Quando a criatividade entra em cena

Couscous marroquino é uma opção ótima de acompanhamento para qualquer carne numa refeição simples e sofisticada ao mesmo tempo. Feito de semiolina de trigo, parece uma massa triturada e transformada em flocos. Muito por isso, é super fácil de preparar e fica pronto em 5 minutos já que precisa apenas ser hidratado com água fervente.

Depois de hidratado, podemos usá-lo como base para fazer diversas combinações diferentes. Por ter um sabor delicado, o couscous aceita inúmeros ingredientes e é nessa hora que a imaginação do cozinheiro pode voar. Aproveite para juntar seus legumes preferidos e criar um prato único e saboroso como só você faria.

Couscous mediterrâneo

Couscous mediterrâneo

1/3 de xíc. de chá de couscous marroquino integral
1/2 pimentão verde médio
1/2 pepino médio
10 un. de tomate cereja
1/2 caixa de grão de bico em conserva
2 col. de sopa de cebolinha picada
suco de 1/2 limão
raspas de limão, azeite, sal e pimenta

Modo de preparo:
Ferva 80 ml de água para hidratar o couscous marroquino. Junte a água ao couscous e deixe descansar por 5 minutos numa tigela tampada. Solte os grãos delicadamente com a ajuda de um garfo e reserve.
Pique o pimentão e o pepino em cubinhos pequenos. Corte os tomates em quatro e reserve. Escorra o grão de bico e deixe cair água corrente por cima para retirar o excesso de sal. Junte os legumes numa tigela com o grão de bico e misture bem.
Acrescente o coucous à mistura de vegetais. Esprema o suco de limão e salpique com as raspas da casca de limão e a cebolinha picada. Tempere com azeite, sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto. Sirva com frango grelhado ou carne assada.

Rende 2 porções.

Já fiz várias combinações de couscous diferentes com pequenas variações entre elas. Esta ficou especialmente saborosa pelo acréscimo do suco de limão e das raspas da casca que deram um toque azedinho delicioso ao prato. Chamei esta receita de “couscous mediterrâneo” por juntar o grão de bico à combinação. Funcionou muito bem e deixou o prato ainda mais nutritivo.

O couscous é tão versátil que podemos preparar versões adocicadas também. Experimente juntar damasco picado com uva passa e frango desfiado. Junte tudo e tempere com o suco de laranja e um pouco de raspas da casca. A combinação de sabores agridoces fica absolutamente divina.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Acompanhamentos sofisticados

O dom de criar acompanhamentos interessantes vem com o tempo e a prática. De começo, é difícil inventar coisas diferentes que sirvam de complemento a pratos principais de forma que não compitam nem tirem o foco do carro chefe da refeição.

Muitas vezes, o acompanhamento pode ser fruto de praticidades. Ou seja, algo novo e inusitado surge de combinações de restos encontrados na geladeira ou despensa. Aliado a um pouco de imaginação, receitas simples mas deliciosas são criadas e viram tradições espetaculares.

Couscous de quinoa

Couscous de quinoa

1/2 xíc. de chá de quinoa cozida
1/2 cebola roxa picada ou cortada em meia lua
1 dente de alho amassado
1/2 abobrinha média cortada em cubinhos (apenas a parte verde)
2 a 3 col. de sopa cheias de ervilha em conserva

Modo de preparo:
Numa frigideira antiaderente, refogue a cebola com o alho e a abobrinha por alguns minutos até começarem a amolecer. Acrescente a quinoa cozida e a ervilha e mexa bem para que tudo fique misturado. Deixe cozinhar por mais alguns minutos para aquecer por completo.

Rende 1 a 2 porções.

Este couscous surgiu num dia que tinha sobrado uma quinoa do dia anterior. Como estava preparando um frango com toques indianos, resolvi incrementar a quinoa e criar uma espécie de couscous diferente para acompanhar o frango. Peguei ingredientes que tinha em casa e criei esta receita. A combinação de tudo ficou bem interessante e super saborosa.

Mexidos de grãos como quinoa, cevadinha, o próprio couscous marroquino ou trigo triticale são ótimos pois além de trazerem um toque sofisticado à refeição, acrescentam fibras tão importantes a nossa alimentação. Este couscous de quinoa fica ótimo quando combinado com frangos ou carnes de porco. Experimente, aposto que vai gostar.

Por hoje é só.

Bon appetit!