Para facilitar

Não é de hoje que comento o quanto os refogados orientais são pratos práticos e rápidos para um dia corrido. Seja no almoço ou jantar, estes salteados básicos preparados na frigideira grande e funda, típica asiática, a wok, ainda ajudam a acrescentar legumes e verduras na nossa alimentação.

Por serem super fáceis e fazer e usarem praticamente nada de gordura na preparação, estes pratos são perfeitos para consumir no dia a dia. Aqui a única ressalva que vale fazer é quanto ao uso do shoyu. Como este molho japonês é bastante salgado, não é preciso salgar mais nada os ingredientes. Além disso, aconselho usar a versão light que contem bem menos sódio que a tradicional.

Refogado de frango com brócolis

Refogado de frango com brócolis

1 peito de frango em cubos
100 g de floretes de brócolis
50 g de cebola roxa cortada em quadrados médios
1 dente de alho amassado
azeite, shoyu e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:
Aqueça uma panela wok em fogo médio e regue com um fio de azeite. Refogue o alho até ficar aromático. Junte o frango cortado em cubinhos e mexa até começar a cozinhar. Acrescente a cebola e os floretes de brócolis e refogue até amaciarem bem.
Vá adicionando o shoyu a gosto enquanto refoga para temperar e evitar que os ingredientes grudem na panela. Por fim, salpique pimenta calabresa a gosto. Sirva com arroz integral e uma salada.

Por ser uma receita básica, estes salteados admitem inúmeras variações de ingredientes e sabores. Alguns outros que já publiquei aqui, como o salteado simples de carne com vegetais e o frango com castanha à moda tailandesa, são apenas mais algumas sugestões para deixar seu jantar mais saboroso e práticos nessas noites corridas de segunda-feira.

Para a receita de hoje apenas juntei o que tinha na geladeira. Alias, o brócolis que usei ainda era da versão congelada comprada pré-pronta, só para facilitar ainda mais minha vida. Caso prefira usar os legumes frescos, siga como mencionei anteriormente na receita. Mas se for usar a versão congelada, vale dar um choque térmico no brócolis em água fervendo para depois mergulhar na água gelada. Assim ele estará pronto para ser refogado junto com os demais ingredientes.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Jantar sem complicações

Depois da comemoração de ontem pelos nove meses de blog, estou de volta com outra receita super prática para continuar no clima da correria da semana. Este prato requer um pouco de preparo prévio, mas na hora de cozinhar ele fica pronto em menos de 10 minutos. Perfeito para um jantar express depois de um dia longo no trabalho.

O clássico salteado oriental preparado na panela wok admite uma infinidade de combinações de ingredientes. Às vezes me divirto pegando a primeira coisa que vejo na geladeira para criar pratos novos. O segredo é escolher uma boa dose de legumes crocantes, uma fonte de proteína gostosa e um molho básico para arrematar. Esta versão que criei ficou especialmente gostosa.

Salteado simples de carne com vegetais

Salteado simples de carne com vegetais

100 g de coxão mole
100 g de vagem
100 g de pimentão
50 g de cebola picada
1 dente de alho amassado
1 col. de sopa de cebolinha picada
10 ml de shoyu light
30 ml de caldo de galinha
15 ml de molho de ostra oriental
5 ml de vinagre de arroz
1 col. de chá de maizena
azeite e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:
Corte a carne, a vagem e o pimentão em tiras finas e reserve. Pique a cebola e o alho. Numa tigela, misture o shoyu, o caldo de galinha, o molho de ostra, o vinagre e a maizena. Mexa bem até ficar completamente homogêneo.
Aqueça uma frigideira wok em fogo médio e regue com um fio de azeite. Comece refogando a cebola e o alho até ficarem macios. Acrescente a carne e mexa constantemente até começar a dourar. Por fim, junte a vagem e o pimentão e continue mexendo até que tudo esteja cozido mas ainda al dente.
Derrame o molho e mexa até engrossar um pouco (aprox. 3 minutos). Sirva acompanhado de arroz branco ou integral e salpicado com a cebolinha picada e a pimenta calabresa.

O mais importante para lembrar quando estamos preparando salteados deste estilo na wok é deixar todos os ingredientes pré prontos e cortados e deixar o molho pronto numa tigela. Todos este passos são essenciais já que depois que começa o processo de cozimento dos alimentos, o tempo total de preparo não passa de 10 minutos. Tudo fica pronto super rápido.

Com certeza este não será o último salteado oriental que irei preparar na vida. Realmente adoro esta receita já que ela permite várias substituições e funciona muito bem num dia corrido. Quando sei que vou chegar em casa tarde à noite, já deixo os ingredientes pré cortados e guardados na geladeira. Assim, depois de chegar em casa meu jantar fica pronto num flash. E fica absolutamente delicioso.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Almoço vapt-vupt

Nos dias atuais está cada vez mais difícil guardar uma ou duas horas para preparar um almoço completo e sofisticado. Muitas vezes, acabamos tendo uma hora apenas de horário de almoço e nem sempre dá tempo de chegar em casa para cozinhar.

Mas naqueles dias em que conseguimos dar uma fugidinha para casa, mesmo tendo apenas 30 minutos, é possível preparar pratos saborosos e altamente saudáveis para nosso almoço. Além de ser super fácil e prática de fazer, a receita de hoje não demora quase nada para ficar pronta. Não cheguei a cronometrar, mas acho que terminei de fazer tudo em 35 minutos.

Filé de linguado com cogumelos salteados

Filé de linguado com cogumelos salteados

100 g de filé de linguado
50 g de cogumelo-de-paris em conserva fatiados
1 col. de sopa de shoyu light
1 limão
1 tablete de caldo de peixe
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Numa panela antiaderente, salteie os cogumelos no shoyu até ficarem macios e dourados. Tempere o peixe com sal e pimenta a gosto. Faça rolinhos com os filés e use palitos de madeira para mantê-los enrolados. Reserve.
Dissolva o caldo de peixe em 500 ml de água e leve ao fogo até ferver. Escalde os rolinhos de peixe no caldo por aproximadamente 8 minutos. Retire os rolinhos e sirva com os cogumelos. Regue os dois com o suco do limão.

Como o caldo do peixe tem um sabor bastante forte, os filés não precisam ficar marinando por muito tempo para ficarem bem temperados. O sal e a pimenta já são suficientes para dar um gostinho divino. E é justamente por este motivo que o tempo de preparo desta receita é tão pequeno. No final das contas é só o tempo de saltear os cogumelos (o que não demora mais do que 5 minutos) e o tempo de ferver o caldo e escaldar o peixe (o que junto deve dar 15 minutos no máximo).

Além de leve e saudável, este prato é extremamente saboroso. Recomendo fazer um arroz de 7 grãos para acompanhar ou mesmo preparar uma salada com um mix de folhas verdes, pepino cortado em rodelas e cenoura ralada. Aproveite o limão para regar também a salada. A refrescância deste prato é inigualável, e sua praticidade vai fazer você querer repetir vários dias seguidos. Acredite, já aconteceu comigo.

Por hoje é só.

Bon appetit!