Uma deliciosa combinação de sabores

Peixes brancos e delicados como a tilápia podem ficar sem graça se preparados sem o devido amor e carinho necessários. Isso porque quando assados puros eles possuem um sabor muito suave e quase imperceptível. Incrementá-los com alguns temperos torna-se indispensável.

Ao mesmo tempo, essa característica especial desses peixes, ao contrário de outros mais marcantes como o salmão, o atum ou a sardinha, faz com que eles consigam incorporar uma imensidade de sabores e especiarias diferentes. Com isso, um simples filé de tilápia pode transformar-se na refeição que você desejar, basta escolher os temperos certos.

Tilápia cítrica agridoce

Tilápia cítrica agridoce

1 filé de tilápia médio
30 ml de suco de laranja fresco
15 ml de suco de limão fresco
1 col. de chá de açúcar mascavo
1 dente de alho
1 col. de sobremesa de azeite
1 col. de chá de shoyu light
1/2 col. de chá de cominho em pó
sal, pimenta e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:
Tempere a tilápia com sal e pimenta a gosto e arrume numa forma refratária antiaderente. Numa tigela, misture os sucos cítricos, o açúcar, o dente de alho amassado, o azeite, o shoyu e o cominho em pó. Mexa bem até ficar completamente dissolvido. Derrame a mistura por cima do peixe e deixe marinando por pelo menos 30 minutos.
Leve para assar em forno pré-aquecido em 200˚C por 20 minutos ou até atingir o ponto desejado. Salpique pimenta calabresa moída por cima e sirva acompanhado de arroz sete grãos.

No fundo esta receita é bastante simples, todo o sabor vem da rápida marinada feita para o filé de tilápia. A combinação de sabores cítricos, doces e picantes traz uma complexidade fantástica e incorpora-se brilhantemente com a delicadeza do peixe. Além disso, a açúcar ajuda a caramelizar a tilápia enquanto está assado fazendo com que o sabor final fique simplesmente espetacular.

O bom desta marinada é que ela não funciona apenas para peixes. Experimente prepará-la para temperar um filé de peito de frango ou fatias de lombo de porco. De modo geral, qualquer carne branca que seja mais delicada irá incorporar muito bem a grande variedades de sabores presentes nesta receita. Fica uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Cardápio completo

Minha sugestão de cardápio de hoje fui eu quem criei. Não inventei o molho, esse eu peguei de um livro de receitas (se bem que também acabei fazendo algumas modificações). Mas a combinação do filé com o brócolis cozido foi minha maneira de criar um prato nutritivo e saboroso para um belo jantar.

Como é de costume, as quantidades sugeridas servem uma pessoa. Mas essa minha janta ficou tão deliciosa que sugiro prepará-la para um jantarzinho romântico. Com certeza vai agradar e muito.

Filé mignon com brócolis ao molho de mostarda cítrico

Filé mignon com brócolis ao molho de mostarda cítrico

1 medalhão de filé mignon (100 g)
suco de 1 limão
2 col. de sopa de mostarda escura
1/2 col. de sopa de mel
75 ml de suco de laranja s/ açúcar
50 ml de água
75 g de brócolis
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Tempere o filé com sal e pimenta-do-reino a gosto. Coloque numa forma refratária antiaderente e leve ao forno médio (200ºC) de 15 a 20 minutos até assar por fora e ficar vermelhinho por dentro.
Ferva 300 ml de água e coloque os ramos de brócolis. Cozinhe por 10 minutos até ficarem macios mas ainda al dente.
Para o molho, misture os ingredientes numa tigela até obter um creme homogêneo. Despeje numa panela antiaderente e leve ao fogo. Quando ferver, abaixe o fogo e mexa por aproximadamente 10 minutos até reduzir pela metade. Regue por cima do filé ainda quente e sirva em seguida.

A grande modificação que fiz no molho foi levá-lo ao fogo para reduzir um pouco. Isso porque quando misturei todos os ingredientes achei que ele tinha ficado ralo demais. Talvez fosse o caso de não acrescentar os 50 ml de água na mistura, mas isso terei que testar da próxima vez que fizer.

De qualquer maneira, o sabor ficou excepcional. Diferente do outro molho de mostarda e limão que compartilhei com vocês na receita do frango, este tem um quê de agridoce por causa do mel e o leve gostinho cítrico é diferente já que inclui suco de laranja e não só limão. Pode até ter ficado um pouco ralo pro meu gosto, mas isso não diminuiu em nada a combinação perfeita criada entre o molho, o filé e os brócolis cozidos. Absolutamente divino.

Por hoje é só.

Bon appetit!