Acompanhamentos sofisticados

O dom de criar acompanhamentos interessantes vem com o tempo e a prática. De começo, é difícil inventar coisas diferentes que sirvam de complemento a pratos principais de forma que não compitam nem tirem o foco do carro chefe da refeição.

Muitas vezes, o acompanhamento pode ser fruto de praticidades. Ou seja, algo novo e inusitado surge de combinações de restos encontrados na geladeira ou despensa. Aliado a um pouco de imaginação, receitas simples mas deliciosas são criadas e viram tradições espetaculares.

Couscous de quinoa

Couscous de quinoa

1/2 xíc. de chá de quinoa cozida
1/2 cebola roxa picada ou cortada em meia lua
1 dente de alho amassado
1/2 abobrinha média cortada em cubinhos (apenas a parte verde)
2 a 3 col. de sopa cheias de ervilha em conserva

Modo de preparo:
Numa frigideira antiaderente, refogue a cebola com o alho e a abobrinha por alguns minutos até começarem a amolecer. Acrescente a quinoa cozida e a ervilha e mexa bem para que tudo fique misturado. Deixe cozinhar por mais alguns minutos para aquecer por completo.

Rende 1 a 2 porções.

Este couscous surgiu num dia que tinha sobrado uma quinoa do dia anterior. Como estava preparando um frango com toques indianos, resolvi incrementar a quinoa e criar uma espécie de couscous diferente para acompanhar o frango. Peguei ingredientes que tinha em casa e criei esta receita. A combinação de tudo ficou bem interessante e super saborosa.

Mexidos de grãos como quinoa, cevadinha, o próprio couscous marroquino ou trigo triticale são ótimos pois além de trazerem um toque sofisticado à refeição, acrescentam fibras tão importantes a nossa alimentação. Este couscous de quinoa fica ótimo quando combinado com frangos ou carnes de porco. Experimente, aposto que vai gostar.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para não desperdiçar

Quem mora sozinho sabe, é duro planejar um cardápio semanal variado. Isso porque muitas vezes é difícil preparar certos alimentos, como arroz, feijão ou equivalentes, em porções individuais. Para não ter que apelar ao desperdício e sempre acabar jogando fora os restos, a imaginação e criatividade são indispensáveis.

Certo dia preparei quinoa para acompanhar meu almoço. Até tentei fazer uma porção pequena, mas acabou sobrando mesmo assim. Aproveitando as sobras da quinoa e de outros ingredientes que também tinham sobrado de dias anteriores acabei inventando esta mistura. Ficou deliciosa.

Quinoa com lentilha e frango desfiado

Quinoa com lentilha e frango desfiado

3 a 4 col. de sopa cheias de quinoa pronta
1 peito de frango médio desfiado
3 a 4 col. de sopa de lentilha cozida
1/4 de cebola
1 dente de alho
50 g de repolho fatiado
1/2 pimentão vermelho pequeno
sal, pimenta e azeite a gosto

Modo de preparo:
Pique a cebola e o alho e refogue numa panela wok antiaderente com alguns pingos de água até murchar (de 3 a 4 minutos). Acrescente o repolho e o pimentão cortado em cubinhos e mexa mais um pouco. Coloque a quinoa, o frango desfiado e a lentilha já cozidos e mexa bem para incorporar todos os ingredientes. Deixe refogar por alguns minutos até aquecer por inteiro. Tempere com sal e pimenta e regue com azeite a gosto. Sirva a seguir.

Não há nenhum mistério nem grandes inovações nesta receita. Ela funciona apenas para ressaltar como um pouco de criatividade e praticidade na cozinha podem gerar refeições simplesmente fantásticas. O legal é usar o que tem na geladeira mesmo, assim cada um acaba criando variações e misturas únicas.

Para incrementar um pouco mais o prato, vale sempre acrescentar outros vegetais à mistura. Mas para manter a praticidade invista em restos que já tem pronto. Brócolis ou espinafre cozidos no vapor complementariam brilhantemente esta combinação de sabores.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Misturas deliciosas

Adoro preparar saladas fortificadas, nutritivas e deliciosas. Além de super saudáveis, não deixa de ser uma opção prática para um dia a dia corrido, como é o normal para muitas pessoas. Estas refeições são ótimas pois podem ser levadas para o trabalho ou mesmo preparadas com antecedência e deixadas na geladeira para saborear quando voltar para casa.

Já encontrei milhares de receitas fantásticas por aí de saladas completas e fortificadas. Acho que já estou aprendendo alguma coisa pois a receita que trago hoje como sugestão foi criação minha. Para ser bem sincera, fui juntando coisas que ia achando na geladeira, mas tive a preocupação de incluir uma boa fonte de carboidrato e outra de proteína. Ficou uma delícia.

Salada sofisticada

Salada sofisticada

1/3 de xíc. de chá de quinoa
1/2 pote de feijão fradinho em conserva
2 ovos cozidos
200 g de shitake fresco
1/2 pepino médio
8 tomatinhos cereja
8 azeitonas sem caroço
1 col. de sopa de azeite
suco de 1/2 limão
orégano a gosto

Modo de preparo:
Prepare a quinoa de acordo com as instruções da embalagem e reserve. Abra o pote de feijão fradinho em conserva e escorra. Deixe cair água corrente por cima por alguns minutos para retirar o excesso de sal. Reserve. Cozinhe os ovos por 7 a 10 minutos, descasque e corte em pedaços. Reserve.
Lave bem o shitake, o pepino, os tomates e as azeitonas e corte em pedaços pequenos. Numa tigela, misture todos os ingredientes até ficarem bem incorporados. Regue com o azeite, o suco do limão e o orégano a gosto.

Rende 2 porções.

Já havia preparado outras saladas deliciosas com quinoa e com feijão fradinho mas desta vez resolvi misturar os dois para ver o que dava. Fiz questão de incluir os ovos cozidos e o shitake para garantir uma fonte de proteína tão importante. Outra opção seria substituir os ovos por peito de peru light ou atum enlatado. Assim, tanto a praticidade quanto os aspectos nutritivos continuariam.

No fundo criar saladas gostosas não é nenhum mistério. O que conta são os gostos pessoais e algumas preocupações para incluir todos os nutrientes necessários. A dica é, quanto mais colorida a salada, melhor. Então invista nos verdes, vermelhos e amarelos para fazer desta refeição uma experiência inesquecível.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Simplicidade completa

Sempre em busca de receitas novas e divertidas, principalmente para saladas diferentes e saborosas, esbarrei numa que me pareceu ser deliciosa. Super simples mas bem completa, ela realmente ficou absurdamente saborosa e já entrou na minha lista de preferidas que pretendo repetir.

O ingrediente principal é nosso querido e já conhecido grão super poderoso e completo: a quinoa. Bastante eclética, a quinoa é um excelente aditivo a diversos pratos como saladas, pães ou massas. Inclusive pode ser saboreada pura regada apenas com um fio de azeite. Pelo seu sabor adocicado, não requerer nada além dela própria para torná-la bastante saborosa.

Salada de quinoa com maçã verde

Salada de quinoa com maçã verde

1/4 de xíc. de quinoa em grãos
3 ou 4 fatias de peito de peru light (60 g)
1 maçã verde
1/2 pepino médio
azeite e suco de limão a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe a quinoa de acordo com as instruções da embalagem. Deixe esfriar e reserve.
Corte a maçã verde e o pepino em cubinhos e o peito de peru em tiras finas.

montagem
Arrume a quinoa em metade do prato e regue com azeite a gosto. Coloque a mistura de maçã verde e pepino na outra metade do prato e tempere com suco de limão a gosto. Por cima de tudo, arrume as fatias de peito de peru. Sirva frio.

Rica em aminoácidos essenciais, a quinoa é um alimento indispensável para aqueles que seguem uma alimentação vegetariana. Isso porque, ao não comer carne, fica mais difícil atingir a quantidade de proteína necessária para manter uma alimentação balanceada e completa.

O sabor refrescante e crocante da maçã verde e do pepino contrastam brilhantemente com o adocicado suave da quinoa. Além disso, o limão espremido por cima da maçã ajuda a mantê-la fresquinha além de acrescentar um toque azedinho super saboroso. No fim, a combinação de sabores simples desta salada transformam-se numa mistura inusitada mas altamente prazerosa. Mais uma vez provando que não é preciso muito para tornar uma refeição saudável em algo extremamente sofisticado e delicioso.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Mexidão sofisticado e nutritivo

Da série de receitas de um prato só, aqui está mais uma deliciosa que se adapta super bem a qualquer gosto pessoal. Uma das vantagens de receitas como esta é a enorme versatilidade na hora de escolher os ingredientes utilizados. Não deixa e ser um incentivo para deixar nossa imaginação voar.

Eu resolvi preparar a receita da maneira como foi sugerida, modificando apenas a cor do pimentão. Com isso, preparei um prato monocromático (algo que me diverte profundamente não sei bem porque). Entretanto, você pode escolher mudar alguns deles para que o prato fique mais colorido, como o próprio nome sugere.

Quinoa primavera

Quinoa primavera

60 g (1/3 de xíc. de chá) de quinoa em grão crua
200 g de brócolis
2 peitos de frango cozidos desfiados
200 g de espinafre picado
1 pimentão verde médio picado
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picado
azeite, sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Prepare a quinoa de acordo com as instruções da embalagem. Reserve.
Numa panela funda, ferva 400 ml de caldo de galinha e coloque os peitos de frango temperados com sal e pimenta-do-reino a gosto para cozinhar. Abaixe o fogo e mantenha uma leve fervura por 15 ou 20 minutos, até que o frango esteja bem cozido. Jogue fora o caldo e deixe os peitos esfriarem. Desfie ou corte em pedaços pequenos e reserve.
Numa frigideira antiaderente, refogue o alho e a cebola até ficarem macios. Acrescente o brócolis cortado em raminhos pequenos e o pimentão cortado em cubinhos.  Refogue por alguns minutos até os vegetais começarem a amaciar. Junte o espinafre e refogue mais um pouco até murchar.
Acrescente a quinoa e o peito de frango cozidos e misture bem. Refogue por mais alguns instantes para aquecer por completo. Sirva quente regado com azeite.

Rende 2 porções.

Apesar de exigir algum preparo prévio (como o cozimento da quinoa e do frango), este prato não deixa de ser super prático e rápido de preparar. O ideal na verdade é utilizar restos de quinoa ou peito de frango preparados anteriormente para confecção desta receita. Como eu sempre cozinho porções fixa para mim, quase nunca sobra nada e acabei tendo que fazer todas as etapas.

De qualquer maneira, o resultado final ficou absolutamente delicioso. Adoro pratos que trazem uma mistura reforçada de grãos integrais (como a quinoa), proteína (aqui no peito de frango) e muitos vegetais. Como falei, estes podem ser substituídos por qualquer outro a gosto do cliente. Experimente fazer com cenoura, aspargos, milho ou pimentão vermelho para deixar o prato bem colorido.

Por hoje é só.

Bon appetit!

O grão super poderoso

Tem um tempinho que a quinoa caiu nas graças dos nutricionistas e defensores da alimentação saudável por aí afora. Grão cultivado na região dos Andes desde a época dos Incas, a quinoa é um alimento altamente saudável e funcional. Tudo porque além de ser uma ótima fonte de carboidrato complexo contem também altíssimos níveis de proteínas indispensáveis para o bom funcionamento do corpo.

A quinoa é especialmente importante para os vegetarianos já que eles não ingerem níveis suficientes de proteínas que são mais comuns nos alimentos de origem animal. Altamente versátil, este grão pode ser saboreado como alternativa ao arroz, às massas ou mesmo ao cuscuz marroquino. Além disso, pode ser misturado à diversos vegetais formando um prato de acompanhamento super gostoso e nutritivo.

Canoas de abobrinha com quinoa

Canoas de abobrinha com quinoa

1/4 de xíc. de quinoa em grãos
1 abobrinha (pequena ou média)
1/2 cenoura pequena ralada
1 tomate cortado em cubinhos
50 g de alho-poró em fatias finas
1 dente de alho amassado
1/4 de cebola picada

Modo de preparo:
Corte a abobrinha ao meio no sentido longitudinal. Retire o miolo com o auxílio de uma colher. Ferva 500 ml de água e coloque as canoas da abobrinha para cozinhar por apenas 3 minutos. Elas devem apenas amolecer levemente mas continuarem al dente. Reserve.
Lave os grãos de quinoa em água corrente. Coloque para cozinhar de acordo com as instruções da embalagem. Reserve.
Numa panela antiaderente, refogue a cebola picada, a cenoura ralada, o alho amassado, o alho-poró cortado em tirinhas finas e o tomate picado sem as sementes e o miolo. Quando estiverem macios, acrescente a quinoa já pronta e refogue por mais alguns minutos mexendo bem para misturar todos os ingredientes.
Recheie as canoas da abobrinha com a mistura de quinoa. Regue com azeite a gosto e sirva em seguida.

Rende 2 canoas.

Este prato é em si bastante versátil. Ele serve muito bem como 1 porção de prato principal vegetariano para uma pessoa ou como 2 porções de acompanhamento para alguma carne num almoço para duas pessoas. Como dá para ver na foto, a mistura de quinoa rende bastante e as canoinhas que preparei ficaram bem cheias. Se preferir, faça a receita para dividir por 4 canoinhas com menos recheio.

Sou fã de quinoa desde que conheci mas esta foi a primeira vez que preparei uma receita que a levasse como ingrediente. Acho que sempre tive medo ou receio de algo dar errado. No fim era pura besteira minha pois a quinoa cozinha praticamente do mesmo jeito que arroz. Ou seja, não tem muito como errar e fica simplesmente delicioso com qualquer coisa.

Por hoje é só.

Bon appetit!