Para aproveitar as sobras

Depois do final de semana que passou você pode até já estar de saco cheio de comer bacalhau. Já saturou, certo? Mas o que fazer com as sobras deliciosas que ficaram na geladeira? Parece até sacrilégio jogar fora um peixe tão delicioso que foi preparado com tanto carinho e custou tão caro.

Minha dica de hoje na verdade não foi concebida com restos de bacalhau e sim com a minha vontade de testar meus dotes culinários novamente. Foi minha primeira vez preparando bacalhau e fiquei bem feliz com o resultado (divino!). Mas a receita é bastante flexível e adapta-se super bem para usar aquele restinho de bacalhau em posta que sobrou do almoço de sexta ou domingo.

Risoto de bacalhau com aspargo

Risoto de bacalhau com aspargo

250 g de bacalhau cru desfiado
3/4 xíc. de arroz arbório
400 g de aspargos frescos
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho picados
100 ml de vinho branco seco
2 col. de sobremesa de azeite
2 col. de sopa cheias de requeijão light

Modo de preparo:
Deixe o bacalhau de molho em água de um dia para o outro para dessalgar. Troque a água pelo menos 3 vezes antes de preparar o prato. Na hora que for começar, descarte a água do dessalgue e desfie bem o peixe.
Corte o aspargo em pedaços pequenos e cozinhe em 300 ml de caldo de galinha ou vegetais por 5 minutos até ficar al dente. Escorra e reserve o caldo do cozimento do aspargo. Ele será utilizado para preparar o arroz.
Aqueça uma panela antiaderente e refogue a cebola e o alho picados no azeite. Quando estiverem macios, acrescente o arroz e refogue mais um pouco. Despeje o vinho e deixe cozinhar até evaporar quase tudo. Acrescente 1/3 do caldo do cozimento do aspargo reservado e deixe o arroz cozinhando em fogo baixo mantendo apenas uma leve fervura. Mexa de vez em quando.
Quando o caldo tiver evaporado quase todo, acrescente mais 1/3 do líquido e junte o bacalhau desfiado. Caso seja necessário, coloque mais um pouco de líquido para que o peixe fique todo coberto. Continue mexendo de vez em quando e vá provando o arroz para ver se está no ponto certo. Caso já esteja quase pronto, aumente o fogo para que o caldo evapore mais rápido. Se for preciso, acrescente mais caldo quando este evaporar para continuar cozinhando o arroz até ficar al dente.
Quando o arroz estiver pronto, desligue o fogo e junte o aspargo e o requeijão light. Mexa bem para misturar tudo e deixar o risoto cremoso. Prove o sal e acrescente a gosto. Tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos antes de servir.

Rende de 2 a 3 porções.

Como falei, criei esta receita pela minha vontade de preparar bacalhau pela primeira vez. Entretanto, ele pode ser feito sem o menor problema com os restos que tenham sobrado do almoço do final de semana. Neste caso, prepare o arroz do risoto da maneira tradicional e deixe para acrescentar o peixe já desfiado no final junto com o aspargo e o requeijão light.

Além de ter sido a primeira vez que preparei bacalhau, esta também foi a primeira receita que criei da minha cabeça. Usei umas outras que achei como inspiração e adaptei uma técnica já bastante conhecida de preparar risoto para incluir o bacalhau e fazer com que eles cozinhassem junto. Desta vez também não fiz o prato só para mim e todos que provaram disseram que estava uma delícia. E eu acreditei!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Revitalizando sobras deliciosas

Quem mora sozinho sabe: mesmo quando tentamos preparar o almoço fazendo uma porção só sempre acaba sobrando um pouquinho aqui, outro pouquinho ali. E a pior coisa do mundo é chegar no final da semana e ver-se obrigado a jogar fora todos esses restinhos de comida super saborosos e perfeitamente comíveis.

Pensando nisso, resolvi pegar alguns restos que tinha na geladeira para preparar um almoço deveras criativo, colorido e prático. A combinação ficou tão boa que serve até para preparar especificamente com essa finalidade e não necessariamente esperar ter sobras para revitalizar. Por isso, resolvi criar esta receita.

Spaghetti ao frango cítrico com brócolis

Spaghetti ao frango cítrico com brócolis

70 g de spaghetti integral
70 g de brócolis cozido picado
90 g de peito de frango
suco de 1 limão tahiti
suco de 1 limão siciliano
2 col. de sopa de mostarda escura
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Ferva 200 ml de água e cozinhe o brócolis durante 8 minutos até ficar macio e al dente. Pique em pedacinhos e reserve.
Corte o peito de frango em pedaços grandes e tempere com pimenta a gosto. Numa frigideira antiaderente, esprema os dois limões e coloque os pedaços de frango para cozinhar no suco. Vire constantemente para que cozinhe de ambos os lados. Quando começar a branquear (após 2 ou 3 minutos), adicione a mostarda e mexa bem para formar o molho. Continue mexendo o frango e deixe cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 10 minutos até o molho engrossar um pouco. Quando estiver pronto, desligue o fogo e reserve.
Em outra panela, ferva 500 ml de água e coloque o spaghetti. Cozinhe por 5 minutos até ficar al dente. Escorra o macarrão e arrume num prato. Pegue o frango cozido e corte em pedaços menores. Junte ao brócolis picado e mexa bem. Despeje a mistura por cima do spaghetti e sirva em seguida.

Acho que deu para notar que o frango é aquele mesmo ao limão e mostarda que fiz e publiquei a receita alguns posts atrás. Como sobrou um pouco na minha geladeira, resolvi pegar um pouco de brócolis e cozinhar para misturar com o frango e usar como molho do macarrão instantâneo integral da Mãe Terra do qual também já falei algumas vezes aqui no blog.

No fundo, adoro brincar com possibilidades novas e criar molhos divertidos e saudáveis para comer com macarrão. A massa não precisa ser uma vilã numa dieta saudável e balanceada. A chave está em preparar os molhos de maneira que não fiquem carregados de gordura e calorias desnecessárias.

Para isso, fuja dos queijos gordurosos e outros molhos à base de creme de leite. Invista sempre numa proteína magra, como o peito de frango, e legumes diversos. Assim, o macarrão fica saboroso e não pesa tanto na balança. Outra dica é sempre optar pela versão integral que contêm fibras e ajuda a saciar por mais tempo.

Por hoje é só.

Bon appetit!