O doce sabor do natal

Nada melhor do que as festas de final de ano para relaxar um pouco e curtir a vida. São tantas delícias diferentes que aparecem apenas nesta época do ano que mal conseguimos escolher qual saborear. Se você é daqueles que não resiste a um doce, que tal maneirar nos pratos salgados e optar por aquela sobremesa especial para comer sem culpa?

Já se você prefere os salgados, pode (e deve) deixar-se deliciar com os salpicões e perus assados especiais. Neste caso, nada melhor do que uma sobremesa leve e pouco calórica para completar a noite. Confira esta receita super simples de fazer que fica linda numa mesa de natal e tem um sabor inigualável.

Torta de ricota com calda de damasco

Torta de ricota com calda de damasco

180 g de ricota fresca
400 ml de leite desnatado
4 col. de sopa de leite em pó desnatado
2 col. de chá de essência de baunilha
4 col. de sopa de adoçante para forno e fogão
4 ovos
10 damascos
200 ml de suco de pêssego light
nozes picadas para decorar

Modo de preparo:
Bata no liquidificador a ricota, os ovos, o leite em pó, o leite, o adoçante e a baunilha até ficar homogêneo. Disponha em uma assadeira de fundo removível, com 20 cm de diâmetro, untada com o mínimo possível de óleo. Asse em forno médio (200ºC), pré-aquecido, por cerca de 50 minutos, ou até que fique totalmente homogêneo.
Para a calda, cozinhe os damascos picados com o suco de pêssego por 20 minutos até que as frutas desmanchem bem, fiquem macias e a calda engrosse um pouco. Se quiser, acrescente 1 col. de chá de amido de milho para engrossar mais um pouco. Retire a torta do forno, deixe esfriar e regue com a calda. Sirva gelada, decorada com as nozes picadas.

A torta fica absurdamente leve e deliciosa. Como os damascos são docinhos naturalmente, a falta de açúcar substituído pelo adoçante na receita não faz nenhuma falta. Já as nozes picadas ajudam a dar um toque crocante e, por ser um ingrediente tipicamente natalino, decora a mesa de natal como ninguém.

O bom desta sobremesa é que a ricota aceita praticamente qualquer cobertura. Os damascos são ótimas opções para esta época do ano, mas é possível fazer caldas com as mais diversas frutas para regar a torta. Algumas sugestões incluem, frutas vermelhas para o inverno, goiaba para um toque à la Romeu e Julieta ou até abacaxi com hortelã para um quê mais exótico. Deixe sua imaginação voar e saboreie sem moderação. (Só dessa vez, ok?)

Por hoje é só.

Bon appetit!

Aperitivos natalinos

Já que estamos em dezembro, aqui vai mais um momento “especial final de ano”. Ovinhos de codorna são ótimos acréscimos para tornar qualquer salada mais especial. Eles funcionam muito bem também como práticos e saborosos lanchinhos para aquela pausa na meio do tarde. E por serem ricos em proteína sem ter muita gordura, os ovos de codorna são uma ótima forma de fortalecer os músculos mantendo uma alimentação saudável.

Mas como aproveitá-los na noite de natal? Por serem extremamente ecléticos e suaves, estes ovinhos transformam-se em perfeitos aperitivos para a ceia tradicionalmente carregada da noite feliz. As receitas a seguir são apenas duas sugestões dentre as diversas formas super saborosas de preparar estas delícias.

Espetinho de ovos de codorna temperados

Espetinho de ovo de codorna

6 ovinhos de codorna cozidos
6 tomatinhos cereja
6 palitos de madeira
suco de 1 limão
pimenta-do-reino, sal, azeite e orégano a gosto

Modo de preparo:
Disponha um ovinho de codorna e um tomatinho cereja em cada palito. Tempere os aperitivos com o suco de limão,o azeite, sal, pimenta e orégano a gosto. Sirva como entrada de qualquer almoço ou jantar.

“Deviled eggs”

"Deviled eggs"

30 ovos de codorna
200 g de queijo cottage
2 col. de sopa de maionese light
1 col. de sopa de mostarda
molho de pimenta vermelha, sal, salsinha e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe os ovos de codorna em água fervendo por 7 minutos. Escorra a água quente e coloque os ovos num recipiente com água fria para facilitar a tirar a casca. Corte os ovos ao meio no sentido longitudinal e retire as gemas com cuidado. Reserve metade das gemas numa tigela e descarte as demais.
Na mesma tigela, acrescente o queijo cottage, a maionese light e a mostarda e misture até formar uma pasta homogênea. Tempere com sal e pimenta a gosto.
Para arrumar, disponha os ovinhos numa travessa. Coloque uma col. de chá da pasta dentro de cada ovinho. Decore com um pingo do molho de pimenta vermelha e a salsinha.

Já deu para notar que há uma variedade enorme de maneiras para preparar um delicioso aperitivo com ovinhos de codorna. Para quem não vai ter muito tempo de sobra depois de concentrar suas atenções no preparo da ceia, a primeira receita traz uma sugestão rápida mas incrivelmente saborosa para oferecer antes do jantar.

Já para quem estiver inspirado e quiser impressionar um pouco mais seus convidados, sugiro investir na segunda opção. Além de atraente, os ovinhos preparados com esse molhinho especial ficam absurdamente deliciosos. Isso sem contar que o fato de usar apenas a metade da quantidade total das gemas ajuda a diminuir um pouco a quantidade de gordura do aperitivo e apazigua os ânimos abrindo espaço para aproveitar um pouco mais das delícias da ceia. De qualquer maneira, ambas caem super bem como entradinhas simples, práticas e saborosas.

Por hoje é só.

Bon appetit!