Combinações leves e altamente saborosas

Já está mais do que comprovado que comer um pote de iogurte natural por dia trás inúmeros benefícios para a saúde. Além de colaborarem para um bom funcionamento do intestino, por serem derivados do leite, os iogurtes são ótimas fontes de proteína e cálcio.

O ideal é sempre procurar consumir a versão natural e desnatada, eliminando assim uma boa quantidade de gordura saturada desnecessária. Entretanto, há quem não goste do sabor azedinho do iogurte desnatado e acaba procurando as versões com sabores de frutas que vem carregadas de açúcar.

A receita que vou compartilhar hoje é uma ótima pedida para um lanche da manhã ou mesmo uma sobremesa mais leve depois de um almoço de domingo em família. Natural, saudável e super saborosa, a combinação do iogurte desnatado com frutas frescas e mel mascara o sabor azedo e dá ao paladar um delicioso gostinho doce sem acrescentar calorias vazias. Quer solução melhor?

Iogurte natural com frutas e mel

Iogurte natural com frutas e mel

1 pote de iogurte natural desnatado (170 g)
15 cerejas frescas
1 col. de sobremesa de mel
canela em pó a gosto

Modo de preparo:
Numa tigela, despeje o conteúdo de 1 pote de iogurte natural desnatado. Corte as cerejas em pedaços para remover o caroço e despeje dentro da tigela. Regue com o mel e a canela em pó e mexa delicadamente. Sirva a seguir.

Sei que essa combinação de ingredientes e essa receita não é nada inovadora – qualquer livro de receitas saudáveis ou dietas com base na alimentação balanceada sugere fazer o que fiz. Entretanto, esta versão com mel e canela eu tirei da minha cabeça.

Como já comentei anteriormente, adoro canela e acho que ela cai bem em qualquer preparação doce. Posso afirmar sem medo que aqui não foi diferente! Já o mel eu acrescentei para deixar o meu lanche um pouco mais diferente e sofisticado. Entretanto, confesso que achei desnecessário pois eu gosto do azedinho do iogurte desnatado. De qualquer maneira, fica uma delícia para quem preferir saborear este lanchinho com sabor mais doce.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Prazer indiscutível

Já pensou em fazer uma mouse de chocolate e poder comer sem culpa ou medo de estragar a alimentação saudável? Eu raramente faço sobremesas de chocolate pois sou uma chocólatra assumida em recuperação. Se deixar, como uma caixa de chocolates inteira e jogo toda minha dieta e reeducação alimentar para o alto.

Entretanto, de vez em quando (beeeeem de vez em quando) me permito um prazer delicioso à base de chocolate divino. Quando achei esta receita vi que seria o doce perfeito para preparar neste domingo já que ele proporciona um sabor indiscutivelmente delicioso sem ser completamente prejudicial à saúde. Sem contar que o cacau também contem substâncias altamente benéficas para o organismo.

Está pronto para entrar neste paraíso gastronômico saudável? Confira a receita e não esqueça de lamber os lábios depois de degustar esta delícia.

Espumone de chocolate

Espumone de chocolate

1 pote de iogurte desnatado
200 ml de leite desnatado
2 col. de sopa rasas de cacau em pó sem açúcar
1 col. de sopa de licor de café
1 col. de sopa de adoçante culinário
1 col. de sopa de açúcar mascavo
1 sachê de gelatina em pó incolor
Canela em pó a gosto

Modo de preparo:
Dissolva a gelatina em 5 col. de sopa de água. Leve ao microondas por 15 segundos até amolecer completamente. Coloque os demais ingredientes num liquidificador e adicione a gelatina dissolvida. Bata de 2 a 3 minutos até formar um creme homogêneo. Despeje a mistura em taças individuais e leve à geladeira por 4 horas. Salpique canela em pó por cima antes de servir.

Absolutamente leve e saboroso, esta sobremesa te leva a um mundo paralelo. Impossível descrever a delícia e o prazer de saboreá-la. Para esta receita, utilizei licor de café pois era o que tinha em casa. Mas é possível usar outros dependendo do gosto individual. Uma opção é licor de amareto.

Também salpiquei canela em pó antes de comer pelo simples motivo de adorar doces com canela. Entretanto, para quem não curte canela é possível decorar as tacinhas com raspas de chocolate antes de servir. Por fim, vale comer também o espumone acompanhado de frutas frescas como morango, banana ou maçã picadas. O importante é usar a imaginação e comer com prazer. Aproveite o domingo para sair um pouco da dieta. Faz bem para a alma.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Perfeição a cada garfada

Já que hoje é domingo, trouxe para vocês uma receita de sobremesa absolutamente sensacional que testei este final de semana na casa da minha mãe. E a melhor parte, claro, é que ela não é muito calórica e pode ser consumida sem culpa. Mas só em ocasiões especiais, certo?

Deliciosamente leve, esta sobremesa cai bem com qualquer cardápio. Minha sugestão é prepará-la para um almoço familiar de domingo. Outra dica: façam duas receitas, porque esta rende apenas 8 porções pequenas e todos que provarem vão querer repetir várias e várias vezes. Acredite.

Pavê de coco e morango

Pavê de coco e morango

215 ml de leite desnatado
4 col. de sopa de leite de coco light
1 caixa (150 g) de biscoito champanhe
275 ml de água de coco
2 col. de sopa de coco ralado fresco
1 col. de sopa cheia de amido de milho
2 col. de sopa de adoçante para forno e fogão
2 col. de chá de essência de baunilha
8 morangos cortados ao meio para decorar

Modo de preparo:
para o creme
Em uma tigela, dissolva o amido de milho no leite desnatado. Junte 125 ml de água de coco, o adoçante, o coco ralado e a essência de baunilha. Dispeje numa panela antiaderente e leve ao fogo baixo misturando sempre até engrossar.
Junte 250 ml de água de coco com o leite de coco light numa tigela. Mergulhe todos os biscoitos na mistura para umedecê-los.

montagem
Cubra o fundo de um pirex com uma camada de biscoitos. Despeje por cima uma camada do creme já em temperatura ambiente. Alterne uma camada de biscoito com uma camada de creme até acabar. Finalize com uma camada de creme. Decore com os morangos cortados e leve à geladeira até endurecer. Sirva gelado.

Não tenho palavras para explicar o quão delicioso ficou este doce. A consistência ficou perfeitamente levinha. Por levar água de coco e leite de coco, a sobremesa fica bem molhadinha e saborosa. Para quem não gosta de coco vale ressaltar que o gosto final não é muito forte, mas o sabor é inquestionável.

O bom do coco é que ele aceita várias combinações. Para quem não é muito fã de morango, outras sugestões para decorar incluem framboesa, amora, cereja, mirtílo ou até abacaxi cortado em cubinhos. Vale também decorar apenas com mais algumas colheradas de coco ralado fresco. E para deixar o doce um pouco mais sofisticado, é possível decorar também com damascos secos e salpicar com nozes picadas. Fica uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para adoçar o paladar

Já está virando tradição aos domingos ter receita de uma saborosa sobremesa aqui no blog. E, como ninguém é de ferro, nada melhor do que hoje para sair um pouco da dieta e deixar-se adoçar um pouco o paladar. Entretanto, para não extrapolar completamente, minha sugestão de hoje é bastante light e pouco calórica. Mas nem por isso deixa de ser absolutamente deliciosa. Aproveitem.

Gelado de maracujá

Gelado de maracujá

1 pote de iogurte desnatado
4 col. de sopa de suco concentrado de maracujá sem açúcar
3 col. de sopa de adoçante em pó
1/2 envelope de gelatina sem sabor incolor

Modo de preparo:
Hidrate a gelatina com 3 col. de sopa de água e leve ao microondas por 30 segundos para dissolver. (É possível também dissolvê-la no fogão em banho maria por aproximadamente 5 minutos.) O importante é não deixar a água ferver para a gelatina não perder seu poder de endurecer.
Bata no liquidificador o iogurte, a gelatina, o adoçante e o suco de maracujá por aproximadamente 2 minutos até ficar homogêneo. Antes de servir, leve à geladeira por duas horas ou até endurecer. Sirva gelado.

Rende 2 porções.

Quando achei esta receita simplesmente me apaixonei! Ela é uma versão bem mais light da tradicional mouse de maracujá (que eu adoro mas evito comer já que leva leite condensado e creme de leite). O sabor ficou divino, e se não soubesse que não era uma mouse normal não iria adivinhar nunca.

Mais uma vez aqui vê-se o quanto o iogurte desnatado presta-se bem para substituir ingredientes gordurosos e calóricos na hora de preparar uma sobremesa. São inúmeras as variações possíveis com este ingrediente para tornar um doce mais saudável e menos prejudicial à saúde. Isso sem contar que comer um iogurte por dia faz muito bem ao organismo pois ajuda a manter o intestino saudável. Por isso, vale a pena investir em receitas leves à base de iogurte diariamente.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Adoçando o almoço de família

Já que hoje é domingo, nada melhor do que uma bela sobremesa para adoçar um pouco a vida de todos nós. Desta vez, a receita não é totalmente light, já que leva açúcar na composição. Entretanto, aqui é possível (e recomendável) optar pela utilização do açúcar mascavo, obtido das primeira extrações da cana. Ou seja, não é tão processado ou refinado quanto o açúcar comum.

Algumas vantagens do açúcar mascavo estão justamente no fato dele ser menos processado, já que isto faz com que ele retenha nutrientes e minerais vindos da cana-de-açúcar, como o fósforo e o cálcio. Sua coloração amarelada e gosto característico podem até incomodar algumas pessoas, já que altera um pouco o sabor dos pratos. Mas no fim as vantagens dele superam em muitos casos as desvantagens.

O melhor é que para várias sobremesas, esta por exemplo, o sabor não é alterado em nada. Alias, para mim ficou até melhor usar o açúcar mascavo pela combinação fantástica que é criada ao ser juntado com a canela. O sabor final ficou uma delícia.

Mas, claro, sempre vale repetir: apesar de ter mais benefícios do que o açúcar refinado, o mascavo não deixa de ser calórico (é praticamente equivalente à quantidade presente no açúcar branco) e deve sempre ser consumido em moderação. De qualquer forma, quando for abrir uma exceçãozinha vez ou outra, não há dúvidas que o açúcar mascavo é a melhor opção.

Crumble de maçã

Crumble de maçã

Recheio
2 maçãs-verdes sem casca cortadas em cubinhos
1 canela em pau
1 col. de sopa de adoçante culinário
1/2 xic. de chá de água
1 col. de sopa de açúcar mascavo
canela em pó a gosto

Farofa crocante
1 xic. de chá de farinha de trigo
1 col. de sopa de açúcar mascavo
2 col. de sopa de manteiga light sem sal
canela em pó a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela antiaderente, cozinhe a maçã com a canela em pau e o adoçante mexendo até a fruta murchar (aproximadamente 5 a 8 minutos). Acrescente a canela em pó, a água e o açúcar e cozinhe em fogo baixo até a água secar completamente. Reserve.
Para a farofa crocante, junte a farinha, o açúcar e a manteiga e misture com as pontas dos dedos até formar uma farofa grossa. Para montar, coloque a maçã assada numa forma refratária e cubra com a farofa crocante cuidadosamente, sem pressionar. Polvilhe com canela em pó a gosto e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 35 minutos até a farofa endurecer e dourar. Sirva quente.

Já falei o quanto adoro a combinação maçã com canela. Nesta receita, ela é ainda mais acentuada tornando a experiência sensacional. Por serem maçãs-verdes, o azedinho da fruta contrasta muito bem com o sabor da canela e o doce do açúcar mascavo. No fim, fica uma mistura de sabores divinos na boca.

A sobremesa já é ótima pura, mas se você quiser incrementar ainda mais (e estiver com saldo no consumo de calorias do dia) vale combinar com uma bola de sorvete de creme light. Fica fantástico. Só não vale exagerar na dose. Uma porção pequena é mais do que suficiente para adoçar o paladar depois do almoço de domingo com a família. Combinado?

Por hoje é só.

Bon appetit!

O doce sabor das frutas

Frutas são ótimas opções de sobremesa para quem quer manter uma alimentação balanceada. Cheias de frutose, um tipo de açúcar presente nas frutas, elas adoçam o paladar e ainda proporcionam ótimas vantagens para o organismo. Além disso, são consideradas alimentos funcionais já que estão cheias de fibras, vitaminas e mineiras, todos indispensáveis para uma vida saudável.

Por isso, sempre que quiser se aventurar numa sobremesa depois do almoço ou jantar, agarre a primeira fruta que achar pela frente. Mas se comer só a fruta não lhe proporciona o prazer completo de saborear um belo doce, há alguns truques para deixá-las ainda mais gostosas sem comprometer completamente a alimentação e a balança.

A receita de hoje traz uma solução simples e deliciosa para incrementar o que para alguns seria apenas mais uma maçã.

Maçã assada

Maçã assada

1 maçã gala
70 ml de água
1 col. de sobremesa de adoçante para forno e fogão
1 col. de sobremesa de canela

Modo de preparo:
Corte a maçã ao meio. Com a ajuda de uma faca, retire as sementes e o miolo de uma das metades. Descasque a outra metade e retire as sementes. Bata a polpa desta segunda metade no liquidificador com a água e o adoçante até formar uma calda. Em uma forma refratária, coloque a primeira metade da maçã e cubra com a calda preparada. Polvilhe a canela e leve para assar em forno médio (220ºC) por 30 minutos. Sirva quente.

Confesso que fiz este prato pela primeira vez hoje e fique encantada. O gosto estava sensacional, sem exageros. Sou amante da canela, como já disse antes, e para mim a combinação entre maçã e canela não tem erro. As duas se complementam de maneira espetacular em qualquer situação.

Se estiver afim de se aventurar um pouco mais ou está se dando a liberdade de sair um pouco da dieta por ser um final de semana, uma sugestão é servir a maçã assada com uma bola de sorvete de creme light ou frozen yogurt. De qualquer maneira, pura ela já é uma maravilha.

E não é apenas a maçã que fica uma delícia preparada com canela. Outra dica de sobremesa light com frutas é pegar uma banana e cortar ao meio no sentido comprido. Salpique canela por cima e leve ao microondas de 2 a 3 minutos. Fica uma delícia também.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Em primeiro lugar, a moderação

Fim de semana é bom para relaxar um pouco a dieta e deixar-se saborear algumas delícias do mundo dos doces. Isso, claro, sem jogar tudo pro alto e despirocar geral. Ótimas opções para adoçar a boca sem abrir mão da alimentação saudável são sobremesas a base de iogurte natural desnatado ou queijo branco.

A receita a seguir consegue juntar as duas coisas e transformar um momento de prazer gastronômico em algo muito além. E, o que é melhor, é simples, não gasta muito e fica gostosa a qualquer hora do dia.

Tacinhas de ricota com canela

Tacinhas de ricota com canela

200 g de ricota fresca
1 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de sopa de adoçante
1 col. de chá de canela em pó

Modo de preparo:
Numa tigela, pique a ricota em pedaços pequenos e amasse com um garfo até ficar totalmente esfarelada. Acrescente metade do iogurte, o adoçante e a canela e misture bem até obter uma pasta homogênea. Adicione o restante do iogurte e misture. Distribua em tacinhas pequenas e salpique mais um pouco de canela a gosto por cima para decorar. Guarde na geladeira até o momento de servir.

Sou viciada em canela. Adoro acrescentá-la nas minhas preparações doces sempre que consigo por ela ter o poder de adoçar uma sobremesa sem comprometer o valor calórico ou engordativo da guloseima. Alias, a canela é ótima também para adoçar qualquer chá. Nesta receita, a canela anula em parte o sabor característico da ricota, o que torna a sobremesa mais suave.

E claro, aqui vale uma ressalva. Este doce é bastante light e não compromete demais a alimentação saudável. De qualquer maneira, os princípios básicos da moderação devem ser observados sempre. Nada de comer tudo sozinha, beleza? Até porque esta receita rende 4 porções. Ou seja, limite-se a uma quantidade razoável de doce por dia que você poderá saboreá-lo com maior frequência. E aproveite, porque eu já provei a minha e posso garantir que fica uma DELÍCIA!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Doce na medida certa

Depois de um fim de semana agitado na cozinha, resolvi me dar férias por um dia. Por isso, não tenho nenhuma receita sensacional para compartilhar com vocês hoje. Entretanto, não consegui deixá-los de mãos abanando. Aproveitei que não tinha almoço nem jantar para preparar e testei uma receita de lanche de um dos livros que tenho.

Na verdade, nem chega a ser um lanche exatamente. Segundo a autora do livro, esta receita é ótima para sanar aquelas vontades que temos de adoçar a boca sem ter que jogar tudo para o alto comendo doces carregados de gordura e açúcar. E não é que funciona?

Balinhas de gelatina de cereja

Balinhas de gelatina

1 caixa de gelatina em pó diet (do sabor da sua preferência)
100 ml de água fervendo
1 envelope de gelatina em pó incolor
100 ml de água natural

Modo de preparo:
Em um recipiente, dissolva a gelatina diet em 100 ml de água fervendo. Adicione a gelatina em pó incolor na água natural e leve ao microondas por 30 segundos para dissolver. Misture as duas gelatinas e leve à geladeira por 3 horas, até ficar firme. Corte em cubinhos e envolva cada um com papel celofane.

O bom desta receita é que você pode fazer as balinhas do sabor que quiser. E, além de poder levar para qualquer lugar na bolsa, as balinhas de gelatina são ótimas para substituir aquelas super açucaradas que nos sentimos tentados a comprar no caixa do supermercado ou na fila do cinema.

Vale aqui lembrar que comer gelatina, mesmo as que não são diet e têm um pouco de açúcar na composição, é super saudável pelo alto nível de proteína que possuem. Ou seja, além de sossegar a nossa vontade de comer um docinho, ao comermos gelatinas estamos contribuindo com nossa alimentação saudável.

Mas aqui cabe uma ressalva. Nada de “temperar” a gelatina com doces cremosos, caldas de chocolate ou latas de leite condensado, ok? Pura, aí tá liberado!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Prazer sem culpa

As vezes a vida de um cozinheiro não é fácil. Preparei um jantar caprichado para minha irmã e a família dela ontem à noite com direito à entrada, filé mignon, risoto e sobremesa. Por isso, passei quase a tarde inteira na cozinha preparando os pratos. Resultado: não tive tempo de atualizar o blog. Infelizmente.

O bom é que super valeu a pena! O jantar foi um sucesso e as três receitas que preparei ficaram uma delícia. Sorte de vocês já que vou poder compartilhar aqui uma por dia. Hoje começo pela melhor parte: a sobremesa.

Para quem, como eu, busca levar uma vida saudável com alimentação balanceada, os doces geralmente não podem entrar no cardápio do dia a dia. Entretanto, hoje é possível encontrar inúmeras receitas de sobremesas super saborosas que não pesam na balança nem na consciência. Esta que preparei ontem é uma delas.

Totalmente light, este doce quase nem pode ser chamado de doce pois não leva açúcar. Mas acredite, adorei tanto que pretendo repetir várias vezes. E o melhor, é super simples e fácil de fazer.

Cheesecake de gelatina de cereja

Cheesecake de gelatina

1 caixa de gelatina em pó diet do sabor da sua preferência
1 pote de iogurte natural desnatado
80 g de ricota fresca

Modo de preparo:
Prepare a gelatina de acordo com as instruções na embalagem. Leve à geladeira até adquirir consistência de clara de ovo (aproximadamente 1h30). Retire e bata no liquidificador com a ricota e o iogurte até formar uma mistura homogênea. Coloque num recipiente ou em taças individuais e leve à geladeira novamente até endurecer.

A melhor parte desta receita é que você pode escolher o sabor que quiser. Vale também misturar sabores e fazer o dobro da receita para torná-la ainda mais colorida e diferente. Neste caso, fiz duas receitas com gelatina de cereja. Ficou uma delícia! Acho que da próxima vez que for fazer vou testar com gelatina de limão e colocar raspinhas de casca de limão por cima para dar aquele toque final.

Por fim, para quem não estiver tão preocupado com a balança, ou para aqueles dias mais relaxados no final de semana, uma outra opção é fazer uma calda de chocolate meio amargo para acompanhar a gelatina. Assim, acrescenta-se um pouquinho mais de doce à sobremesa sem ter que fazer algo exclusivamente de chocolate. As calorias não aumentam tanto e, ao usar o chocolate meio amargo, ganhamos os benefícios do cacau sem prejudicar tanto a alimentação.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Um doce de vez em quando não faz mal a ninguém

A receita de hoje não chega a ser saudável. Até porque nenhum doce é 100% “saudável” e deve realmente ser evitado quando se busca uma alimentação balanceada. Entretanto, sucumbir aos prazeres de um docinho eventualmente não mata ninguém.

Se você é como eu e não consegue resistir as maravilhas de uma boa sobremesa, vale optar pelas versões light com teor reduzido de gordura e açúcar. Assim, satisfazemos nossa vontade sem deixar que a extravagância pese na balança, na consciência e, principalmente, na busca por uma vida saudável.

Com isso, a receita de hoje é de sobremesa.

Torta de limão diet

Para a massa:
2 gemas
4 col. de sopa de adoçante para forno e fogão
4 col. de sopa (não muito cheias) de margarina light
10 col. de sopa de farinha de trigo
1 col. de sobremesa de fermento em pó
1 pitada de sal

Para o recheio:
2 receitas de leite condensado diet
100 ml de suco de limão recém espremido

Para a cobertura:
2 claras em neve
2 col. de sopa de adoçante para forno e fogão

Modo de preparo:
Para a massa, misture com as mãos todos os ingredientes numa vasilha até formar uma massa lisa. Em um refratário redondo untado com margarina light, abra a massa delicadamente com as mãos. Assegure-se de subir uns três dedos de massa em toda a borda do refratário. Fure a massa com um garfo e leve ao forno (180ºC) até dourar. O tempo varia de acordo com o forno, mas no meu caso ficou mais ou menos 10 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.
Para o recheio, misture bem o leite condensado diet com o suco de limão com uma colher e coloque sobre a massa já em temperatura ambiente.
A cobertura na verdade é opcional. Como não sou muito fã de chantilly, acabei nem colocando. Mas para quem quer deixar o prato mais suculento, bata as claras em neve e acrescente o adoçante aos poucos. Coloque sobre o recheio e leve ao forno até dourar, em torno de 10 minutos com o forno em 200ºC.

Ok, mas aonde encontro leite condensado diet?

Em qualquer bom supermercado é possível achar várias marcas de leite condensado diet. Entretanto, prefiro as versões caseiras pois não contêm conservantes nem nada do tipo. Na vez que fiz esta torta, preparei o leite condensado em casa mesmo. Talvez valha a pena testar com os industrializados para ver se a receita fica boa, até porque eles economizam tempo se você estiver na correria.

Mas se você é que nem eu e gosta das coisas caseiras aqui vai. Procurando na internet é possível achar várias receitas de  leite condensado diet caseiro. A que eu usei é bem simples e deixou a torta super gostosa. Para uma receita bata no liquidificador 1 xic. de chá de leite em pó desnatado, 1/2 xic. de chá de adoçante para forno e fogão, 1 col. de sopa (não muito cheia) de margarina light e 1/4 xic. de chá de água fervendo. Atenção: é muito importante que a água esteja fervendo mesmo. Quanto mais quente, melhor. Deixe bater de 3 a 5 minutos. Depois, coloque na geladeira durante 30 minutos antes de utilizar no preparo do doce.

O bom desta torta é que fica deliciosa e não pesa muito na consciência ao comê-la. E se você não contar que ela é diet, ninguém vai perceber, prometo. Quando fiz, esperei todos provarem e confirmarem de que haviam adorado antes de contar que era sem açúcar. Ficaram chocados.

Da próxima vez que eu for prepará-la, já decidi que quero testar com farinha de trigo integral. Acho que não deve alterar em nada o gosto e as vantagens de usar ingredientes integrais são inúmeras. Mas essa história fica para uma outra hora.

Por hoje é só.

Bon appetit!