Novidades inusitadas

Quem me acompanha desde o princípio do blog sabe que estou sempre à procura de receitas divertidas, diferentes e, mais importante, saudáveis. Às vezes é difícil achar uma combinação que inclua todos esses elementos, mas quando encontro preciso provar para ver se vale à pena.

Foi o que aconteceu com esta receita de hoje. Apesar de conhecer algo sobre a culinária mexicana, confesso que nunca tinha ouvido falar deste prato específico. Muito provavelmente isso se deve ao fato da minha experiência ser mais com a comida dita “tex-mex” que tem muita influência da culinária do sul dos Estados Unidos e que já virou uma mescla de tradições gastronômicas.

Puebla-style chicken mole

Puebla-style chicken mole

1 peito de frango
1 dente de alho amassado
50 g de cebola picada
120 ml de caldo de galinha
1/2 lata de tomate pelado
15 g de uva passa branca
1 col. de sopa rasa de cacau em pó
azeite, sal, pimenta calabresa, casca de laranja, cominho e canela a gosto

Modo de preparo:
Aqueça uma panela antiaderente em fogo médio e regue com um fio de azeite. Refogue a cebola e o alho até ficarem macios. Salpique o cominho e a canela em pó a gosto e mexa bem para incorporar os temperos.
Derrame o caldo de galinha e acrescente a tira de casca de laranja, a uva passa e metade de uma lata de tomates pelados. Deixe ferver e coloque o peito de frango para cozinhar.
Quando o frango estiver cozido, retire e desfie com cuidado pois estará quente. Salpique o cacau em pó e mexa bem para não formar nenhuma bolinha e certificar-se de que está totalmente dissolvido.
Retorne o frango desfiado à panela e misture tudo para incorporar os sabores e ficar homogêneo. Deixe ferver por 10 a 15 minutos ou até reduzir bem. Sirva por cima de arroz ou macarrão e salpique pimenta calabresa a gosto.

O que mais me chamou a atenção nesta receita foi a lista de ingredientes. Nunca tinha pensado em colocar cacau em pó num prato que basicamente funciona como um molho de frango ótimo para acompanhar arroz, macarrão ou, como fiz no meu caso, polenta cremosa.

Aqui vale uma ressalva. A quantidade indicada dos ingredientes é exatamente a que estava na receita original. Quando fui provando o prato, à medida que cozinhava, achei que o sabor do cacau estava um pouco forte demais. Acabei acrescentando o restante da lata de tomates pelados para dar uma quebrada. No fim, achei o gosto sensacional. Se você adora experimentar coisas novas vale à pena com certeza! Mas vá com calma na hora de colocar o cacau em pó e não esqueça de ir provando o tempero para adequá-lo ao seu gosto.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Festinha com as amigas

Domingo pode já estar terminando mas ainda dá tempo de preparar uma delícia para saborear de sobremesa no jantar. Esta de hoje não é nada light, mas de vez em quando vale a pena deixar a vida regrada de lado e fugir para o paraíso dos doces proibidos.

Super fácil, esta sobremesa não requer muitos ingredientes nem muito tempo para ficar pronta. O único porém é acertar o ponto, mas para quem já é craque em fazer doces como brigadeiro com certeza vai saber o tempo certinho para deixar esta delícia perfeita.

Cocada mole

Cocada mole

1 xic. de chá açúcar ou adoçante para forno e fogão
1 copo de água
1 canela em pau
1 cravo-da-índa
1 xic. de chá de coco ralado
1 col. de chá de margarina light
6 gemas

Modo de fazer:
Ferva o açúcar com a água, a canela e o cravo numa panela antiaderente até obter um caldo em ponto de fio grosso. Acrescente o coco ralado e deixe ferver em fogo baixo por 10 minutos. Junte a margarina e mexa bem.
Deixe esfriar completamente antes de adicionar as gemas. Misture bem para incorporar completamente e leve de novo ao fogo brando. Cozinhe mexendo delicadamente até engrossar (aproximadamente 10 minutos). Sirva em temperatura ambiente.

Rende 10 porções.

Amo cocada de paixão. Nos dias que tenho liberado para comer um docinho geralmente dou preferência para esta delícia. Alias, adoro qualquer sobremesa com coco. Certamente a cocada tradicional é mais prática para guardar em grandes quantidades ou preparar para festas. Mas esta versão mole é deliciosa como substituto do clássico beijinho.

Aproveite a noite de premiações do Oscar de hoje para juntar várias amigas e fazer uma panela desta cocada mole. Sentem-se na frente da TV e peguem uma colher para cada uma. O melhor é comer o doce direto da panela sem ter que se preocupar com mais louça para lavar. Não deixa de ser outra opçõe super saborosa para o tradicional brigadeiro de panela.

Por hoje é só.

Bon appetit!