Relembrando o passado

Nada me parece tão Americano quanto a combinação de manteiga de amendoim com geleia. Quem nunca viu um filme no qual alguém esteja comendo um típico sanduíche com esse recheio? Quando sinto muita saudade da minha adolescência nos Estados Unidos, confesso que abro a geladeira e como uma colher de sopa de manteiga de amendoim. É bom demais.

Por isso fiquei tão empolgada quando achei esta receita de muffins que combinava os dois ingredientes clássicos. Me pareceu um pouco estranho assar os muffins com a geleia já dentro. Mas a melhor parte foi descobrir que o sabor ficou absolutamente divino sem sobrecarregar demais nenhum dos dois. Mesmo quem não é muito fã da manteiga de amendoim vai conseguir aproveitar a delicadeza dela nesta receita.

Mini muffin de manteiga de amendoim com geleia

Mini muffin de manteiga de amendoim com geleia

1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/4 col. de chá de bicarbonato de sódio
1/8 col. de chá de sal
1/4 xíc. de chá de açúcar mascavo
1/4 xíc. de chá de iogurte semidesnatado
1/2 col. de sopa de óleo de canola
1 col. de sopa de manteiga de amendoim natural
1 clara
1 col. de sopa de geleia

Modo de preparo:
Numa tigela grande, misture a farinha com o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Em outra tigela, junte o açúcar, o iogurte, o óleo, a manteiga de amendoim e a clara. Bata na batedeira em velocidade baixa até ficar homogêneo.
Faça um buraco no centro da mistura seca e acrescente a mistura molhada aos poucos. Mexa com uma colher de pau apenas até ficar tudo incorporado. Tenha cuidado para não mexer demais pois os muffins podem ficar duros.
Unte uma forma de mini muffins com azeite ou margarina. Divida metade da massa entre as forminhas. Coloque um pingo da geleia no centro de cada muffin de forma que ela fique dividida de maneira igual entres os muffins. Derrame o restante da massa nas formas terminando de cobrir a geleia em cada um.
Leve para assar em forno pré-aquecido em 180˚C de 12 a 15 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Saboreie com uma bela xícara de chá no lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Como todas as outras receitas de muffins que já publiquei aqui no blog (tanto a integral de banana, a de chocolate branco com damasco e a de cacau com chocolate meio amargo) estes muffins também podem ser congelados para serem saboreados num outro dia. Para isso, basta deixá-los esfriarem por completo e embalar cada um num saquinho de plástico.

Vale à pena investir na versão natural da manteiga de amendoim para esta receita e para qualquer outra que você desejar. Digo isso porque as versões industrializadas, apesar de falarem que não contêm gorduras trans, incluem uma pequena quantidade mesmo assim, o que as torna menos saudáveis. Além disso, a versão natural é bem mais saborosa.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Um docinho para qualquer hora

Adoro fazer cookies clássicos, tipicamente americanos, para ocasiões especiais. Quanto mais deliciosos os cookies, mais prazer tenho em fazê-los para pessoas queridas. Entretanto, estou sempre em busca de receitas novas para testar e aprimorar meus dotes na cozinha.

A receita tradicional que tenho deixo guardada apenas para situações extremamente especiais. Isso porque leva uma quantidade absurda de manteiga na sua composição. Até por isso, os cookies podem ficar um pouco pesados demais e acabam tendo um sabor amanteigado em excesso. Foi então que achei esta receita mais leve e tive que experimentar. O resultado foi perfeito.

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo
3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo integral
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/4 de col. de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/2 xíc. de chá de açúcar
38 ml de óleo de canola
2 col. de sopa de margarina light
1 ovo
2 col. de chá de essência de baunilha
25 g de chocolate 85%

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento, o bicarbonato e a pitada de sal. Em outra tigela, bata com uma batedeira de mão o açúcar, o óleo de canola, a margarina, o ovo e a essência de baunilha até que fique homogêneo e levemente cremoso.
Acrescente a mistura de farinha aos poucos e bata apenas para juntar tudo. Tome cuidado para não bater a massa demais. Pique o chocolate 85% em pedacinhos e junte à massa. Mexa com delicadeza até misturar completamente.
Divida a mistura em duas partes iguais e enrole cada uma para formar um tronco de aproximadamente 15 centímetros de comprimento. Cubra completamente com filme plástico e molde para que fique arredondado. Leve ao freezer por 45 minutos. Após esse tempo, retire do freezer e arrume para ficar o mais perfeitamente arredondado possível. Retorne ao freezer e deixe por pelo menos mais 2 horas.
Na hora de assar, pré-aqueça o forno em 180˚C. Deixe um dos troncos fora do freezer por 3 minutos antes de começar a cortar. Com uma faca, ou fio de barbante, corte a massa para formar cookies de aproximadamente 1 centímetro de largura. Repita até obter 18 cookies iguais.
Arrume os cookies numa forma refratária antiaderente untada com um fio de azeite e leve para assar de 10 a 12 minutos até começarem a dourar por baixo. Caso deseje, repita com o restante da massa.

Rende 36 cookies, 18 por tronco.

Além de deliciosos, estes cookies são perfeitos para qualquer momento em que surgir uma vontade incontrolável de comer um docinho. Cada tronco de massa pode ser preparado com antecedência e guardado no freezer por até 3 messes. Na hora de preparar é só deixar descongelando 3 minutos antes de cortar os cookies.

A menor quantidade de gordura incluída na receita não prejudica o prazer final ao comer os cookies. Em certos casos, ficam até mais gostosos já que o sabor é mais leve e não pesa tanto no estômago. O bom é que com esta receita também conseguimos incluir uma pitada de fibras na nossa alimentação com o acréscimo da farinha integral. Além de gostosos, os cookies tornam-se mais saudáveis. Tem coisa melhor?

Por hoje é só.

Bon appetit!