Para adoçar as tarde de domingo

Já virou rotina ver manchetes de revistas e artigos científicos afirmando que o tão apreciado chocolate não é mais tão vilão da saúde quanto pensávamos. Ao contrário, consumir uma pequena quantidade dessa delícia diariamente pode trazer inúmeros benefícios a nossa saúde. O importante é escolher qual chocolate saborear para que as calorias ingeridas não sejam completamente vazias.

Quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate, melhor ele é para nossa alimentação. Isso porque os benefícios estão todos presentes na manteiga do cacau e no pó usado ao preparar o chocolate. As versões ao leite e principalmente o chocolate branco, que não contem nada de cacau em pó, aumentam demais o volume de açúcar da receita e deixam de lado as propriedades benéficas do doce.

Devo confessar que antes de passar pela reeducação alimentar não era muito fã de chocolate amargo. Alias, minha versão preferida era a pior possível: o chocolate branco. Hoje aprendi a saborear a delicadeza marcante do chocolate com maior percentual de cacau. Atualmente, para mim, quanto maior essa porcentagem, melhor.

Mas como ninguém é de ferro e todos merecemos uma escapulida de vez em quando, resolvi experimentar esta receita de muffins de chocolate branco com damasco. A quantidade de chocolate utilizada não é muita mas é perfeitamente suficiente para satisfazer meus desejos sem destruir completamente meu plano alimentar. Sensacional, não?

Mini muffin de chocolate branco com damasco

Mini muffins de chocolate branco com damasco

1 xíc. de chá de farinha de trigo
1/4 de xíc. de chá de açúcar
1 col. de chá de gengibre em pó
1/2 col. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
25 g de chocolate branco picado
90 ml de leite desnatado
1 1/2 col. de sopa de margarina light
1 clara
25 g de damasco seco picado

Modo de preparo:
Junte a farinha de trigo, o açúcar, o gengibre, o fermento, a pitada de sal e o chocolate picado numa tigela e misture bem com um garfo para que fique tudo incorporado. Em outra tigela, misture o leite, a margarina derretida e a clara. Mexa bem com um garfo para que fique homogêneo.
Aos poucos, incorpore a mistura molhada na mistura seca. Mexa com delicadeza apenas para que fique homogêneo mas tenha cuidado para não mexer demais. Por fim acrescente o damasco picado e termine de mexer.
Pré-aqueça o forno em 200˚C. Despeje a massa em forminha de mini muffins antiaderentes untados com spray de azeite. Leve ao forno e deixe assar de 12 a 14 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Saboreie com uma xícara de chá de frutas no lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Sou apaixonada por muffins, ainda mais estes tamanho miniatura já que podemos comer mais de um sem pesar demais a consciência. Tenho várias receitas de sabores diferentes e me divirto experimentando cada uma. Aqui no blog já publiquei outras, como a de banana com farinha integral e a de cacau com chocolate amargo.

Mas sem dúvida esta nova de chocolate branco com damasco tornou-se minha preferida. A mistura de sabores ficou divina e a quantidade utilizada é perfeita para dar aquele gostinho e satisfazer meus desejos sem sobrecarregar demais a receita. O melhor é que podemos congelar os muffins já pronto para saborear um outro dia. Aproveite para fazer muitos e ir comendo ao longo da semana. Aposto que vai adorar.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Jantarzinho express

Dia e noites corridas já viraram uma realidade diária na vida das pessoas do século XXI. Parece que quanto mais coisas temos para fazer, mais coisas queremos enfiar na nossa rotina. Com tantas obrigações a ideia de ter que chegar em casa e ainda ter que preparar um jantar saboroso e saudável chega a nos deixar exaustos.

A boa notícia é que às vezes não precisamos mais do que 20 minutos para fazer uma refeição completa e deliciosa. Com alguns poucos ingredientes somos capazes de criar uma constelação de sabores que ao serem provados nos transportam para lugares fantásticos. Nada melhor para finalizar um dia cansativo de trabalho.

Camarão assado ao molho de limão amanteigado

Camarão assado ao molho de limão amanteigado

120 g de camarão fresco
suco de 1 limão siciliano
1 col. de sopa de margarina light
1 dente de alho
1/2 col. de chá de molho inglês
sal, pimenta calabresa e cebolinha a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno em 220˚C. Arrume os camarões numa forma refratária antiaderente. Numa tigela, misture o suco de limão, a margarina light, o alho amassado e o molho inglês. Tempere com uma pitada de sal. Regue por cima do camarão e leve ao forno de 10 a 12 minutos ou até atingir o ponto desejado. Salpique com pimenta calabresa moída e cebolinha picada a gosto. Sirva com torradinhas integrais e uma saladinha verde de entrada.

Absurdamente fácil e rápido de fazer, este prato é perfeito para uma noite fresquinha de outono. O molhinho que fica no fundo da forma é delicioso e vale a pena ser sugado com as torradinhas integrais servidas de acompanhamento. Se preferir algo um pouco mais sofisticado, uma porção de couscous marroquino também cai muito bem ao lado do camarão e consegue absorver todo o molho também.

Caso queira dar um toque ainda mais azedinho à receita, acrescente algumas raspas do limão na hora de servir. Usar o limão siciliano e não o tahiti neste prato também ajuda a não deixar o sabor final ácido demais. Já que o limão siciliano é mais docinho ele combina bem com os demais ingredientes do molho e deixa o gosto final do prato absolutamente divino.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Um docinho para qualquer hora

Adoro fazer cookies clássicos, tipicamente americanos, para ocasiões especiais. Quanto mais deliciosos os cookies, mais prazer tenho em fazê-los para pessoas queridas. Entretanto, estou sempre em busca de receitas novas para testar e aprimorar meus dotes na cozinha.

A receita tradicional que tenho deixo guardada apenas para situações extremamente especiais. Isso porque leva uma quantidade absurda de manteiga na sua composição. Até por isso, os cookies podem ficar um pouco pesados demais e acabam tendo um sabor amanteigado em excesso. Foi então que achei esta receita mais leve e tive que experimentar. O resultado foi perfeito.

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo
3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo integral
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/4 de col. de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/2 xíc. de chá de açúcar
38 ml de óleo de canola
2 col. de sopa de margarina light
1 ovo
2 col. de chá de essência de baunilha
25 g de chocolate 85%

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento, o bicarbonato e a pitada de sal. Em outra tigela, bata com uma batedeira de mão o açúcar, o óleo de canola, a margarina, o ovo e a essência de baunilha até que fique homogêneo e levemente cremoso.
Acrescente a mistura de farinha aos poucos e bata apenas para juntar tudo. Tome cuidado para não bater a massa demais. Pique o chocolate 85% em pedacinhos e junte à massa. Mexa com delicadeza até misturar completamente.
Divida a mistura em duas partes iguais e enrole cada uma para formar um tronco de aproximadamente 15 centímetros de comprimento. Cubra completamente com filme plástico e molde para que fique arredondado. Leve ao freezer por 45 minutos. Após esse tempo, retire do freezer e arrume para ficar o mais perfeitamente arredondado possível. Retorne ao freezer e deixe por pelo menos mais 2 horas.
Na hora de assar, pré-aqueça o forno em 180˚C. Deixe um dos troncos fora do freezer por 3 minutos antes de começar a cortar. Com uma faca, ou fio de barbante, corte a massa para formar cookies de aproximadamente 1 centímetro de largura. Repita até obter 18 cookies iguais.
Arrume os cookies numa forma refratária antiaderente untada com um fio de azeite e leve para assar de 10 a 12 minutos até começarem a dourar por baixo. Caso deseje, repita com o restante da massa.

Rende 36 cookies, 18 por tronco.

Além de deliciosos, estes cookies são perfeitos para qualquer momento em que surgir uma vontade incontrolável de comer um docinho. Cada tronco de massa pode ser preparado com antecedência e guardado no freezer por até 3 messes. Na hora de preparar é só deixar descongelando 3 minutos antes de cortar os cookies.

A menor quantidade de gordura incluída na receita não prejudica o prazer final ao comer os cookies. Em certos casos, ficam até mais gostosos já que o sabor é mais leve e não pesa tanto no estômago. O bom é que com esta receita também conseguimos incluir uma pitada de fibras na nossa alimentação com o acréscimo da farinha integral. Além de gostosos, os cookies tornam-se mais saudáveis. Tem coisa melhor?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Aquecendo o inverno

O frio parece ter chegado com tudo e não demonstra vontade de ir embora, pelo menos por enquanto. Por isso, continuo na minha busca por receitas de sopinhas e outros pratos deliciosos que aquecem e nos deixam com aquela sensação gostosa de conforto nas noites frias do inverno.

Desta vez achei uma que para muitos pode parecer nada saudável à primeira vista. Alias, sempre que vemos a palavra “cremosa” ou “creme” de qualquer coisa num cardápio já ficamos com o pé atrás imaginando quilos de creme de leite gorduroso que possa ter sido utilizado para preparar o prato. A receita que trago hoje vem para desmentir essa impressão e provar que podemos preparar sopas super cremosas e deliciosas em casa sem prejudicar a alimentação.

Sopa cremosa de aspargo

Sopa cremosa de aspargo

150 g de aspargo
120 ml de caldo de vegetais
1 col. de chá de tomilho fresco
1 folha de louro
1 dente de alho
1/2 col. de sopa de farinha
120 ml de leite semidesnatado
1 pitada de noz moscada
1/2 col. de chá de margarina light
sal e raspas de limão a gosto

Modo de preparo:
Ferva o caldo de vegetais e cozinhe o aspargo com as folhas de tomilho fresco, a folha de louro e o alho picado por 10 minutos em fogo baixo ou até que ele fique bem macio. Descarte a folha de louro e bata o restante do conteúdo da panela no liquidificador até ficar homogêneo.
Dissolva a farinha de trigo no leite e despeje na panela. Acrescente a mistura de aspargo e uma pitada de noz moscada. Mexa bem e deixe ferver. Abaixe o fogo e cozinhe mantendo uma leve fervura por 5 minutos.
Retire do fogo e acrescente a margarina light, o sal e as raspas de limão a gosto. Mexa bem e sirva salpicado com mais um pouco de noz moscada e folhas de tomilho fresco. Saboreie acompanhado de torradinhas integrais e uma salada verde.

Uma das coisas que mais adorei nesta receita é a cor verde linda e vibrante da sopa pronta. Além disso, o sabor delicado do aspargo foi potencializado pelas folhas de tomilho fresco e a noz moscada salpicada por cima no final. Leve, apesar de cremosa, este prato fica uma delícia saboreado puro ou como entrada de um jantar mais sofisticado.

Aproveite a noite fresquinha para provar esta sopa acompanhada de tortas como estas que compartilhei aqui no blog: cachorro quente de forno, quiche pudim de legumes, torta de carne à jardineira ou torta de peito de peru com cottage. O creme de aspargo também fica uma delícia acompanhado de uma salada reforçada como estas: salada de frango grelhado com limão siciliano ou salada de beterraba com espinafre e feijão branco.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Um mimo mais do que especial

Dia das mães. Dia de prestigiar aquela pessoa que em muitos sentidos é a mais importante das nossas vidas. E para quem prefere não gastar muito com cestas ou presentes extravagantes tenho uma sugestão super pessoal e aconchegante para celebrar o dia. Que tal preparar você mesmo um café da manhã mais do que especial para ela?

Para começar o dia com o pé direito precisamos de uma boa dose de carboidrato para garantir bastante energia e aguentar o tranco. Outra gostosura fundamental são frutas frescas. E que tal regar tudo isso com uma pitada de mel delicioso? Esta receita junta todos esses ingredientes saborosos e faz do café da manhã uma refeição divinamente especial.

Panquecas estufadas com mirtílo

Panquecas estufadas com mirtílo

1 col. de sopa + 1 col. de chá de margarina light
40 ml de leite semidesnatado
1 ovo
1 col. de chá de essência de baunilha
2 col. de sopa + 2 col. de chá de farinha de trigo
1 col. de chá de açúcar
1 pitada de sal
1 pitada de canela em pó
50 g mitílo fresco

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 230˚C. Derrame 1 col. de chá da margarina numa forma antiaderente ou frigideira própria para ir ao forno. Coloque a forma no forno e deixe alguns minutos para derreter a margarina enquanto prepara o resto dos ingredientes.
Numa tigela, derreta 1 col. de sopa da margarina por alguns segundos no microondas. Junte o leite, o ovo e a essência de baunilha e misture bem. Acrescente a farinha, o açúcar, a pitada de sal e de canela em pó. Mexa até ficar homogêneo.
Retire a frigideira do forno e mexa para que a margarina unte toda a superfície. Arrume os mirtílos cortados ao meio no fundo da forma. Derrame a massa pronta por cima das frutas e leve para assar de 20 a 30 minutos ou até que uma faca inserida no meio saia limpa. Sirva regado com mel.

Rende 1 porção grande ou 2 médias.

Na receita original as panquecas eram preparadas com cerejas lindas e fresquinhas. Entretanto, como moramos no Brasil e conseguir cereja fresca só mesmo na época do natal resolvi mudar e escolhi fazer com mirtílos. Estas frutinhas azuis são deliciosas e também trazem inúmeros benefícios para nossa saúde.

Caso não consiga achar mirtílos ou outras frutinhas do tipo frescas pode substituir pela versão congelada. Neste caso, vale salpicar um pouco de farinha de trigo nelas antes de misturar à massa para que não manchem demais as panquecas enquanto forem descongelando no forno. Se bem que os mirtílos mesmo frescos acabam manchando a massa como aconteceu comigo, não é? A foto pode até não estar muito bonita, mas garanto que o sabor ficou sensacional.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Delícias saudáveis

Depois da primeira tentativa bem sucedida na qual fiz mini muffins de cacau com chocolate amargo, resolvi testar outra receita destes docinhos miniatura tipicamente norte-americanos. Desta vez optei por uma receita um pouco mais saudável já que leva na sua composição farinha de trigo integral e bananas.

O gostoso de preparar estes bolinhos é a grande versatilidade e enormidade de sabores possíveis. São tantas receitas existentes que dá vontade de testar uma diferente a cada dia. Como adoro fazer sobremesas de frutas, escolhi esta de banana para experimentar. O melhor é que eles também servem perfeitamente de café da manhã especial num domingo qualquer.

Mini muffin integral de banana

Mini muffin integral de banana

12 col. de sopa cheias de farinha de trigo integral
4 col. de sopa cheias de farinha de trigo branca
1 col. de sobremesa de fermento em pó
1 col. de chá de canela em pó
1 pitada de sal
1 1/2 banana prata madura amassada com um garfo
1 ovo
6 col. de sopa de açúcar mascavo
40 ml de leite semidesnatado
1 1/2 col. de sopa de margarina light sem sal
1 col. de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento, a canela e o sal. Misture delicadamente com uma colher para juntar todos os ingredientes.
Em outra tigela, junte o ovo levemente batido com um garfo, as bananas amassadas e a margarina em temperatura ambiente. Acrescente o açúcar, o leite desnatado e a essência de baunilha e mexa bem com um garfo até que fique bem homogêneo.
Abra um buraco no centro dos ingredientes secos e despeje a mistura de banana mexendo delicadamente com o garfo. Misture apenas até ficar tudo incorporado. Cuidado para não bater demais para que os muffins não fiquem duros.
Unte uma forma antiaderente de 12 mini muffins com um pingo de azeite em cada potinho. Despeje aproximadamente 1 col. de sopa da massa em cada recipiente até dividir completamente por todos os 12. Asse em forno pré-aquecido em 190˚C por 18 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Deixe esfriar por 5 minutos, desenforme e sirva como lanchinho acompanhado de uma xícara de café ou chá.

Rende 12 mini muffins.

Estes mini muffins podem até não parecer tão apetitosos à primeira vista quanto os outros que preparei. Entretanto, não canso de repetir que as aparências enganam. Absolutamente divinos, estes bolinhos integrais de banana tem uma grande vantagem já que realmente são mais saudáveis que os outros. Além disso, seu sabor é tão delicioso quanto qualquer outra sobremesa que já tenha feito.

Outra vantagem desta receita é a possibilidade de congelar os muffins depois de prontos. Para fazer isso, basta lembrar de deixá-los esfriarem antes de guardar num recipiente hermeticamente fechado no freezer. Quando quiser saboreá-los novamente, deixe descongelando na geladeira de um dia para o outro ou por algumas horas em temperatura ambiente.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Hibridismos espetaculares

Mantendo a tradição, nada melhor do que um docinho espetacular para comemorar o fato de ser domingo. Não sou adepta da brincadeira do “1˚ de abril”, então não vou mentir. Esta receita não é light nem de baixa caloria. Mas em comparação com outros “pecados alimentares” ganha os benefícios de usar cacau em pó, açúcar mascavo e farinha de trigo integral. E vamos ser sinceros, um docinho de vez em quando é necessário, certo?

Para quem prefere doces mais açucarados (como a grande maioria da população brasileira já que nosso paladar tende mais para o doce) esta receita pode não apetecer muito. Entretanto, quem aprecia uma boa sobremesa à la chocolate meio amargo vai encantar-se com esta delícia.

Cookie-brownie de cacau

Cookie-brownie de cacau

1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1/2 xíc. de chá de farinha de trigo integral
1 col. de café de fermento em pó
1 pitada de sal
5 col. de sopa rasas de margarina light
7 col. de sopa rasas de cacau em pó sem açúcar
2/3 de xíc. de chá de açúcar
1/3 de xíc. de chá de açúcar mascavo
1/2 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:
Numa tigela, junte as farinhas, o fermento e a pitada de sal. Mexa bem com uma colher e reserve.
Em outra tigela, derreta levemente a margarina no microondas apenas para ficar um pouco mais líquida. Ela não deve derreter completamente nem ferver ou aquecer demais. Acrescente o cacau em pó, os açúcares, o iogurte e a essência de baunilha e misture bem até ficar completamente homogêneo.
Aos poucos, adicione a mistura de ingredientes secos e vá mexendo para incorporar completamente. Unte uma forma refratária com um pouco de margarina e coloque porções pequenas da massa até separar em 24 cookies. Asse em forno pré-aquecido a 180˚C de 10 a 12 minutos. Deixe esfriar e saboreie com uma caneca de café ou chá.

Rende 24 cookies.

Para quem é acostumado aos cookies tipicamente americanos, este vai parecer um pouco diferente. Por ter uma consistência diferente, acaba parecendo uma mistura híbrida de cookie e brownie o que, para mim, só aumenta as vantagens desta delícia.

Uma dica que tenho é moldar os cookie achatando-os para ficarem em formato redondo no momento em que estiver prepararando para assar. Isso porque estes cookies não derretem nem achatam enquanto estão assando. Ou seja, a maneira como estiverem colocados na forma será seu formato final. Aprendi isso na marra e é por isso que os meus não estão tão bonitos na foto. Mas o sabor, esse sim ficou simplesmente espetacular.

Por hoje é só.

Bon appetit!