Repondo as energias

Para quem, como eu, acabou de participar de uma das provas da Maratona Internacional de São Paulo, nada melhor do que um docinho refrescante para repor as energias. Não que esta sobremesa seja a mais calórica que eu já tenha publicado aqui no blog ou que seja daquelas apenas para ocasiões especiais.

Alias, esta receita, apesar de servir muito bem como um toque final delicioso para uma refeição de final de semana, é perfeita para atletas que acabaram de praticar alguma atividade física. Isso porque combina carboidratos e vitaminas vindas das frutas com as proteínas do leite que são super importantes para a reposição muscular.

Sorvete de banana

Sorvete de banana

1 banana média ou 2 pequenas (aprox. 125 g)
45 ml de leite
1 punhado de nozes picadas

Modo de preparo:
Corte a banana em rodelas e coloque numa sacolinha de plástico. Leve ao freezer até congelar (pelo menos 6 horas ou de um dia para o outro).
Tire as rodelas de banana do congelador e coloque no liquidificador. Acrescente o leite e bata até ficar completamente homogêneo e cremoso. Sirva em seguida salpicado com as nozes picadas.

A quantidade indicada nos ingredientes traz a proporção perfeita para fazer com que o sorvete fique cremoso na medida certa. Além disso, a porção feita rende uma bola generosa. Ou seja, ideal para uma pessoa ter um docinho instantâneo depois do almoço. Caso queira fazer para mais pessoas, basta aumenta as quantidades proporcionalmente.

É incrível como o fato da banana ter sido congelada antes de fazer esta receita transforma o que seria uma simples “vitamina de banana” em algo cremoso e de consistência igual a de um sorvete. Além disso, o toque final das nozes em pedaços salpicadas por cima do sorvete dá a sobremesa uma complexidade deliciosa de sabores.

Por hoje é só.

Bon appetit!

O doce sabor do natal

Nada melhor do que as festas de final de ano para relaxar um pouco e curtir a vida. São tantas delícias diferentes que aparecem apenas nesta época do ano que mal conseguimos escolher qual saborear. Se você é daqueles que não resiste a um doce, que tal maneirar nos pratos salgados e optar por aquela sobremesa especial para comer sem culpa?

Já se você prefere os salgados, pode (e deve) deixar-se deliciar com os salpicões e perus assados especiais. Neste caso, nada melhor do que uma sobremesa leve e pouco calórica para completar a noite. Confira esta receita super simples de fazer que fica linda numa mesa de natal e tem um sabor inigualável.

Torta de ricota com calda de damasco

Torta de ricota com calda de damasco

180 g de ricota fresca
400 ml de leite desnatado
4 col. de sopa de leite em pó desnatado
2 col. de chá de essência de baunilha
4 col. de sopa de adoçante para forno e fogão
4 ovos
10 damascos
200 ml de suco de pêssego light
nozes picadas para decorar

Modo de preparo:
Bata no liquidificador a ricota, os ovos, o leite em pó, o leite, o adoçante e a baunilha até ficar homogêneo. Disponha em uma assadeira de fundo removível, com 20 cm de diâmetro, untada com o mínimo possível de óleo. Asse em forno médio (200ºC), pré-aquecido, por cerca de 50 minutos, ou até que fique totalmente homogêneo.
Para a calda, cozinhe os damascos picados com o suco de pêssego por 20 minutos até que as frutas desmanchem bem, fiquem macias e a calda engrosse um pouco. Se quiser, acrescente 1 col. de chá de amido de milho para engrossar mais um pouco. Retire a torta do forno, deixe esfriar e regue com a calda. Sirva gelada, decorada com as nozes picadas.

A torta fica absurdamente leve e deliciosa. Como os damascos são docinhos naturalmente, a falta de açúcar substituído pelo adoçante na receita não faz nenhuma falta. Já as nozes picadas ajudam a dar um toque crocante e, por ser um ingrediente tipicamente natalino, decora a mesa de natal como ninguém.

O bom desta sobremesa é que a ricota aceita praticamente qualquer cobertura. Os damascos são ótimas opções para esta época do ano, mas é possível fazer caldas com as mais diversas frutas para regar a torta. Algumas sugestões incluem, frutas vermelhas para o inverno, goiaba para um toque à la Romeu e Julieta ou até abacaxi com hortelã para um quê mais exótico. Deixe sua imaginação voar e saboreie sem moderação. (Só dessa vez, ok?)

Por hoje é só.

Bon appetit!