Em primeiro lugar, a moderação

Fim de semana é bom para relaxar um pouco a dieta e deixar-se saborear algumas delícias do mundo dos doces. Isso, claro, sem jogar tudo pro alto e despirocar geral. Ótimas opções para adoçar a boca sem abrir mão da alimentação saudável são sobremesas a base de iogurte natural desnatado ou queijo branco.

A receita a seguir consegue juntar as duas coisas e transformar um momento de prazer gastronômico em algo muito além. E, o que é melhor, é simples, não gasta muito e fica gostosa a qualquer hora do dia.

Tacinhas de ricota com canela

Tacinhas de ricota com canela

200 g de ricota fresca
1 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de sopa de adoçante
1 col. de chá de canela em pó

Modo de preparo:
Numa tigela, pique a ricota em pedaços pequenos e amasse com um garfo até ficar totalmente esfarelada. Acrescente metade do iogurte, o adoçante e a canela e misture bem até obter uma pasta homogênea. Adicione o restante do iogurte e misture. Distribua em tacinhas pequenas e salpique mais um pouco de canela a gosto por cima para decorar. Guarde na geladeira até o momento de servir.

Sou viciada em canela. Adoro acrescentá-la nas minhas preparações doces sempre que consigo por ela ter o poder de adoçar uma sobremesa sem comprometer o valor calórico ou engordativo da guloseima. Alias, a canela é ótima também para adoçar qualquer chá. Nesta receita, a canela anula em parte o sabor característico da ricota, o que torna a sobremesa mais suave.

E claro, aqui vale uma ressalva. Este doce é bastante light e não compromete demais a alimentação saudável. De qualquer maneira, os princípios básicos da moderação devem ser observados sempre. Nada de comer tudo sozinha, beleza? Até porque esta receita rende 4 porções. Ou seja, limite-se a uma quantidade razoável de doce por dia que você poderá saboreá-lo com maior frequência. E aproveite, porque eu já provei a minha e posso garantir que fica uma DELÍCIA!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Dia da massa, mas eu quero pizza!

Tudo  bem que hoje é comemorado o dia internacional da massa. Mas eu também amo pizza. E morando numa cidade como São Paulo, rainha da pizza, fica difícil não cair na tentação de vez em quando e exagerar na dose. O problema é que ficar comendo essa delícia regularmente numa das milhares casas especializadas que existem na cidade destroi qualquer intenção de manter uma dieta baseada numa alimentação saudável e balanceada.

A sorte foi que descobri que fazer pizza em casa é super fácil, e geralmente me satisfaz ainda mais do que comer na rua porque elimina aquela sensação super desagradável de peso na consciência depois de fazer algo errado. Como publiquei no primeiro post do blog, existem inúmeras marcas de massa de pizza integral em tamanho individual para preparar o prato em casa.

Por ser tão prática e gostosa, não demora muito para eu comer essa pizza de frigideira de novo no jantar. E a melhor parte é que esta preparação não pesa muito negativamente na balança nem na saúde já que dispensa o uso de óleos e azeites. Além de, claro, a massa ser super fininha, integral e crocante. Uma delícia.

Compartilho aqui mais duas sugestões de coberturas para fazer a mini pizza integral de frigideira. E desta vez com direito a fotos.

Mini pizza light de ricota, tomate e manjericão

Mini pizza light de ricota, tomate e manjericão

1 unidade de Massa de Pizza para Frigideira Integral tamanho individual
2 col. de sopa de Molho de Tomate
4 fatias finas de ricota fresca
6 tomates cereja cortados ao meio
Folhas de manjericão a gosto

Modo de preparo:
Coloque a massa de pizza numa frigideira antiaderente já aquecida. Cubra a massa com o molho de tomate. Distribua o queijo, os tomates e as folhas de manjericão. Deixe esquentar por aproximadamente 3 minutos até que a massa fique crocante. Sirva em seguida.

Mini pizza light de peito de peru e abobrinha

Mini pizza light de peito de peru e abobrinha

1 unidade de Massa de Pizza para Frigideira Integral tamanho individual
2 col. de sopa de Molho de Tomate
2 fatias finas de ricota fresca esfarelada
4 fatias finas de blanquet de peito de peru light
1/2 abobrinha em fatias finas
3 azeitonas verdes em rodelas

Modo de preparo:
Em uma panela, aqueça 200 ml de água e cozinhe as fatias de abobrinha até ficarem al dente (aproximadamente 5 minutos). Reserve.
Coloque a massa de pizza numa frigideira antiaderente já aquecida. Cubra a massa com o molho de tomate, distribua a ricota esfarelada e as fatias de peito de peru. Por cima, coloque as fatias de abobrinha e decore com as rodelas de azeitona. Deixe esquentar por aproximadamente 3 minutos até que a massa fique crocante. Sirva em seguida.

Ambas as opções são super saudáveis e ficaram deliciosas. O bom da segunda é que as fibras presentes nos vegetais, como a abobrinha, ajudam a combater o poder engordativo do carboidrato. Ou seja, quando for escolher a cobertura da sua pizza, incluir vegetais é uma ótima opção para não comprometer totalmente a alimentação e mantê-la saudável.

É possível também dispensar o peito de peru e fazer da pizza uma refeição vegetariana. Neste caso, sugiro incrementar ainda mais a cobertura incluindo vários tipos de cogumelos, como champignon fresco, shitake e shimeji. Fica maravilhoso. Eu inclui o peito de peru aqui para experimentar com sabores diferentes e ver como ficava. O resultado foi sensacional.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Prazer sem culpa

As vezes a vida de um cozinheiro não é fácil. Preparei um jantar caprichado para minha irmã e a família dela ontem à noite com direito à entrada, filé mignon, risoto e sobremesa. Por isso, passei quase a tarde inteira na cozinha preparando os pratos. Resultado: não tive tempo de atualizar o blog. Infelizmente.

O bom é que super valeu a pena! O jantar foi um sucesso e as três receitas que preparei ficaram uma delícia. Sorte de vocês já que vou poder compartilhar aqui uma por dia. Hoje começo pela melhor parte: a sobremesa.

Para quem, como eu, busca levar uma vida saudável com alimentação balanceada, os doces geralmente não podem entrar no cardápio do dia a dia. Entretanto, hoje é possível encontrar inúmeras receitas de sobremesas super saborosas que não pesam na balança nem na consciência. Esta que preparei ontem é uma delas.

Totalmente light, este doce quase nem pode ser chamado de doce pois não leva açúcar. Mas acredite, adorei tanto que pretendo repetir várias vezes. E o melhor, é super simples e fácil de fazer.

Cheesecake de gelatina de cereja

Cheesecake de gelatina

1 caixa de gelatina em pó diet do sabor da sua preferência
1 pote de iogurte natural desnatado
80 g de ricota fresca

Modo de preparo:
Prepare a gelatina de acordo com as instruções na embalagem. Leve à geladeira até adquirir consistência de clara de ovo (aproximadamente 1h30). Retire e bata no liquidificador com a ricota e o iogurte até formar uma mistura homogênea. Coloque num recipiente ou em taças individuais e leve à geladeira novamente até endurecer.

A melhor parte desta receita é que você pode escolher o sabor que quiser. Vale também misturar sabores e fazer o dobro da receita para torná-la ainda mais colorida e diferente. Neste caso, fiz duas receitas com gelatina de cereja. Ficou uma delícia! Acho que da próxima vez que for fazer vou testar com gelatina de limão e colocar raspinhas de casca de limão por cima para dar aquele toque final.

Por fim, para quem não estiver tão preocupado com a balança, ou para aqueles dias mais relaxados no final de semana, uma outra opção é fazer uma calda de chocolate meio amargo para acompanhar a gelatina. Assim, acrescenta-se um pouquinho mais de doce à sobremesa sem ter que fazer algo exclusivamente de chocolate. As calorias não aumentam tanto e, ao usar o chocolate meio amargo, ganhamos os benefícios do cacau sem prejudicar tanto a alimentação.

Por hoje é só.

Bon appetit!