Para devorar sem culpa

O post de hoje funciona, de certa forma, como um acompanhamento ao de ontem. Clássicos aperitivos da culinária mexicana, chips de milho ou de trigo são deliciosos, crocantes e altamente viciantes. Porém, o fato de serem fritos também significa que acumulam quantidades muito altas de gordura saturada tornando-os opções pouco recomendadas para um consumo regular.

Como alternativa, surgem os chips de batata assada. Por serem assados e não fritos, estão livres de gordura e conseguem ficar tão crocantes como os tradicionais seguindo alguns truques simples. E o melhor, além de servirem muito bem como aperitivo ao chili tex-mex de carne moída com feijão da receita de ontem, são ótimos para substituir aquele pacotinho de batatas industrializado que insistimos em devorar na hora do lanche. Não custa repetir, guloseimas ou salgadinhos quando feitos em casa geralmente acabam sendo mais saudáveis. Invista.

Chips de batata

Chips de batata

1/2 batata inglesa
sal grosso

Modo de preparo:
Lave bem a batata e corte em rodelas finas (não há necessidade de descascar). Deixe de molho numa tigela com água e gelo de 15 a 20 minutos. Escorra a água e seque bem as rodelas com papel toalha.
Forre o prato do microondas com duas camadas de papel toalha. Salpique sal grosso por cima das batatas e arrume no prato de microondas de modo que nenhuma fique por cima da outra. Se necessário divida e faça em duas etapas.
Leve ao microondas em potência máxima por 8 minutos parando no meio do tempo para virar de lado. Em seguida, coloque as batatas numa forma antiaderente e asse em forno baixo (180˚C) pré-aquecido por 10 minutos virando na metade do tempo. Sirva quente.

Segundo o livro do qual peguei a receita, o truque para as batatas ficarem crocantes são os 15 minutos que elas ficam de molho na água gelada. Já eu acrescentaria mais uma dica: certifique-se de cortar as rodelas bem finas mesmo. Quando preparei os chips, algumas saíram mais grossas e por isso não ficaram tão crocantes. Mesmo assim, as que consegui cortar bem fininhas ficaram perfeitas.

Na hora de colocar o sal, tenha cuidado para não exagerar. Fiz isso sem querer com algumas das minhas e elas ficaram um tanto salgadas demais. Para quem não tiver sal grosso em casa também pode usar o sal comum de cozinha. Entretanto, a vantagem do sal grosso é que ele não contamina tanto o sabor da batata tornando o sabor mais sutil. Além disso, é mais fácil controlar a quantidade acrescentada já que os grão são maiores.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Aperitivos natalinos

Já que estamos em dezembro, aqui vai mais um momento “especial final de ano”. Ovinhos de codorna são ótimos acréscimos para tornar qualquer salada mais especial. Eles funcionam muito bem também como práticos e saborosos lanchinhos para aquela pausa na meio do tarde. E por serem ricos em proteína sem ter muita gordura, os ovos de codorna são uma ótima forma de fortalecer os músculos mantendo uma alimentação saudável.

Mas como aproveitá-los na noite de natal? Por serem extremamente ecléticos e suaves, estes ovinhos transformam-se em perfeitos aperitivos para a ceia tradicionalmente carregada da noite feliz. As receitas a seguir são apenas duas sugestões dentre as diversas formas super saborosas de preparar estas delícias.

Espetinho de ovos de codorna temperados

Espetinho de ovo de codorna

6 ovinhos de codorna cozidos
6 tomatinhos cereja
6 palitos de madeira
suco de 1 limão
pimenta-do-reino, sal, azeite e orégano a gosto

Modo de preparo:
Disponha um ovinho de codorna e um tomatinho cereja em cada palito. Tempere os aperitivos com o suco de limão,o azeite, sal, pimenta e orégano a gosto. Sirva como entrada de qualquer almoço ou jantar.

“Deviled eggs”

"Deviled eggs"

30 ovos de codorna
200 g de queijo cottage
2 col. de sopa de maionese light
1 col. de sopa de mostarda
molho de pimenta vermelha, sal, salsinha e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe os ovos de codorna em água fervendo por 7 minutos. Escorra a água quente e coloque os ovos num recipiente com água fria para facilitar a tirar a casca. Corte os ovos ao meio no sentido longitudinal e retire as gemas com cuidado. Reserve metade das gemas numa tigela e descarte as demais.
Na mesma tigela, acrescente o queijo cottage, a maionese light e a mostarda e misture até formar uma pasta homogênea. Tempere com sal e pimenta a gosto.
Para arrumar, disponha os ovinhos numa travessa. Coloque uma col. de chá da pasta dentro de cada ovinho. Decore com um pingo do molho de pimenta vermelha e a salsinha.

Já deu para notar que há uma variedade enorme de maneiras para preparar um delicioso aperitivo com ovinhos de codorna. Para quem não vai ter muito tempo de sobra depois de concentrar suas atenções no preparo da ceia, a primeira receita traz uma sugestão rápida mas incrivelmente saborosa para oferecer antes do jantar.

Já para quem estiver inspirado e quiser impressionar um pouco mais seus convidados, sugiro investir na segunda opção. Além de atraente, os ovinhos preparados com esse molhinho especial ficam absurdamente deliciosos. Isso sem contar que o fato de usar apenas a metade da quantidade total das gemas ajuda a diminuir um pouco a quantidade de gordura do aperitivo e apazigua os ânimos abrindo espaço para aproveitar um pouco mais das delícias da ceia. De qualquer maneira, ambas caem super bem como entradinhas simples, práticas e saborosas.

Por hoje é só.

Bon appetit!