Receitas de família

Tem dias que não estou muito inspirada para procurar receitas novas em livros ou sites de culinária. O bom disso é que aproveito para testar meus dotes na cozinha preparando algumas delícias tradicionais de família. Lembro que passei boa parte da minha infância comendo um prato que minha mãe fazia super bem. Resolvi testar para ver se conseguia também.

O conceito é bastante simples. Ao invés de preparar panquecas da forma tradicional, enroladas e cobertas com molho de tomate, elas viram uma espécie de lasanha já que são posicionadas uma em cima da outra formando camadas que intercalam com as de carne moída. O resultado final é surpreendente e divinamente maravilhoso.

Panqueca de carne moída em camadas

Panqueca de carne moída em camadas

4 unidades de panqueca integral pré-pronta
200 g de coxão mole moído
100 g de mix de vegetais congelados
1/2 cebola média picada
2 dentes de alho picados
1 col. de sopa de extrato de tomate
60 g de queijo muçarela light ralado
sal, pimenta calabresa e azeite a gosto

Modo de preparo:
Aqueça uma panela antiaderente em fogo médio e regue com um fio de azeite. Refogue a cebola e os dentes de alho picados até ficarem aromáticos e macios. Acrescente a carne moída e mexa bem para quebrar os pedaços. Tempere com sal e pimenta calabresa a gosto e refogue até começar a dourar.
Junte o mix de vegetais congelados e o extrato de tomate e misture tudo para que fique homogêneo. Deixe cozinhar em fogo médio mantendo uma leve fervura por 5 a 7 minutos até que a carne esteja pronta e o líquido evapore todo.
Para montar o prato, comece com uma camada de panqueca no fundo de uma forma refratária antiaderente untada com um fio de azeite. Arrume 1/3 da mistura de carne moída e salpique um pouco do queijo ralado por cima. Posicione a segunda camada de panqueca e continue o processo até terminar toda a carne alternando as camadas. Certifique-se de que a última camada seja a quarta unidade da panqueca.
Salpique com o rest0 do queijo ralado por cima de tudo e leve para assar em forno pré-aquecido em 230˚C por 10 a 15 minutos ou até dourar e derreter o queijo de cima da panqueca. Sirva em seguida acompanhado de uma saladinha verde.

Rende 2 porções.

Apesar da receita ser criação da minha mãe, confesso que adaptei algumas coisas para torná-la um pouco mais saudável e completa. Além de usar panquecas integrais pré-prontas, o que facilita a vida além de incluir mais fibras no prato, também acrescentei a seleta de legumes no refogado da carne moída. Com isso, o prato ganhou mais valor nutricional e ficou mais completo.

O sabor final não foi o mesmo da receita da minha mãe que lembro tanto de ter comido na infância. Mas no fim ficou tão delicioso quanto. O bom de receitas caseiras como esta é que podemos ir adaptando-as ao nosso gosto e criando coisas novas a cada geração. Nada melhor para manter tradições familiares vivas.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Descanço entre farturas

Depois de comer tanto peixe nos últimos dias é hora de variar um pouco o cardápio e saborear coisas novas. Além disso, com certeza o almoço ontem foi farto e o de amanhã será mais ainda (afinal, páscoa = chocolate, certo?). Pensando nisso, minha sugestão para hoje é algo mais leve e simples, sem deixar de ser uma delícia.

Feriados sempre implicam maior trabalho na cozinha já que tudo fecha e tradicionalmente as famílias aproveitam para passar o tempo junto. Por isso, nada melhor do que uma receita fácil e prática para preparar hoje. Vamos deixar o trabalho dos pratos mais elaborados para o grande almoço de páscoa, combinado?

Panqueca integral de peito de peru com shitake e espinafre

Panqueca integral de peito de peru com shitake e espinafre

2 unidades de panqueca integral pré-pronta
4 fatias de peito de peru light
150 g de espinafre
100 g de shitake fresco
3 col. de sopa de molho de tomate
30 g de muçarela light ralada

Modo de preparo:
Pique o espinafre e o shitake em pedaços pequenos e refogue numa panela antiaderente com alguns pingos de água. Mexa bem até murchar (aproximadamente 3 minutos). Escorra o excesso de água que sair dos vegetais e reserve.
Abra as panquecas num prato para ajudar na montagem. Coloque duas fatias de peito de peru e por cima despeje metade da mistura de espinafre com shitake. Enrole e coloque com o feixe para baixo numa forma refratária antiaderente. Repita com a segunda panqueca.
Despeje o molho de tomate por cima das panquecas e salpique com a muçarela ralada. Leve para assar em forno médio (200˚C) por 10 minutos ou até o queijo derreter. Sirva com salada verde.

Seguindo a mesma linha da outra receita de panqueca que publiquei algumas semanas atrás, esta receita mostra como é possível, com um pouco de imaginação, criar diversos sabores deliciosos para aproveitar a praticidade desta massa pré-pronta. Alias, podemos inclusive preparar vários sabores de uma vez só e aproveitar a variedade para provar um de cada.

Gosto de receitas fáceis e rápidas de fazer para noites corridas durante a semana. Mas um dia como hoje no meio de dois que já são tradicionalmente recheados de muita comida gostosa, nada melhor do que algo mais leve para segurar as pontas e não deixar que tudo vá por água abaixo.

Por hoje é só.

Bon appetit!