As maravilhas do microondas

Quando o tempo é curto, achar receitas simples e rápidas é uma ajuda e tanto! E quem já morou sozinho sabe o quanto um microondas funciona como aliado fundamental nas preparações do dia a dia. Super prático, ele serve para fazer praticamente qualquer coisa, até arroz. É só saber como usar.

Por isso achei a receita que trago hoje tão divertida. Em vez de gastar 2 horas ou mais assando um bolo de carne moída no forno, alguns simples truques reduzem esse tempo para apenas 11 minutos quando feito no microondas. Vai dizer, gastar só 11 minutos e não 2 horas para quem tem uma vida corrida é fantástico, não é mesmo?

Bolinho de carne moída na caneca

Bolinho de carne moída na caneca

250 g de coxão mole moído
1/4 de xíc. de chá de aveia
1 clara
80 ml de V8 (suco de vegetais)
2 col. de sopa de cebolinha picada
2 col. de sopa de cenoura ralada
sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Numa tigela, tempere a carne moída com sal e pimenta a gosto. Acrescente os demais ingredientes e misture bem com a mão até formar uma massa homogênea. Divida a mistura em 2 canecas de chá grandes e leve ao microondas. Cozinhe em potência de 70% por 11 minutos. Como alguns fornos podem ter potências diferentes verifique se está bem cozido após desse tempo. Caso seja necessário, deixe mais 30 segundos ou 1 minuto. Sirva com legumes refogados e arroz sete grãos ou purê de batata.

Rende 2 porções.

Além de ser super fácil o melhor dessa receita é que ela ficou absolutamente divina. Já tinha testado fazer bolinhos de chocolate na caneca no microondas e não tinha dado muito certo. Por isso fiquei receosa de preparar este bolinho de carne moída. Mas no fim deu tudo certo.

A cebolinha picada e a cenoura ralada servem para dar um temperinho a mais na carne. Já a clara e a aveia funcionam como liga. O suco de vegetais, V8, faz com que o bolinho fique úmido e divino. Você também pode usar outros legumes para dar sabor, como cebola e alho ralado ou até mesmo abobrinha e pimentão. Sendo o que for, tenho certeza que não vai se arrepender. Este bolinho fica sensacional.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Ano novo, vida nova

Venho por meio deste registrar o último post do ano. Um ano cheio de tristezas (grande novidade na minha vida), mas também um acho cheio de renovações e aventuras novas. A começar por esta, minha grande aventura no mundo da culinária saudável que faz você pensar antes de escolher o que comer e que me trouxe de volta o prazer de saborear inúmeros pratos desconhecidos.

Como 2011 terminou com um gostinho amargo para mim (e para muitas pessoas que conheço) nada melhor do que uma receita docinha para entrar em 2012 com o pé direito. Super leve este prato serve tanto para uma sobremesa light depois de uma ceia pesada na virada do ano como para um lanchezinho esperto para segurar a fome e não se atracar na primeira coisa que aparecer pela frente na noite do réveillon (mesmo não sendo a melhor opção do cardápio).

Pêssego assado com mel e canela

Pêssego assado com mel e canela

1 pêssego cortado em quatro (sem o caroço)
1 col. de sobremesa de mel
1 col. de chá de canela em pó

Modo de preparo:
Pegue um pêssego maduro e corte em quatro pedaços cuidadosamente para ir retirando o caroço. Numa forma refratária, arrume os pedaços e regue com o mel e a canela em pó. Leve ao microondas em potência alta por 2 ou 3 minutos (dependendo do forno, os tempos podem variar). Sirva quente.

Adoro doces feitos com frutas pois são ótimas alternativas para satisfazer a vontade de comer sobremesa sem precisar se atracar numa fatia de bolo de chocolate recheado. Além disso, uma boa dica é escolher as frutas da estação para preparar os doces já que elas estarão mais maduras e com isso mais docinhas e saborosas na hora de degustar.

Frutas assadas no forno ou no microondas com canela já são deliciosas puras, mas se você quiser extrapolar um pouquinho (afinal é final de ano e todo mundo merece uma extravagância de vez em quando) saboreie com uma bola de sorvete de creme. Uma opção mais light seria comer com uma bola de iogurte frozen que não tem gordura. Vai do paladar (e da consciência) de cada um. =P

Por hoje é só.

Que 2012 seja melhor do que 2011 e pior do que 2013 para todos.

E, como sempre, bon appetit!

Invenções que revolucionam a vida

Confesso: nunca fui muito fã de omelete. Antigamente quando comia, achava o gosto sem graça e ficava com uma sensação pesada na barriga por algum tempo. Muito tempo depois fui descobrir que o meu problema não era o ovo e sim o azeite ou óleo que era usado para untar a frigideira durante a preparação do prato. Realmente a gordura acrescentada deixa a omelete carregada e pesa no estômago de qualquer um, principalmente quando come-se à noite.

Omeleteira para microondas

Foi aí que um dia descobri uma invenção que mudou completamente minha maneira de fazer e saborear omeletes. Chama-se omeleteira para microondas. É fantástica, sem exageros! Super prática em relação à preparação, basta mexer os ovos dentro do recipiente de plástico e levá-lo ao microondas por alguns poucos minutos. E o melhor é que não precisa de óleo para preparar.

Conhecer essa invenção realmente revolucionou minha vida na cozinha. Hoje voltei a comer omeletes com alguma regularidade porque, além de ser uma ótima fonte de proteína, oferece uma opção rápida para o jantar. E serve como um ótimo acompanhamento para uma bela salada. E aqui está a melhor parte: você pode encontrar a omeleteira em qualquer supermercado maiorzinho como o Extra, Carrefour ou Zaffari. Mas também já vi para vender em alguns Pão de Açúcar. É só procurar que acha.

Com isso, a receita que vou compartilhar hoje é de um omelete super simples e rápido feito na omeleteira.

Omelete fácil de microondas

2 claras
1 gema
30 g de queijo minas frescal light cortado em cubinhos
3 fatias finas de blanquet de peito de peru light
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Bata as claras e a gema com um garfo dentro da omeleteira para microondas. Corte o queijo e pique as fatias de peito de peru light. Acrescente à mistura dos ovos, tempere com sal e pimenta a gosto e leve ao microondas em potência máxima por aproximadamente 2 minutos. Sirva em seguida.

Passo 1

Passo 2

Passo 3

Omelete com queijo minas frescal e peito de peru light

 

 

 

 

 

 

Aqui também vale a imaginação na hora de escolher os acompanhamentos do ovo no preparo da sua omelete. No caso, usei queijo e peito de peru pois era o que tinha sobrando em casa. Mas geralmente prefiro fazer o prato um pouco mais leve e saudável acrescentando vagens cozidas e cortadas em pedaços. Outra sugestão é fazer a omelete com tomate picado em cubinhos e salpicado de orégano e cebolinha. A combinação fica uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!