Os truques que fazem a diferença

Não faz muito tempo descobri as maravilhas do camarão. Minha resistência a estes animaizinhos no passado era o medo de ter alguma reação alérgica quando saboreasse um prato à base deles. Como não fazia questão de provar e tinha esse receio, acabei passando anos dispensando qualquer comida que fosse feita com camarão.

Mas nessa nova onda de experimentar todo o tipo de comida possível e imaginável para descobrir novos sabores e sensações, resolvi arriscar e dar mais uma chance aos pequeninos dos mares. Não aconteceu nada, achei maravilhoso e agora me vejo procurando receitas especificamente feitas para camarão. É o caso desta de hoje que, modéstia à parte, foi uma das melhores que já preparei na vida.

Curry vermelho tailandês de camarão

Curry vermelho tailandês de camarão

130 g de camarão cozido, descascado e congelado
1/2 cebola pequena picada
1 col. de chá de molho de peixe tailandês
1 col. de sopa de pasta de curry vermelha tailandesa
60 ml leite de coco light
1 col. de chá de mel
1 col. de sopa de cebolinha picada
1 col. de chá de azeite

Modo de preparo:
Aqueça uma panela antiaderente em fogo médio. Regue com um fio de azeite e refogue a pasta de curry até começar a soltar os aromas. Acrescente a cebola picada e mexa bem para cobrir com o tempero. Refogue por alguns minutos até ficar macia. Nesse meio tempo, despeje bem pouquinho do leite de coco na panela para amaciar a pasta de curry e evitar ela que queime.
Acrescente o mel e o molho de peixe. Mexa bem para incorporar os sabores. Por fim, coloque o camarão já descongelado e o resto do leite de coco. Deixe levantar uma leve fervura e mexa bem para que tudo fique coberto com o molho. Cozinhe de 2 a 3 minutos para que o camarão aqueça por completo. Sirva com couscous marroquino ou arroz jasmin para sugar todo o molho delicioso e salpique a cebolinha picada por cima.

Antes quando fazia currys tailandeses colocava tudo junto de uma vez só na panela e mexia até ficar pronto. Não ficava ruim, mas sentia que não era igual aos que comia nos restaurantes. Depois que fiz um curso de culinária tailandesa descobri a importância de acrescentar os ingredientes na ordem certa e dar tempo para a pasta de curry soltar os aromas na refogada inicial.

Quando fiz este curry de camarão já tinha participado da aula de comida tailandesa e preparei seguindo as dicas da professora. O resultado não foi simplesmente melhor, foi absurdamente melhor. O sabor ficou de outro mundo e o casamento entre o picante do curry, o salgado do molho de peixe e o doce do mel beirou a perfeição. Desta vez sinto que achei a receita perfeita.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Os quatro elementos do sabor

Esses dias aproveitei uma noite livre e fui fazer um curso de cozinha tailandesa numa escola de culinária aqui de São Paulo. Além de saborear delícias dessa comida milenar, pude ver pessoalmente alguns truques básicos que transformam todo prato tailandês numa experiência gastronômica fantástica.

Segredos e detalhes das receitas à parte, uma das coisas mais interessantes que descobri nessa aula foi a importância que os quatro sabores exercem na culinária tailandesa. Segundo a professora e chef que estava ministrando o curso, todos os pratos incluem ingredientes para ressaltar o picante, o salgado, o doce e o azedo. A ordem de importância dos quatro e a quantidade usada na receita indica a ordem na qual devemos senti-los ao provar o prato.

Curry de salmão com berinjela

Curry de salmão com berinjela

1 lata de filé de salmão em água
1 col. de sobremesa de azeite
1 col. de sopa cheia de pasta de curry tailandesa vermelha
1 dente de alho
1/2 berinjela média cortada em cubos
100 g de vagem macarrão cortada em pedaços
60 ml de leite de coco light
1 col. de chá de açúcar mascavo
1 col. de chá de molho de peixe
suco de 1/2 limão

Modo de preparo:
Aqueça uma panela antiaderente em fogo médio e regue com o azeite. Acrescente a pasta de curry e o alho picado e refogue por 1 ou 2 minutos para soltar os temperos até sentir o aroma da pasta. Coloque os pedaços da berinjela e da vagem e mexa bem até que fique tudo coberto com a pasta.
Adicione o leite de coco aos poucos e mexa bem para misturar os ingredientes. Por fim coloque o açúcar, o molho de peixe e o limão e deixe ferver. Abaixe o fogo e cozinhe de 5 a 7 minutos mantendo uma leve fervura até que os vegetais fiquem macios e crocantes e o molho reduza e engrosse um pouco.
Desligue o fogo, mexa bem e acrescente o filé de salmão em pedaços. Sirva por cima de arroz integral ou arroz jasmim.

Este curry, como a grande maioria deles, foca no picante e inclui o doce, salgado e azedo apenas como toques refrescantes sentidos no fundo. De certa forma, os quatro sabores ficam brigando entre si para saber qual será o vencedor e, neste caso, o picante acaba ganhando com uma pequena margem.

O bom de receitas como esta é que podemos adaptá-las um pouco ao nosso gosto. Se você não é muito chegado num prato picante demais pode diminuir a quantidade de pasta de curry usada. Dessa forma a briga entre os quatro sabores ficará ainda mais intensa e poderá ser percebida com maior felicidade. Incrível, não?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Opções leves para as noites de verão

Sopinhas continuam sendo uma ótima opção para comer num jantar leve e gostoso. Mesmo nos dias quentes de verão, sempre é possível aproveitar as noites mais refrescantes para saborear um prato generoso de sopa bem temperada e cheia de ingredientes fantásticos.

Mas para não ficar na mesmice, vale a pena investir em receitas diferentes e inusitadas. Buscando inspiração nos cinco cantos do planeta conseguimos preparar sopinhas absolutamente divinas e ainda aprendemos um pouco mais sobre as diversas culturas gastronômicas que existem por aí.

Sopa de gengibre, frango e leite de coco

Sopa de gengibre, frango e leite de coco

200 ml de leite de coco light
120 ml de caldo de galinha
1 pedaço médio de peito de frango
3 milhinhos em conserva
50 g de cogumelo de paris em conserva
suco de 2 limões
2 talos de capim limão
1 cm de gengibre fresco ralado
1 col. de chá de pimenta do reino moída na hora
1 col. de sopa de molho de peixe nam pla
cebolinha, pimenta calabresa e coentro picado a gosto

Modo de preparo:
Numa panela, ferva o caldo de galinha e o leite de coco. Pique os talos de capim limão e acrescente à panela juntamente com a pimenta do reino moída e o gengibre ralado. Abaixe o fogo mantendo uma leve fervura e deixe reduzir por aproximadamente 10 minutos.
Coe o caldo e retorne à panela. Adicione o peito de frango cortado em cubos, os cogumelos e os milhinhos cortados em 4 no sentido do comprimento. Deixe cozinhar de 5 a 7 minutos ou até o frango ficar pronto. Por fim, misture o suco de limão e o molho de peixe. Sirva com cebolinha, pimenta calabresa moída e folhas de coentro a gosto.

Não preciso nem dizer que esta sopa é tradicional da culinária tailandesa. Para quem acompanha meu blog, já sabe que o leite de coco e o gengibre são ingredientes indispensáveis para fazer pratos deliciosos desse país asiático. A novidade desta receita é outro ingrediente muito utilizado nos pratos tailandeses: o molho de peixe tailandês.

Conhecido como nam pla, é feito à base de peixe fermentado e possui um sabor bem marcante e forte. Recomendo colocar bem pouquinho se não estiver habituado ao gosto e ir provando a receita à medida que for acrescentando o molho. Assim é possível adequar a quantidade ao paladar. De qualquer forma, o nam pla traz um sabor bem especial a esta sopinha singela.

Por hoje é só.

Bon appetit!