Simples e sofisticado na medida certa

Preciso confessar uma coisa. Quando me perguntavam se gostava de camarão sempre respondia que não, que detestava ou que não via graça nenhuma. A verdade: nunca tinha provado. Bem, tinha comido uma vez quando tinha uns 12 anos e realmente não achei graça na época. Depois, por receio de ter qualquer alergia já que é bastante comum, nunca tinha feito questão de provar de novo.

Pois hoje tudo mudou. Esta viagem gastronômica na qual embarquei nos últimos meses tem me aberto os olhos (e o estômago!) a tantas delícias que resolvi dar mais uma chance a esses pequeninos do mar. E não é que é bom mesmo? Para comemorar resolvi testar minha primeira receita de camarão. Ficou absurdamente maravilhoso e recomendo até para quem não gosta.

Espaguetti ao molho de camarão, escarola e tomate cereja

Espaguetti ao molho de camarão, escarola e tomate cereja

1 pacote de macarrão instantâneo integral
100 g de camarão pequeno descascado, pré-cozido e congelado
6 – 8 folhas de escarola
10 tomates cereja
1 col. de sopa de azeite
1 dente de alho
30 ml de vinho branco seco
60 ml de água
1 col. de chá de amido de milho
suco de limão, sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Descongele o camarão numa tigela deixando na geladeira da noite pro dia. Escorra a água que soltar e reserve o camarão.
Cozinhe o espaguetti de acordo com as instruções da embalagem descartando o tempero que vem junto. Quando estiver pronto, escorra e transfira para um prato. Reserve.
Aqueça uma panela wok ou frigideira antiaderente e regue com um fio de azeite. Refogue o camarão salpicado com sal e pimenta a gosto por 2 ou 3 minutos até aquecer bem. Transfira o camarão para um prato e reserve. Acrescente o alho amassado, a escarola picada e os tomates cerejas cortados ao meio à wok. Despeje o vinho branco e refogue por alguns minutos até a escarola murchar e o líquido evaporar quase todo.
Dissolva o amido de milho na água e acrescente à panela. Mexa bem até engrossar (aproximadamente 3 minutos). Retorne o camarão à wok e misture até aquecer e incorporar todo o molho. Por fim, acrescente o macarrão cozido à panela, desligue o fogo e mexa bem para misturar tudo. Regue com o suco de limão a gosto e sirva com uma taça de vinho branco ou espumante.

Absurdamente simples, esta receita ainda tem a vantagem de ser super rápida e ficar pronta em 20 minutos. Uma tática para deixá-la mais fácil é comprar o camarão já cozido, descascado e congelado por facilitar a vida. Entretanto, o prato pode perfeitamente ser preparado com o camarão cru. Neste caso, refogue bem o camarão no começo do preparo até ficar bem cozido e rosado.

Aproveite que hoje é feriado (por mais que seja sábado) e prepare este prato para alguma pessoa amada. Como fiz apenas para mim, esta quantidade rende apenas 1 porção. Para render 2 basta dobrar os ingredientes. Acredite, nada como um almoço gostoso, simples e sofisticado como este para fazer qualquer dia ficar especial.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Delícias caseiras

Uma das maiores vantagens de preparar pratos clássicos em casa é a possibilidade de reduzir a quantidade gritante de açúcar ou gordura que os restaurantes ou fast foods acrescentam às comidas. Por exemplo, você sabia que algumas lojas de doces colocam farinha na massa do brigadeiro para fazer render mais? Ninguém merece não é mesmo?

Além de mais saudável, preparar alguns pratos em casa ainda traz aquele gostinho caseiro que amamos tanto. Mas para isso, nem sempre precisamos fazer TUDO. Há mil maneiras de aproveitar pacotes pré-prontos à venda no supermercado mantendo a refeição saudável e, principalmente, super gostosa.

Yakisoba de frango

Yakisoba de frango

1 pacote de macarrão instantâneo sabor yakisoba
2 filés de peito de frango médios
1 bandeja de vegetais para yakisoba (aprox. 400 g de couve-flor, brócolis, cenoura e repolho variados)
1 col. de sobremesa de azeite ou óleo de gergelim
shoyu light a gosto

Modo de preparo:
Aqueça uma frigideira wok e acrescente um fio de azeite ou óleo de gergelim. Corte o frango em pedaços pequenos. Refogue na wok por 5 minutos até o frango ficar quase pronto. Reserve.
Lave bem os vegetais e corte em pedaços pequenos (se já não estiverem cortado). Refogue os vegetais na wok de 2 a 3 minutos até ficarem al dente. Devolva  frango à wok e misture bem. Comece a temperar com shoyu a gosto e continue mexendo.
Enquanto refoga os vegetais, prepare o macarrão instantâneo. Descarte o tempero que vem junto. Quando estiver pronto, escorra e acrescente o macarrão à wok. Continue mexendo para incorporar todos os ingredientes e termine de temperar com shoyu a gosto. Sirva a seguir.

Rende 2 porções.

A vantagem de comprar o macarrão instantâneo sabor yakisoba é ter o tipo de massa característico deste prato. Entretanto, como o tempero que vem junto é descartado completamente, qualquer versão serve. Alias, é possível até fazer com macarrão normal, mas o instantâneo acelera bastante o processo e ajuda a ter uma melhor noção de quantidade nas porções.

Vários supermercados trazem bandejas já prontas de vegetais cortados para preparar yakisoba. Isso facilita e muito a vida já que eles vem numa maior variedade e menor quantidade de cada um evitando o desperdício de comprar muito de cada. Além disso, por já virem cortados, acelera ainda mais o preparo deste prato já super fácil de fazer. Melhor impossível, certo?

Por hoje é só.

Bon appetit!

A arte de criar

Com certeza você já foi a um restaurante italiano e viu no cardápio “massa ao molho na nonna” ou “ao molho da mamma”. Sempre me perguntei, porque será que colocam esse nome diferente sendo que na prática ambos os molhos são essencialmente o clássico bolonhesa?

A diferença está nos temperos e toques especiais dados ao molho tipicamente feito à base de tomate e carne moída. Estes detalhes são essenciais e dão ao prato um gostinho caseiro e delicioso. Mas no fundo os ingredientes principais continuam os mesmo. Intrigada com a possibilidade de inventar nomes para pratos semelhantes resolvi criar o meu próprio bolonhesa. Modéstia à parte, ficou uma delícia.

Espaguetti ao molho da sorella

Espaguetti ao molho da sorella

1 pacote de espaguetti integral Caseiro Mãe Terra (ou 70 g de massa de sua preferência)
125 g de coxão mole (ou outra carne magra) moído
1/2 tomate médio
1/4 de cebola
2 col. de sopa de ervilha em conserva
1 col. de sopa de molho de tomate pronto light
sal, pimenta e orégano a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela antiaderente, refogue a cebola e o tomate picados. Acrescente o molho de tomate e a carne moída. Mexa de vez em quando por alguns minutos até cozinhar bem. Se ficar seco, coloque um pouco de caldo de carne feito com um tablete de carne dissolvido em 500 ml de água fervente. Por fim, coloque a ervilha e misture para incorporar completamente.
Ferva 500 ml de água e coloque o espaguetti para cozinhar. Deixe por 5 minutos até ficar al dente. Descarte o saquinho de tempero que vem junto e misture o molho preparado ao macarrão. Tempere com sal, pimenta e orégano a gosto e sirva a seguir com uma salada de folhas verdes.

Como não sou mãe nem avô, dei à minha criação o nome de “molho da irmã”. Super simples e fácil de fazer, o molho bolonhesa é rico em proteína e transforma a refeição num almoço balanceado e completo. A dica é não exagerar nas porções para deixar o almoço mais leve.

Como podemos ver, criar receitas na cozinha é algo super fácil de fazer. No fundo apenas precisamos de um pouco de criatividade e experimentações com ingredientes e temperos diferentes. Quanto mais você cozinha e fica craque em reproduzir receitas prontas, mais facilmente você consegue ver o que funciona e começa a fazer suas próprias criações. Foi o que aconteceu comigo.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Curtindo uma praia com as amigas

Últimos dias do ano e a preguiça de cozinhar pratos elaborados começa a apertar, não é mesmo? Ainda mais se temos uma enorme ceia de réveillon com a qual nos preocuparmos. Ou então, estando de férias curtindo uma praia ou um friozinho qualquer num lugar bem distante o que menos precisamos é mais preocupação na hora de inventar o que comer.

Pensando nisso, a dica que tenho para hoje é extremamente simples e cabe super bem numa almoço rápido antes de descer para pegar um sol gostoso na praia. Perfeito para comer com as amigas na casa de veraneio, este prato é fácil e prático e qualquer pessoa consegue fazer. Resta só saber quem vai acabar lavando a louça no final.

Espaguetti ao molho de tomate com sardinha

Espaguetti ao molho de tomate com sardinha

1/2 pacote de espaguetti integral
100 g de espinafre picado
200 g de cogumelos frescos fatiados
3 latas de sardinha no molho de tomate
3 col. de sopa de molho de tomate industrializado
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe o macarrão de acordo com as instruções no pacote até ficar al dente (aproximadamente 7 minutos). Pique o espinafre e os cogumelos e refogue numa panela wok antiaderente com uns pingos de água até murcharem. Desligue o fogo e reserve.
Quando o espaguetti estiver cozido despeje na wok junto com os vegetais. Retire os ossinhos da sardinha e acrescente ao macarrão juntamente com o molho de tomate e óleo que vem dentro da lata. Ligue novamente o fogo em temperatura média e mexa o espaguetti para misturar bem com os demais ingredientes. Por fim, adicione as col. de sopa de molho de tomate industrializado para pegar um pouco mais de cor e sabor. Tempere com sal e pimenta a gosto.

Rende 4 porções.

A foto pode não ter ficado muito apetitosa já que a coitada da sardinha se despedaçou toda na hora de misturar os ingredientes. De qualquer forma acreditem, o sabor ficou uma delícia.

O bom deste prato é que cabe variações para mais ou para menos dependendo do gosto de cada um. Se você prefere um molho para macarrão mais incrementado, experimente acrescentar mais sardinhas ou mais espinafre e cogumelos. Já se você gosta de algo mais discreto, uma quantidade singela de cada ingrediente já é suficiente para dar um gostinho diferente ao espaguetti.

Por hoje é só.

Bon appetit!