Para lamber os lábios

Se tem uma coisa que eu amo fazer são doces. Não fosse a quantidade de louça para lavar depois (que sempre acaba sendo maior do que com pratos salgados) eu daria preferência para cozinhar sobremesas sempre. Acho que herdei isso da minha mãe, que tradicionalmente tem uma mão muito boa para as preparações doces.

O outro problema é morar sozinha. Com pratos salgados é mais fácil preparar porções únicas, mas com sobremesas fica mais complicado. Por isso, quando tenho uma desculpa para fazer docinhos para mais pessoas corro e agarro a oportunidade. Esta receita de hoje fazia tempos que queria testar e valeu completamente a espera. Que delícia!

“Brownie” de limão

“Brownie” de limão

massa
95 g de farinha de trigo
1/4 de xícara de chá de açúcar
4 metades de noz-pecã
2 col. de sopa de manteiga gelada sem sal
2 col. de sopa de óleo de canola
1 pitada de sal

creme
3/4 de xícara de chá de açúcar
2 col. de sopa de farinha de trigo
2 ovos
1 clara
120 ml de suco de limão siciliano
raspas de limão siciliano

Modo de preparo:
Para preparar a massa, junte a farinha, o açúcar e as nozes num multiprocessador. Pulse algumas vezes para misturar bem e triturar as metades de noz-pecã. Acrescente a manteiga gelada, o óleo e a pitada de sal. Pulse mais algumas vezes para misturar e ficar como farofa grossa.
Derrame a massa numa forma refratária untada com um fio de óleo. Aperte bem e alise para ficar uniforme. Leve ao forno pré-aquecido a 180˚C por 20 minutos ou até começar a dourar.
Enquanto isso, prepare o creme. Junte o açúcar, a farinha e as raspas de limão numa tigela. Misture bem com um garfo até ficar homogêneo. Acrescente o suco de limão, os ovos e a clara. Mexa com um batedor de arame até ficar completamente liso.
Derrame o creme por cima da massa ainda quente. Retorne ao forno e asse por mais 25 minutos ou até que o creme fique completamente firme. Deixe esfriar, corte em pedaços, cubra e leve à geladeira por pelo menos 2 horas antes de servir.

Rende de 8 a 12 quadrados.

A verdade é que este doce está mais para tortinhas de limão quadradas do que brownie. O creme de cima é uma coisa absolutamente deliciosa e cremosa, quase impossível de descrever. E a massa que fica por baixo tem uma consistência leve e sabor suave. E como desta vez não fui só eu que provei, tenho a confirmação de várias pessoas que o resultado final ficou divino mesmo.

O tempo de geladeira indicado é o que dá ao doce a consistência necessária para poder comê-lo com as mãos, como barrinha ou brownie. Mas se você não aguentar esperar pode saboreá-lo com garfo e faca mesmo. Pura, esta sobremesa já é uma delícia, mas certamente com uma calda de chocolate meio amargo deve ficar espetacular também.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Deixando a inspiração fluir

Tem algum tempinho já que estou tendo dificuldade de encontrar novas receitas para testar. Como sempre procuro variar ao máximo os pratos para ter novidades para postar aqui para vocês, tem sido difícil unir o útil ao agradável encontrando variedades de receitas que sejam leves, saudáveis, me apeteçam e sejam também diferentes das demais.

Mas como já tenho vários meses nessa viagem gastronômica na cozinha, acabo conseguindo ter alguma experiência em fazer pratos da minha cabeça. A receita de hoje não vi em nenhum lugar especificamente. Apenas usei inspirações de outras receitas que já tinha feito para criar esta. E não é que ficou uma delícia?

Tilápia no papelote com aspargo ao missô

Tilápia no papelote com aspargo ao missô

1 filé de tilápia
150 g de aspargo fresco
1 limão siciliano
1 col. de sopa de missô
1 col. de chá de azeite
pimenta a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno em 200˚C. Lave bem o aspargo e corte em talos médios. Tempere o peixe com pimenta a gosto e reserve. Numa tigela, junte o suco de 1/2 limão siciliano, o missô e o azeite. Misture bem até formar uma pasta homogênea. Junte os talos de aspargo e misture bem para que fique tudo coberto com o molho.
Arrume duas folhas de papel alumínio por cima de uma forma refratária. Corte a outra metade do limão em rodelas e posicione no centro das folhas de alumínio. Coloque o filé de peixe por cima das rodelas de limão e arrume o aspargo envolta. Regue tudo com o restante do molho de missô.
Feche o papel alumínio formando um papelote. Leve para assar no forno pré-aquecido por 20 minutos. Retire do forno, deixe descansar por 3 minutos e abra o papelote com cuidado para sair o vapor. Descarte as rodelas de limão e sirva tudo regado com o molho que formou dentro do papelote. Acompanhe com arroz integral ou selvagem.

Claro que aproveitei para usar ingredientes que já tinha em casa. Acho a tilápia um peixe super coringa. Como ele pode ser comprado congelado em porções individuais, é a opção perfeita para quem mora sozinho e não quer fazer comida em grandes quantidades para não sobrar muito.

Além da praticidade de ser comprada individualmente, a tilápia tem um sabor super suave. Com isso, ela pode ser combinada com qualquer tipo de molho, o que também ajuda na hora de criar combinações diferentes e saborosas. Desta vez, aproveitei para fazer uma combinação com inspirações orientais. Quem sabe da próxima não vá por outro caminho?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Jantarzinho express

Dia e noites corridas já viraram uma realidade diária na vida das pessoas do século XXI. Parece que quanto mais coisas temos para fazer, mais coisas queremos enfiar na nossa rotina. Com tantas obrigações a ideia de ter que chegar em casa e ainda ter que preparar um jantar saboroso e saudável chega a nos deixar exaustos.

A boa notícia é que às vezes não precisamos mais do que 20 minutos para fazer uma refeição completa e deliciosa. Com alguns poucos ingredientes somos capazes de criar uma constelação de sabores que ao serem provados nos transportam para lugares fantásticos. Nada melhor para finalizar um dia cansativo de trabalho.

Camarão assado ao molho de limão amanteigado

Camarão assado ao molho de limão amanteigado

120 g de camarão fresco
suco de 1 limão siciliano
1 col. de sopa de margarina light
1 dente de alho
1/2 col. de chá de molho inglês
sal, pimenta calabresa e cebolinha a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno em 220˚C. Arrume os camarões numa forma refratária antiaderente. Numa tigela, misture o suco de limão, a margarina light, o alho amassado e o molho inglês. Tempere com uma pitada de sal. Regue por cima do camarão e leve ao forno de 10 a 12 minutos ou até atingir o ponto desejado. Salpique com pimenta calabresa moída e cebolinha picada a gosto. Sirva com torradinhas integrais e uma saladinha verde de entrada.

Absurdamente fácil e rápido de fazer, este prato é perfeito para uma noite fresquinha de outono. O molhinho que fica no fundo da forma é delicioso e vale a pena ser sugado com as torradinhas integrais servidas de acompanhamento. Se preferir algo um pouco mais sofisticado, uma porção de couscous marroquino também cai muito bem ao lado do camarão e consegue absorver todo o molho também.

Caso queira dar um toque ainda mais azedinho à receita, acrescente algumas raspas do limão na hora de servir. Usar o limão siciliano e não o tahiti neste prato também ajuda a não deixar o sabor final ácido demais. Já que o limão siciliano é mais docinho ele combina bem com os demais ingredientes do molho e deixa o gosto final do prato absolutamente divino.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Forrando o estômago

Sexta-feira é dia de fazer um happy hour legal com o pessoal do trabalho depois do espediente. Ou então sair para curtir com a galera num barzinho que acabou de abrir ou numa balada super divertida que vai durar madrugada adentro. E já pensando nas extravagâncias que vão rolar, nada melhor do que um jantarzinho leve para forrar o estômago.

Saladas completas são ótimas opções para jantares mais leves. E mesmo se você preferir não comer muito porque pretende extravasar à noite saiba, a pior coisa que se pode fazer é sair para badalar de estômago vazio. Uma pequena refeição completa, nem que seja uma salada com peito de frango grelhado e torradinhas para acompanhar, é indispensável para curtir a noite tranquila.

Salada de frango grelhado com limão siciliano

Salada de frango grelhado com limão siciliano

1 peito de frango médio
45 ml de suco de limão siciliano (+/- 1 unidade grande)
1 col. de sopa de azeite
1 abobrinha média
1/2 pimentão verde médio
1/2 pimentão amarelo médio
sal, pimenta, coentro e tomilho a gosto

Modo de preparo:
Tempere o frango com sal e pimenta a gosto. Junte o suco de limão, o azeite e o tomilho numa sacolinha de plástico. Coloque o peito de frango dentro e deixe marinando por pelo menos 1 hora na geladeira.
Aqueça uma grelha elétrica na temperatura média-alta. Descarte a marinada e grelhe o frango de 5 a 7 minutos ou até que fique no ponto desejado. Deixe esfriar um pouco e corte em tiras.
Para preparar a salada, corte a abobrinha em tiras finas. Ferva 300 ml de água e cozinhe as tiras até ficarem al dente (aproximadamente 3 minutos). Retire do fogo e coloque numa tigela com água gelada para cortar o cozimento e manter a consistência crocante e a cor vibrante.
Corte os pimentões em tiras finas e arrume num prato. Adicione as tiras de abobrinha cozidas e os pedaços de frango. Tempere com pimenta, coentro e azeite a gosto. Coma com torradinhas integrais para acompanhar.

O bom desta salada é que ela funciona como refeição completa nesses dias em que preferimos jantares mais leves. Entretanto, ela fica uma delícia também em versão menor como entrada de um almoço ou jantarzinho sofisticado. Absurdamente fácil de fazer, o troque está na marinada. Quanto mais tempo o frango ficar curtindo no suco do limão mais seu sabor vai ficar intenso e delicioso.

Outra vantagem deste prato são as combinações de vegetais diferentes possíveis de serem feitas dependendo do gosto pessoal de cada um. Se não gostar de pimentão, prove a salada com ervilha torta ou vagem macarrão. Já para algo mais colorido, invista em tirinhas de cenoura ou berinjela cozidas. Fica divinamente leve e gostoso.

Por hoje é só.

Bon appetit!

A praticidade como aliada

Sempre dou preferência para comidas e produtos naturais e frescos. Acredito que é sempre melhor e recomendável escolher frutas e verduras frescas para incluir nas refeições e evitar sempre que possível comprar enlatados e congelados. Assim, nos certificamos de que nossa comida é preparada com carinho e da maneira mais saudável possível.

Entretanto, nem sempre a praticidade é inimiga da boa saúde. Alias, quando não temos tempo de preparar uma refeição completa do zero é melhor apelar para alguns enlatados mais saudáveis do que acabar comendo qualquer coisa na rua. Assim não deixamos de investir em ingredientes de qualidade e preparados da nossa maneira.

Salada de lentilha com salmão enlatado

Salada de lentilha com salmão enlatado

1 lata de filé de salmão
1/2 pote de lentilha em conserva
1/2 pepino pequeno
1/2 pimentão vermelho pequeno
suco de 1/2 limão siciliano
1 col. de sobremesa de azeite
1 col. de sobremesa de mostarda
sal, pimenta e dill fresco a gosto

Modo de preparo:
Escorra a lentilha e deixe cair água por cima por alguns minutos para retirar o excesso de sal. Corte o pepino e o pimentão vermelho em cubos pequenos e misture com a lentilha em uma tigela. Acrescente o filé de salmão enlatado e desfie em pedaços pequenos com um garfo. Misture bem todos os ingredientes.
Em outra tigela menor, junte o suco do limão, o azeite e a mostarda. Mexa até ficar homogêneo e regue por cima da salada. Tempere com sal, pimenta e dill fresco a gosto. Sirva a seguir com mix de folhas verdes e torradinhas integrais.

Desde a primeira vez que vi filé de salmão enlatado no supermercado fiquei com vontade de comprar para provar. Achava que poderia ser um substituto do atum ou sardinha enlatados e estava certíssima. Alias, o salmão enlatado é delicioso e não deixa de ser uma mão na roda quando o tempo é curto e a fome aperta.

Esta salada ficou absolutamente divina e o gostinho do tempero de limão misturado com a mostarda deixou um sabor fantástico. Super prática e simples, ela fica pronta em menos de 10 minutos – é só o tempo de cortar as verduras e misturar tudo numa tigela. Não deixa de ser perfeito para quem quer um almoço saudável e rápido para preparar de manhã na correria de sair para o trabalho.

Por hoje é só.

Bon appetit!

O sabor da saúde

Quem não gosta de comer um franguinho grelhado leve numa segunda-feira? É sempre bom voltar do final de semana, geralmente tumultuado e pesado no que diz respeito à comida, com algo saudável mas extremamente saboroso.

Entretanto, só um peito de frango grelhado também pode ser muito sem graça. Por isso, nada melhor do que incrementar um pouco este que é um prato tão simples e clássico para começar a semana com o pé direito. Nesta receita, os toques a mais podem até parecer pequenos, mas fazem toda a diferente e tornam o prato sensacional.

Frango ao limão com alcaparras

Frango ao limão com alcaparras

1 filé de peito de frango médio
1 limão siciliano
1 col. de sopa de alcaparras
80 ml de vinho branco
sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Tempere o peito de frango com sal e pimenta a gosto. Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque o frango para grelhar. Vire de vez em quando para que asse de maneira uniforme de ambos os lados. Se preciso, salpique com alguns pingos de água para ajudar a não grudar. Quando estiver pronto, reserve num prato.
Despeje na mesma frigideira o vinho branco, o suco de meio limão siciliano e as alcaparras. Deixe ferver e mexa sem parar para reduzir e engrossar um pouco (de 3 a 5 minutos). Regue por cima do frango e sirva em seguida. Se quiser, esprema o suco da outra metade do limão por cima da carne antes de comer.

Achei esta receita super leve e saborosa. Como adoro o saborzinho do limão não senti nenhum problema em colocar a segunda metade do suco antes de degustar. Entretanto, se você não quiser o sabor do limão muito pronunciado, dispense a outra metade.

Este franguinho cai super bem com acompanhamentos simples como legumes cozidos no vapor e arroz integral. Se quiser deixar um pouco mais sofisticado, invista no arroz selvagem que traz um quê de rústico ao prato. Batatas assadas no forno com alecrim e um fio de azeite também formam um acompanhamento perfeito para esta refeição super saborosa.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Suculento na medida certa

É bem verdade que para fazer um almoço ou jantar sofisticado as vezes precisamos investir um pouco de tempo e esforço (como contei aqui ontem). Cozinhar para o dia a dia é bem diferente do que preparar uma refeição estilo gourmet. Mas o que muita gente não sabe é que também é possível fazer um prato simplesmente sensacional sem dificuldade nenhuma.

Com alguns ingredientes chave e técnicas bem simples um singelo filé de salmão grelhado pode se transformar em uma refeição digna de restaurante cinco estrelas. E a melhor parte é que quem estiver saboreando sua preparação não vai suspeitar nunca que você preparou aquele banquete em menos de 30 minutos.

Salmão grelhado com mostarda de ervas

Salmão grelhado com mostarda de ervas

1 pedaço médio de salmão
1 limão siciliano
1 punhado de ervas para peixe (dill, coentro, salsinha, capim limão)
1 dente de alho
2 col. de sopa de mostarda rústica (com sementes)

Modo de preparo:
Separe um pouco de cada erva e pique bem. Numa tigela, misture a mostarda com as ervas e o dente de alho amassado. Reserve. Tempere o file de salmão com sal a gosto.
Abra um pedaço de papel alumínio e arrume fatias finas do limão siciliano no centro. Por cima do limão, coloque o restante das ervas para peixe. Não é preciso cortar.
Posicione o filé de salmão em cima das fatias do limão e das ervas. Por fim, espalhe a mistura de mostarda na parte de cima do peixe. Feche o papel alumínio para formar um papelote. Certifique-se de que esteja bem fechado para que o vapor não escape enquanto estiver cozinhando. Aqueça uma grelha elétrica em temperatura quente e coloque o papelote em cima. Deixe grelhar por no mínimo 20 minutos.
Abra o papel alumínio com cuidado para verificar se o peixe já está cozido. Caso for preciso, deixe mais alguns minutos para terminar de cozinhar. Descarte as rodelas de limão e as ervas e sirva o peixe com legumes cozidos.

Não canso de falar o quanto cozinhar peixes e frangos no vapor em papelotes de papel alumínio deixa os pedaços de carne simplesmente fantásticos! Como mostrei nesta e nesta receita, além de manterem sua umidade e suculência, adquirem todos os sabores deliciosos dos demais ingredientes que estiverem juntos dentro do papelote.

Muitas pessoas reclamam que o salmão é um peixe que fica extremamente ressecado se não for cozido com azeite ou manteiga. Com esta receita descobri a maneira perfeita de preparar salmão sem precisar acrescentar gordura. Isso porque as fatias de limão proporcionam aquela umidade necessária para não ressecar o peixe. Além de, claro, deixá-lo com um gostinho absolutamente divino.

Por hoje é só.

Bon appetit!