Fechando com chave de ouro

Na hora de planejar um cardápio a dica que posso passar é pensar na refeição como algo completo. Quanto mais variada a comida e com o maior número de ingredientes diferentes, maior a chance dela formar parte de uma alimentação balanceada. Por isso, invista em alimentos com propriedades e características distintas que sejam boas fontes de proteínas, carboidratos, legumes, verduras e frutas.

Completando o cardápio do meu jantar especial, escolhi um acompanhamento que reunia tanto uma boa fonte de carboidrato quanto uma verdura para acrescentar fibras, vitaminas e minerais. Desta forma, consegui manter uma boa proporção de nutrientes no jantar inteiro. Sem contar que combinou perfeitamente com o prato principal que trouxe proteínas e frutas à mistura.

Vagem holandesa com batatas ao molho de tomate rústico

Vagem holandesa com batatas ao molho de tomate rústico

400 g de vagem holandesa
400 g de batata bolinha
300 g de tomate cereja
2 dentes de alho
60 – 120 ml de água
azeite, coentro, sal e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:
Aqueça uma panela antiaderente funda em fogo médio. Regue com um fio de azeite e refogue os dentes de alho amassados até ficarem aromáticos. Corte as batatas em cubos pequenos e acrescente à panela mexendo para dourarem levemente. Derrame a água até cobrir todas as batatas e aumente o fogo para começar a ferver. Abaixe o fogo e cozinhe por 5 minutos mantendo uma leve fervura.
Depois desse tempo, junte as vagens à panela e cozinhe por mais 3 minutos até que elas fiquem al dente. Caso seja necessário, acrescente mais um pouco de água. Por fim, coloque os tomates inteiros e tempere com sal, pimenta calabresa moída e coentro a gosto. Cozinhe por mais alguns minutos até que os tomates fiquem macios e formem um molho reduzido. Sirva a seguir.

Rende 4 a 6 porções.

A combinação da vagem com a batata e o tomate ficou suave e delicada sem transformar-se em algo sem graça demais. O fato de usar o tomate cereja inteiro e não tomates grandes cortados também acrescentou um toque levemente adocicado ao molho fazendo com que o sabor final ficasse mais complexo.

Dito isso, acho que talvez tenha faltado um quê a mais no tempero. Penso que alguns raminhos de tomilho ou alecrim acrescentados ao prato no final teriam complementado o sabor da batata e casariam muito bem com o gosto final do molho. Numa próxima vez que preparar este prato pretendo testar com novas combinações de ervas para ver como fica. De qualquer maneira, feito desta forma, o prato não deixa a desejar e ficou uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s