Combinações diferentes

À primeira vista, esta receita de hoje pode até parecer um pouco estranha. Certamente foi esse o comentário que minha mãe fez quando contei que tinha juntado camarão com um molho típico argentino para carnes e um acompanhamento bem italiano que geralmente se come com molho de tomate, a polenta.

Mas acredite, essa gororoba que fiz para meu jantar dia desses ficou absolutamente divina! Não sei se é porque adoro todos esses elementos separados, então para mim juntá-los num só prato apenas trouxe ingredientes que já amo para interagirem entre si.

Polenta com camarão ao molho chimichurri

Polenta com camarão ao molho chimichurri

40 g de farinha de milho para polenta instantânea
200 ml de água
120 g de camarão fresco
suco de 1 limão
1 col. de sopa de chimichurri
azeite, sal, pimenta calabresa e raspas de limão a gosto

Modo de preparo:
Ferva a água temperada com sal a gosto. Assim que começar a ferver, abaixe bem o fogo e vá acrescentando a farinha de milho aos poucos mexendo sempre para não empelotar. Continue mexendo enquanto cozinha em fogo baixo até engrossar e começar a desgrudar da lateral da panela (aproximadamente 5 minutos). Desligue o fogo e reserve.
Tempere o camarão com o suco de limão, sal e rapas de limão a gosto. Arrume numa forma refratária regada com um fio de azeite e leve ao forno baixo (180˚C) por 10 minutos ou até atingir o ponto desejado. Na hora de servir, arrume os camarões por cima da polenta cremosa, salpique pimenta calabresa a gosto e derrame o molho chimichurri em cima no final.

Nem sei se tirei a inspiração para esta receita de algum lugar especificamente. Acho que já vi e testei tantas receitas nesses últimos meses que comecei a inventar combinações da minha cabeça mesmo com ingredientes fáceis que achava por aí em casa.

A verdade é que gostei demais de combinar elementos inusitados que talvez pudesse parecer que não combinariam muito bem entre si. Aconselho a todos que gostem de cozinhar a fazer o mesmo. Deixe sua imaginação rolar solta, combine o que quiser e crie receitas diferentes e deliciosas. Comigo funcionou demais!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Crocante na medida certa

Quem disse que não podemos comer deliciosos nuggets de frango bem crocantes e manter uma alimentação saudável ao mesmo tempo? O segredo: é só assar as tirinhas de frango em vez de mergulhá-las numa bacia de óleo quente. Acredite, usando farinha ou flocos de milho os nuggets ficam tão crocante quanto se fossem fritos.

Já tinha visto essa ideia de fazer nuggets com fubá em vez da tradicional farinha de rosca mas nunca tinha tido tempo para testá-la. Aproveitei que ainda tinha um resto de fubá para polenta guardado em casa e resolvi juntar o útil ao agradável. Fiquei encantada com o resultado. Eles estavam absolutamente delicioso!

Nuggets de frango assados com farinha de milho

Nuggets de frango assados com farinha de milho

1 peito de frango
2 col. de sopa de farinha de trigo
1 clara
10 g de fubá para polenta
10 g de flocos de milho sem açúcar
azeite, alho em pó, pimenta e sal a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno em 220˚C. Unte uma forma refratária antiaderente com um fio de azeite e reserve.
Corte o peito de frango em tiras iguais. Tempere com sal, pimenta e alho em pó a gosto. Passe cada tira de frango na farinha de trigo e retire o excesso. Mergulhe na clara e escorra o excesso. Por fim, envolva o frango na farinha de fubá ou nos flocos de milho.
Arrume as tirinhas de frango na forma refratária e leve para assar no forno pré-aquecido por 20 minutos virando na metade do tempo. Sirva com molho de mostarda e mel.

Adoro encontrar estas receitas que pegam algo super tradicional e batido e inovam com ingredientes ou técnicas diferentes. A melhor parte destes casos é poder usar a imaginação para aventurar-se ainda mais na cozinha. Além de super crocantes, o sabor especial que os flocos de milho trouxeram para os nuggets deixou o prato absolutamente sensacional.

Se quiser preparar estes nuggets para um lanche rápido, sugiro devorá-los com uma boa dose de mostarda com mel. Mas nada impede que eles formem parte de um jantar especial. Nesse caso, escolha legumes coloridos e cozinhe com um choque de água fervendo alternada com água gelada. O crocante dos legumes refletirá maravilhosamente o crocante dos nuggets.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Descobrindo novos sabores

Adoro descobrir coisas novas na cozinha. Mas confesso que antes quando pensava em polenta tinha na cabeça aquela imagem de palitinhos fritos com um gosto muito marcante de milho que mascarava qualquer outro sabor na b0ca. Nunca gostava muito quando provava em restaurantes italianos ou galeterias da serra gaúcha que frequentava com meus pais.

Entretanto, recentemente descobri que a polenta é um acompanhamento bastante saudável e serve como uma ótima fonte de fibras na alimentação devido ao ingrediente principal, o milho. O truque, então, para manter a alimentação saudável é realmente fugir das versões fritas e optar pela maneira de preparar que asemelha-se ao purê batata. Assim, conseguimos um creme delicioso e criamos uma refeição tipicamente italiana e absolutamente deliciosa.

Polenta cremosa da mamma

Polenta cremosa da mamma

1/4 xíc. de chá de polenta instantânea
1 col. de chá de margarina light
1 col. de sopa de parmesão ralado light
100 g de filé mignon picado
1/2 lata de tomate pelado
1/2 cebola picada
1 dente de alho picado
sal, pimenta calabresa e orégano a gosto

Modo de preparo:
Ferva, em uma panela antiaderente, a quantidade de água indicada na embalagem da polenta instantânea para o preparo de 1/4 de xíc. de chá. Assim que ferver, acrescente a polenta e mexa constantemente até engrossar e obter uma consistência cremosa. Retire do fogo e junte a margarina light e o queijo parmesão ralado. Mexa para incorporar tudo e reserve.
Aqueça outra panela antiaderente em fogo médio e regue com um fio de água. Refogue a carne picada até começar a cozinhar. Acrescente a cebola e o alho picados e refogue até ficarem macios e aromáticos. Junte os tomates pelados e mexa bem para quebrar os pedaços inteiros.
Deixe ferver, abaixe o fogo e cozinhe de 5 a 7 minutos mantendo uma leve fervura até que a carne fique completamente cozida e o molho reduza um pouco. Tempere com sal, pimenta calabresa e orégano a gosto e sirva o molho por cima da polenta cremosa.

Aprendi a comer muitas coisas com a reeducação alimentar que fiz e descobri maravilhas na cozinha que não imaginava que existiam. Entretanto, confesso que os alimentos feitos exclusivamente à base de milho continuam não sendo meus preferidos. O sabor do milho continua bem presente nesta polenta cremosa, mas por algum motivo consegui ultrapassar essa barreira e a combinação da polenta com o molho “bolonhesa” de filé mignon picado ficou delicioso.

Se você gosta de polenta, invista nesta variedade. Além de prática e saudável é super fácil de fazer e fica pronta em menos de 20 minutos. Vale também procurar outros molhos para acompanhar a polenta. Experimente com uma versão à putanesca feita com molho de tomate, azeitonas, alcaparras e aliche picado. Com certeza ficará uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!