Gostosuras saudáveis

Quem disse que uma alimentação saudável não pode incluir delícias como cachorro quente? Ficou com água na boca? Pois o segredo de manter uma dieta balanceada é poder incluir de vez em quando comidinhas gostosas como esta sem comprometer demais a alimentação.

Uma outra dica é encontrar receitas adaptadas que transformam comidas tipicamente prejudiciais à saúde em gostosuras perfeitamente saudáveis. Neste caso, tanto a salsicha como o queijo utilizado estão na versão light. Já o tradicional pão branco é substituído por uma massa feita de farinha de trigo branca e integral. O resultado é fantástico.

Cachorro quente de forno

Cachorro quente de forno

1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1/2 xíc. de chá de farinha de trigo integral
1 ovo
1 xíc. de chá de leite desnatado
50 g de queijo parmesão ralado light
3 salsichas de peru light picadas
100 g de pimentão verde picado
100 g de tomate picado
sal, pimenta e orégano a gosto

Modo de preparo:
Numa tigela, junte as salsichas, o pimentão verde e o tomate sem semente picados. Tempere com sal, pimenta e orégano a gosto e reserve. Em outro recipiente, misture as farinhas, o ovo e o leite desnatado e bata no liquidificador até formar uma massa homogênea. Acrescente 2/3 do queijo ralado e bata mais um pouco.
Unte uma forma refratária de fundo removível 20×20 com um pouco de margarina e farinha de trigo. Despeje metade da massa na forma e acrescente os ingredientes do recheio. Complete com o restante da massa por cima do recheio e polvilhe o resto do queijo ralado por cima.
Leve ao forno pré-aquecido em 200˚C por aproximadamente 30 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Sirva quente.

Rende de 3 a 4 porções.

Já tinha comido cachorro quente assado na época que fiz a minha reeducação alimentar e tinha me apaixonado. Quando encontrei esta receita fiquei maravilhada e não quis esperar nenhum minuto para experimentar. No fim ficou sensacional e minha pequena modificação para acrescentar a farinha de trigo integral não alterou em nada o resultado.

O bom desta receita é que apesar de ter sido concebida para ter este recheio, a massa adapta-se facilmente a qualquer sabor que se queira escolher. Em vez de usar salsicha é possível colocar frango ou carne desfiada e em vez de pimentão verde e tomate outros vegetais como cenoura, milho ou ervilha podem ser utilizados. Deixe sua imaginação voar e crie seu próprio “cachorro quente” de forno.

Por hoje é só.

Bon appetit!

De vez em quando a tentação

Já estamos cansados de saber que para manter uma alimentação saudável devemos investir em fontes de proteína magra como peixes, aves e cortes de carne bovina com pouca gordura. Com isso, salsichas e outros embutidos estão longe de ser escolhas inteligentes e devem ser evitados no dia a dia.

Entretanto, de vez em quando não há como resistir a um belo salsichão branco cozido ao estilo alemão. Acompanhado do clássico chucrute, este prato fica simplesmente delicioso combinado de uma caneca de chope da terrinha. O melhor mesmo é comer em casa e não nos restaurantes, assim conseguimos controlar o tamanho da porção para não exagerar na gordura.

Salsichão branco alemão

Salsichão branco alemão

2 salsichas brancas (aprox. 100 g cada)
2 col. de sopa de chucrute em conserva
2 col. de sopa de mostarda escura picante
2 dentes de alho

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno em 200˚C. Arrume as salsichas numa forma refratária antiaderente e leve para assar durante 15 minutos. Vire na metade do tempo para garantir que asse de maneira uniforme. Sirva acompanhada do chucrute e saboreie com a mostarda.

Comprando o chucrute em conserva, como eu fiz, este prato fica pronto em pouquíssimo tempo e sem dar trabalho nenhum. Para incrementar um pouquinho mais, aproveite para assar junto das salsichas dois dentes de alho. Colocados ainda com a casca por 10 ou 15 minutos no forno, o alho fica uma delícia e perde o sabor forte tão característico. Na hora de comer é só descascar.

Se você quiser preparar o chucrute em casa também pode. Basta juntar repolho branco fatiado bem fininho com vinagre. Refogue o repolho por alguns segundos numa panela antiaderente e junte em uma tigela com o vinagre branco e um pouco de sal. O melhor é preparar com um pouco de antecedência para deixá-lo curtindo no tempero. Assim fica mais marcante e saboroso.

Por hoje é só.

Bon appetit!