Sequinhas e crocantes

Como comentei no post de ontem, o melhor acompanhamento para o clássico steak tartare são batatas chips assadas. Isso para quem não quiser enfrentar as verdadeiras batatas fritas que geralmente seguem junto do prato nos restaurantes típicos franceses. Não vejo muita vantagem em comer as batatas fritas sendo que estas ficam tão deliciosas quanto, mas cada um, cada um, né?

Já publiquei uma outra receita de batata chips assadas aqui no blog uns tempos atrás. Esta não é lá muito diferente, mas como usa a batata doce ao invés da batata inglesa comum o sabor fica outro e trás à refeição um toque especial. Quem quiser também pode salpicar um pouco de salsinha picada fresca por cima das batatas chips. Como não tinha em casa, fiz sem mesmo.

Chips de batata doce

Chips de batata doce

150 g de batata doce
azeite e sal a gosto

Modo de preparo:
Lave bem a batata e escove para tirar toda a sujeira e terra. Corte bem fininha, mantendo a casca, com o auxílio de um fatiador e legumes. Tempere com sal a gosto e regue com um fio de azeite.
Leve para assar em forno pré-aquecido em 230˚C por 30 minutos ou até que fiquem bem secas e crocantes. Vire as fatias da batata na metade do tempo para assar de maneira uniforme.

Para que as batatas fiquem bem sequinhas elas precisar ser cortadas o mais fino possível. O bom é utilizar um mandolin, espécie de cortador de legumes japonês que fatia vegetais bem fininhos. Eu, como não tinha um, fui na faca mesmo. Com isso, minhas fatias não ficaram de espessuras iguais e algumas não conseguiram ficar tão crocantes assim. Mas o sabor ficou delicioso do mesmo jeito.

Eu sempre indico nas receitas para temperar com sal a gosto pois acredito que cada um sabe a quantidade que agrada. Neste caso, vale ressaltar para colocarem um pouco mais do que seria o normal para vocês. Isso porque o sal ajuda a retirar a água da batata na hora que ela está assando. Desta forma, elas conseguem ficar mais sequinhas e crocantes quando estão no forno.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para devorar sem culpa

O post de hoje funciona, de certa forma, como um acompanhamento ao de ontem. Clássicos aperitivos da culinária mexicana, chips de milho ou de trigo são deliciosos, crocantes e altamente viciantes. Porém, o fato de serem fritos também significa que acumulam quantidades muito altas de gordura saturada tornando-os opções pouco recomendadas para um consumo regular.

Como alternativa, surgem os chips de batata assada. Por serem assados e não fritos, estão livres de gordura e conseguem ficar tão crocantes como os tradicionais seguindo alguns truques simples. E o melhor, além de servirem muito bem como aperitivo ao chili tex-mex de carne moída com feijão da receita de ontem, são ótimos para substituir aquele pacotinho de batatas industrializado que insistimos em devorar na hora do lanche. Não custa repetir, guloseimas ou salgadinhos quando feitos em casa geralmente acabam sendo mais saudáveis. Invista.

Chips de batata

Chips de batata

1/2 batata inglesa
sal grosso

Modo de preparo:
Lave bem a batata e corte em rodelas finas (não há necessidade de descascar). Deixe de molho numa tigela com água e gelo de 15 a 20 minutos. Escorra a água e seque bem as rodelas com papel toalha.
Forre o prato do microondas com duas camadas de papel toalha. Salpique sal grosso por cima das batatas e arrume no prato de microondas de modo que nenhuma fique por cima da outra. Se necessário divida e faça em duas etapas.
Leve ao microondas em potência máxima por 8 minutos parando no meio do tempo para virar de lado. Em seguida, coloque as batatas numa forma antiaderente e asse em forno baixo (180˚C) pré-aquecido por 10 minutos virando na metade do tempo. Sirva quente.

Segundo o livro do qual peguei a receita, o truque para as batatas ficarem crocantes são os 15 minutos que elas ficam de molho na água gelada. Já eu acrescentaria mais uma dica: certifique-se de cortar as rodelas bem finas mesmo. Quando preparei os chips, algumas saíram mais grossas e por isso não ficaram tão crocantes. Mesmo assim, as que consegui cortar bem fininhas ficaram perfeitas.

Na hora de colocar o sal, tenha cuidado para não exagerar. Fiz isso sem querer com algumas das minhas e elas ficaram um tanto salgadas demais. Para quem não tiver sal grosso em casa também pode usar o sal comum de cozinha. Entretanto, a vantagem do sal grosso é que ele não contamina tanto o sabor da batata tornando o sabor mais sutil. Além disso, é mais fácil controlar a quantidade acrescentada já que os grão são maiores.

Por hoje é só.

Bon appetit!