Para o lanchinho da tarde

Nada melhor do que um delicioso pedaço de bolo de banana quentinho, recém saído do forno. Quando acompanhado de queijo cottage ou frutas frescas num completo café da manhã ou lanchinho da tarde a sensação fica melhor ainda. Sempre quis fazer bolo de banana, mas como moro sozinha era complicado fazer tanto só para mim.

Quando descobri esta receita, que além de levar menos gordura do que os tradicionais, ainda podia ser congelado em porções para ir comendo aos poucos, tive que experimentar. O resultado ficou simplesmente divino e em nenhum momento parece que você está comendo uma versão mais saudável desse pecado gastronômico tão bom.

Bolo de banana

Bolo básico de banana

130 g de farinha de trigo
65 g de farinha de trigo integral
60 ml de óleo de soja
150 g de açúcar mascavo
2 claras
120 g de iogurte natural desnatado
230 g de banana (aprox. 4 und. prata médias)
1 col. de chá essência de amêndoa
1 col. de chá bicarbonato de sódio
1 col. de chá de fermento
1/2 col. de chá de canela
1/4 col. de chá sal

Fatia de bolo com cottage

Modo de preparo:
Numa tigela pequena, junte a banana bem madura e amassada com o bicarbonato de sódio e o iogurte. Misture bem até ficar homogêneo e reserve enquanto prepara os demais ingredientes.
Numa tigela média, junte o açúcar, as claras, o óleo e a essência de amêndoa. Mexa bem com um garfo ou batedor de arame para ficar completamente misturado.
Finalmente, junte as farinhas, o fermento, a canela e o sal numa terceira tigela maior. Comece misturando os ingredientes molhados. Mexa bem para ficar completamente homogêneo. Junte aos poucos à mistura de farinha e mexa bem apenas para ficar completamente incorporado. Evite mexer demais neste momento para não deixar o bolo muito duro.
Derrame a massa numa forma de pão retangular untado com um fio de óleo e farinha. Leve ao forno pré-aquecido em 180˚C e asse por 50 minutos ou até que um palito inserido no meio saia limpo.

A receita original pedia a essência de baunilha tradicional. Resolvi inovar e finalmente usar a essência de amêndoa que tinha comprado e estava esperando um momento especial para poder usar. Achei a combinação fantástica e o fato de ser essência de amêndoa deu ao bolo um toque diferente e super saboroso.

Bolo de banana com kiwi e cottage

Esta receita é simples e básica. O bom é que ela pode ser incrementada dependendo do gosto de cada um. Uma opção é acrescentar gotinhas de chocolate meio amargo na massa antes de levar para assar. Você pode também colocar amêndoas ou nozes picadas na massa para dar um toque à mais. De qualquer maneira, a versão pura como a minha já ficou uma delícia!

Rende 15 porções.

Por hoje é só.

Bom appetit!

Diversificando o óbvio

Qualquer plano alimentar sempre vai dizer o seguinte: gelatina diet está liberada! Isso não deixa de ser uma coisa ótima, já que muitas vezes comer um docinho depois do almoço é mais do que necessário. Mas ficar só na gelatina todos os dias pode enjoar muito rápido.

A sorte é que encontramos diversas receitas saborosas de gelatinas incrementadas. Dessa forma, o docinho continua sendo leve, mas traz uma coisinha a mais àquela que seria mais uma sobremesa meio sem graça diária.

Mouse de limão com mamão

Mouse de limão com mamão

1 mamão papaya
1 caixa de gelatina diet de limão
125 ml de água fervendo
125 ml de água fria
1 pote de iogurte desnatado

Modo de preparo:
Corte o mamão em pedaços e distribua entre 6 potinhos. Prepare a gelatina com 125 ml de água fervendo e 125 ml de água fria. Mexa bem para ficar homogêneo. Bata no liquidificador o iogurte e a gelatina até formar um creme. Divida entre os 6 potinhos e leve à geladeira por 4 horas para firmar.

Rende 6 porções.

Adorei esta receita. A combinação do mamão com o gostinho do limão da gelatina ficou bastante interessante. Mas a verdade é que esta sobremesa pode ser preparada com os sabores que você quiser. O mais comum é acrescentar pedacinhos de maçã à gelatina, mas qualquer fruta funciona.

Vale apenas uma ressalva: a única fruta que não pode ser acrescentada à gelatina é o abacaxi. Isso porque ele contem uma enzima que é responsável por quebrar proteínas e como gelatina é basicamente feita de proteína, o abacaxi impede que ela firme quando colocada na geladeira. As outras frutas estão liberadas.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Uma luz ao término do final de semana

Domingo à noite é sempre assim, momento depressão porque acabou o fim de semana. Mas querendo é sempre possível encontrar algo para nos deixar feliz, mesmo amanhã sendo segunda-feira. Que tal começar a semana com um delicioso café da manhã com direito a uma refeição nutritiva, saudável e docinha?

É verdade que para preparar a sugestão de hoje é necessário instrumentos especiais. Uma das desvantagens de querer fazer um waffle tipicamente americano é ter que ter em casa o forno especial para tal função. Entretanto, aqui vai uma dica muitas vezes desconhecida. Mesmo você não tendo um forno de waffle, a mesma receita serve para fazer panquecas na frigideira. E convenhamos, o gosto é uma delícia. Importa em qual formato vem?

Waffles de iogurte

Waffles de iogurte

1 ovo
1 1/2 pote de iogurte natural desnatado
3 col. de sopa rasas de margarina
150 g de farinha integral
1 1/2 col. de sopa de açúcar mascavo
1 col. de café de bicarbonato de sódio
1 col. de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:
Bata a clara em neve e reserve. Numa tigela, junte a gema, a margarina, o iogurte e a essência de baunilha. Mexa bem até ficar homogêneo. Aos poucos, acrescente a farinha, o açúcar e o bicarbonato. Misture delicadamente só até incorporar tudo. Por fim, junte a clara em neve e mexa com cuidado até ficar homogêneo.
Aqueça o forno próprio para fazer waffle e derrame metade da massa. Asse de acordo com as instruções do forno até ficar crocante e tostado. Repita com o restante da mistura. A receita rende 6 unidades. Mesmo que não vá comer todos na hora, prepare a receita inteira e congele as unidades não consumidas. Quando for comer, apenas asse novamente numa torradeira convencional.

Já comi vários waffles comprados pré-prontos congelados. Achei esta receita infinitamente superior. O triste é que só consegui comê-lo pois estava na casa da minha mãe neste final de semana. Entretanto, pretendo testar a receita fazendo panquecas na frigideira quando voltar para minha casa.

De modo geral, para preparar panquecas com receitas tipo essa a medida é de 3 a 4 col. de sopa de massa para cada panqueca. Em uma frigideira antiaderente, é só derramar a quantidade certa da mistura e espalhar pela panela virando-a pelo cabo com a mão. Quando estiver começando a dourar na parte de baixo, vira-se com o auxílio de uma espátula. Ao todo são menos de cinco minutos de espera antes de saborear um café da manhã delicioso. Melhor impossível.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Rapidez sofisticada

Nos dias de hoje a correria parece tomar conta das nossas vidas. Quanto mais coisas aparecem para fazer o dia parece diminuir e as horas parecem passar mais rápido do que o normal. Nunca conseguimos ter tempo para fazermos tudo que queremos ou precisamos, quem dirá preparar uma refeição completa, saudável e saborosa.

Muito por isso estou sempre em busca de receitas práticas e rápidas que me permitam ter prazer ao comer algo nutritivo e verdadeiramente delicioso. Desta vez, achei uma sugestão de salada com ovo cozido e peito de peru defumado. Simples e rápida, mas nunca sem graça, já virou minha opção preferida de jantar nas noites em que estou cansada demais para preparar algo mais elaborado.

Salada de ovo cozido com peito de peru defumado

Salada de ovo cozido com peito de peru defumado

2 ovos cozidos
60 g (+/- 4 fatias finas) de peito de peru defumado
1 col. de sopa de cebola roxa picada
1 col. de chá de alcaparras
1 col. de sopa de azeitona picada
1 col. de sopa de mostarda
1/2 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de sobremesa de dill fresco picado
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Ferva água e coloque os ovos para cozinhar. Deixe fervendo de 8 a 10 minutos para ficar bem cozido. Depois de pronto, despeje a água quente e coloque os ovos num recipiente com água fria para conseguir manuseá-los. Quebre a casca e retire com cuidado.
Numa tigela, corte os ovos em pedaços pequenos. Acrescente as fatias de peito de peru cortadas em quadradinhos. Em seguida, adicione os demais ingredientes (a cebola, as alcaparras e as azeitonas). Despeje a mostarda e o iogurte e misture delicadamente para não quebrar demais os ingredientes. Tempere com o dill fresco e com sal e pimenta a gosto. Termine de mexer até ficar homogêneo. Sirva a porção inteira fria acompanhada de torradinhas ou palitinhos integrais como jantar para uma pessoa. É possível também dividir entre 3 ou 4 pessoas e servir como acompanhamento ou entrada de outro prato principal.

Apesar de simples, a combinação de ingredientes específicos traz à salada uma mistura fantástica de sabores. O gosto característico das alcaparras é balanceado pela sutileza do molho de iogurte com mostarda. Já a delicadeza do peito de peru defumado e do ovo cozido é intensificada com o tempero especial proporcionado pelo dill fresco.

Como qualquer receita esta também admite algumas pequenas modificações. Na original era utilizado salmão defumado ao invés de peito de peru. Entretanto, resolvi usar peru por ser mais barato e mais fácil de achar. De qualquer maneira, vale investir no salmão defumado quando for preparar esta salada para alguma ocasião especial. Além de tornar o prato mais sofisticado, o sabor especial do salmão torna o prato ainda mais delicioso.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Aperitivos natalinos

Já que estamos em dezembro, aqui vai mais um momento “especial final de ano”. Ovinhos de codorna são ótimos acréscimos para tornar qualquer salada mais especial. Eles funcionam muito bem também como práticos e saborosos lanchinhos para aquela pausa na meio do tarde. E por serem ricos em proteína sem ter muita gordura, os ovos de codorna são uma ótima forma de fortalecer os músculos mantendo uma alimentação saudável.

Mas como aproveitá-los na noite de natal? Por serem extremamente ecléticos e suaves, estes ovinhos transformam-se em perfeitos aperitivos para a ceia tradicionalmente carregada da noite feliz. As receitas a seguir são apenas duas sugestões dentre as diversas formas super saborosas de preparar estas delícias.

Espetinho de ovos de codorna temperados

Espetinho de ovo de codorna

6 ovinhos de codorna cozidos
6 tomatinhos cereja
6 palitos de madeira
suco de 1 limão
pimenta-do-reino, sal, azeite e orégano a gosto

Modo de preparo:
Disponha um ovinho de codorna e um tomatinho cereja em cada palito. Tempere os aperitivos com o suco de limão,o azeite, sal, pimenta e orégano a gosto. Sirva como entrada de qualquer almoço ou jantar.

“Deviled eggs”

"Deviled eggs"

30 ovos de codorna
200 g de queijo cottage
2 col. de sopa de maionese light
1 col. de sopa de mostarda
molho de pimenta vermelha, sal, salsinha e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe os ovos de codorna em água fervendo por 7 minutos. Escorra a água quente e coloque os ovos num recipiente com água fria para facilitar a tirar a casca. Corte os ovos ao meio no sentido longitudinal e retire as gemas com cuidado. Reserve metade das gemas numa tigela e descarte as demais.
Na mesma tigela, acrescente o queijo cottage, a maionese light e a mostarda e misture até formar uma pasta homogênea. Tempere com sal e pimenta a gosto.
Para arrumar, disponha os ovinhos numa travessa. Coloque uma col. de chá da pasta dentro de cada ovinho. Decore com um pingo do molho de pimenta vermelha e a salsinha.

Já deu para notar que há uma variedade enorme de maneiras para preparar um delicioso aperitivo com ovinhos de codorna. Para quem não vai ter muito tempo de sobra depois de concentrar suas atenções no preparo da ceia, a primeira receita traz uma sugestão rápida mas incrivelmente saborosa para oferecer antes do jantar.

Já para quem estiver inspirado e quiser impressionar um pouco mais seus convidados, sugiro investir na segunda opção. Além de atraente, os ovinhos preparados com esse molhinho especial ficam absurdamente deliciosos. Isso sem contar que o fato de usar apenas a metade da quantidade total das gemas ajuda a diminuir um pouco a quantidade de gordura do aperitivo e apazigua os ânimos abrindo espaço para aproveitar um pouco mais das delícias da ceia. De qualquer maneira, ambas caem super bem como entradinhas simples, práticas e saborosas.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para adoçar o paladar

Já está virando tradição aos domingos ter receita de uma saborosa sobremesa aqui no blog. E, como ninguém é de ferro, nada melhor do que hoje para sair um pouco da dieta e deixar-se adoçar um pouco o paladar. Entretanto, para não extrapolar completamente, minha sugestão de hoje é bastante light e pouco calórica. Mas nem por isso deixa de ser absolutamente deliciosa. Aproveitem.

Gelado de maracujá

Gelado de maracujá

1 pote de iogurte desnatado
4 col. de sopa de suco concentrado de maracujá sem açúcar
3 col. de sopa de adoçante em pó
1/2 envelope de gelatina sem sabor incolor

Modo de preparo:
Hidrate a gelatina com 3 col. de sopa de água e leve ao microondas por 30 segundos para dissolver. (É possível também dissolvê-la no fogão em banho maria por aproximadamente 5 minutos.) O importante é não deixar a água ferver para a gelatina não perder seu poder de endurecer.
Bata no liquidificador o iogurte, a gelatina, o adoçante e o suco de maracujá por aproximadamente 2 minutos até ficar homogêneo. Antes de servir, leve à geladeira por duas horas ou até endurecer. Sirva gelado.

Rende 2 porções.

Quando achei esta receita simplesmente me apaixonei! Ela é uma versão bem mais light da tradicional mouse de maracujá (que eu adoro mas evito comer já que leva leite condensado e creme de leite). O sabor ficou divino, e se não soubesse que não era uma mouse normal não iria adivinhar nunca.

Mais uma vez aqui vê-se o quanto o iogurte desnatado presta-se bem para substituir ingredientes gordurosos e calóricos na hora de preparar uma sobremesa. São inúmeras as variações possíveis com este ingrediente para tornar um doce mais saudável e menos prejudicial à saúde. Isso sem contar que comer um iogurte por dia faz muito bem ao organismo pois ajuda a manter o intestino saudável. Por isso, vale a pena investir em receitas leves à base de iogurte diariamente.

Por hoje é só.

Bon appetit!