Opções leves para adoçar o paladar

Acordei hoje com vontade de fazer doce. Também, não é para menos. Já virou rotina minha preparar algo “extravagante” para compartilhar com vocês aos domingos. Mas esse friozinho gostoso que está fazendo aqui em São Paulo, finalmente, pede mais um almoço aconchegante do que uma sobremesa muito elaborada.

Casualmente hoje vou comer um belo churrasco gaúcho em família. Pensando nisso, resolvi unir o útil ao agradável e preparar uma sobremesa mais leve para acompanhar. Assim mato minha vontade de fazer um doce e comer algo gostoso aos domingos sem sobrecarregar demais já que o cardápio principal de churrasco é bastante pesado.

Musse de abacaxi bicolor

Musse de abacaxi bicolor

1 caixa de gelatina diet sabor abacaxi
1 pote de iogurte natural desnatado
abacaxi desidratado sem açúcar em pedaços a gosto

Modo de preparo:
Prepare gelatina de acordo com as instruções na embalagem fervendo 250 ml de água e depois acrescentando 250 ml de água fria. Mexa bem até dissolver completamente.
Deixe esfriar um pouco (de 2 a 3 minutos) e despeje o iogurte na gelatina. Mexa bem com uma colher até aparentar estar homogêneo. Transfira para um recipiente e leve para gelar por no mínimo 4 horas.
Arrume os pedaço de abacaxi desidratado por cima da sobremesa a gosto no momento de servir.

Rende de 4 a 5 porções.

Já preparei várias sobremesas light que misturam gelatina e iogurte desnatado e formam uma espécie de musse super saborosa. O diferente desta é que os ingredientes não são batidos no liquidificador mas sim apenas misturados com uma colher. Com isso o iogurte acaba não se misturando completamente à gelatina formando duas camadas distintas.

A camada de baixo é do iogurte com a gelatina, a musse propriamente dita, e por cima forma-se uma camada apenas de gelatina. Outro ponto importante é acrescentar o abacaxi desidratado apenas no momento de servir. Isso porque a fruta contém uma enzima capaz de quebrar as proteínas nos alimentos o que impede que a gelatina solidifique.

A vantagem de comer esta musse de abacasi como sobremesa de um churrasco é que justamente essa enzima presente na fruta vai ajudar a fazer a digestão de toda a carne que foi comida. Com isso acabamos não nos sentindo estufados o dia todo. Melhor impossível, não é?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Um doce de vez em quando não faz mal a ninguém

A receita de hoje não chega a ser saudável. Até porque nenhum doce é 100% “saudável” e deve realmente ser evitado quando se busca uma alimentação balanceada. Entretanto, sucumbir aos prazeres de um docinho eventualmente não mata ninguém.

Se você é como eu e não consegue resistir as maravilhas de uma boa sobremesa, vale optar pelas versões light com teor reduzido de gordura e açúcar. Assim, satisfazemos nossa vontade sem deixar que a extravagância pese na balança, na consciência e, principalmente, na busca por uma vida saudável.

Com isso, a receita de hoje é de sobremesa.

Torta de limão diet

Para a massa:
2 gemas
4 col. de sopa de adoçante para forno e fogão
4 col. de sopa (não muito cheias) de margarina light
10 col. de sopa de farinha de trigo
1 col. de sobremesa de fermento em pó
1 pitada de sal

Para o recheio:
2 receitas de leite condensado diet
100 ml de suco de limão recém espremido

Para a cobertura:
2 claras em neve
2 col. de sopa de adoçante para forno e fogão

Modo de preparo:
Para a massa, misture com as mãos todos os ingredientes numa vasilha até formar uma massa lisa. Em um refratário redondo untado com margarina light, abra a massa delicadamente com as mãos. Assegure-se de subir uns três dedos de massa em toda a borda do refratário. Fure a massa com um garfo e leve ao forno (180ºC) até dourar. O tempo varia de acordo com o forno, mas no meu caso ficou mais ou menos 10 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.
Para o recheio, misture bem o leite condensado diet com o suco de limão com uma colher e coloque sobre a massa já em temperatura ambiente.
A cobertura na verdade é opcional. Como não sou muito fã de chantilly, acabei nem colocando. Mas para quem quer deixar o prato mais suculento, bata as claras em neve e acrescente o adoçante aos poucos. Coloque sobre o recheio e leve ao forno até dourar, em torno de 10 minutos com o forno em 200ºC.

Ok, mas aonde encontro leite condensado diet?

Em qualquer bom supermercado é possível achar várias marcas de leite condensado diet. Entretanto, prefiro as versões caseiras pois não contêm conservantes nem nada do tipo. Na vez que fiz esta torta, preparei o leite condensado em casa mesmo. Talvez valha a pena testar com os industrializados para ver se a receita fica boa, até porque eles economizam tempo se você estiver na correria.

Mas se você é que nem eu e gosta das coisas caseiras aqui vai. Procurando na internet é possível achar várias receitas de  leite condensado diet caseiro. A que eu usei é bem simples e deixou a torta super gostosa. Para uma receita bata no liquidificador 1 xic. de chá de leite em pó desnatado, 1/2 xic. de chá de adoçante para forno e fogão, 1 col. de sopa (não muito cheia) de margarina light e 1/4 xic. de chá de água fervendo. Atenção: é muito importante que a água esteja fervendo mesmo. Quanto mais quente, melhor. Deixe bater de 3 a 5 minutos. Depois, coloque na geladeira durante 30 minutos antes de utilizar no preparo do doce.

O bom desta torta é que fica deliciosa e não pesa muito na consciência ao comê-la. E se você não contar que ela é diet, ninguém vai perceber, prometo. Quando fiz, esperei todos provarem e confirmarem de que haviam adorado antes de contar que era sem açúcar. Ficaram chocados.

Da próxima vez que eu for prepará-la, já decidi que quero testar com farinha de trigo integral. Acho que não deve alterar em nada o gosto e as vantagens de usar ingredientes integrais são inúmeras. Mas essa história fica para uma outra hora.

Por hoje é só.

Bon appetit!