.
Transfira para uma tigela e regue com azeite e sal a gosto. Vá misturando com uma colher e provando para ficar na consistência e gosto que quiser. Sirva de entrada com torradinhas integrais.

O tahine, pasta feita de sementes de gergelim, é um ingrediente indispensável para o preparo de pratos tipicamente árabes. Outra pasta muito conhecida, o homus, também tem o tahine como base. Já encontrei algumas receitas de como fazer tahine caseiro, mas é bem mais prático usar a versão industrializada. Ele é bem fácil de achar em grandes supermercados.

Esta babaganuche fica absolutamente espetacular e combinou direitinho com a feijoada para a qual a preparei. Entretanto, sua consistência é bem rústica já que a berinjela ainda fica em pedaços. Se quiser que fique mais pastosa, basta acrescentar um pouco mais de tahine e deixar mais tempo no multiprocessador. De qualquer maneira, fica absolutamente deliciosa.

Por hoje é só.

Bon appetiti!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s