Revitalizando sobras deliciosas

Quem mora sozinho sabe: mesmo quando tentamos preparar o almoço fazendo uma porção só sempre acaba sobrando um pouquinho aqui, outro pouquinho ali. E a pior coisa do mundo é chegar no final da semana e ver-se obrigado a jogar fora todos esses restinhos de comida super saborosos e perfeitamente comíveis.

Pensando nisso, resolvi pegar alguns restos que tinha na geladeira para preparar um almoço deveras criativo, colorido e prático. A combinação ficou tão boa que serve até para preparar especificamente com essa finalidade e não necessariamente esperar ter sobras para revitalizar. Por isso, resolvi criar esta receita.

Spaghetti ao frango cítrico com brócolis

Spaghetti ao frango cítrico com brócolis

70 g de spaghetti integral
70 g de brócolis cozido picado
90 g de peito de frango
suco de 1 limão tahiti
suco de 1 limão siciliano
2 col. de sopa de mostarda escura
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Ferva 200 ml de água e cozinhe o brócolis durante 8 minutos até ficar macio e al dente. Pique em pedacinhos e reserve.
Corte o peito de frango em pedaços grandes e tempere com pimenta a gosto. Numa frigideira antiaderente, esprema os dois limões e coloque os pedaços de frango para cozinhar no suco. Vire constantemente para que cozinhe de ambos os lados. Quando começar a branquear (após 2 ou 3 minutos), adicione a mostarda e mexa bem para formar o molho. Continue mexendo o frango e deixe cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 10 minutos até o molho engrossar um pouco. Quando estiver pronto, desligue o fogo e reserve.
Em outra panela, ferva 500 ml de água e coloque o spaghetti. Cozinhe por 5 minutos até ficar al dente. Escorra o macarrão e arrume num prato. Pegue o frango cozido e corte em pedaços menores. Junte ao brócolis picado e mexa bem. Despeje a mistura por cima do spaghetti e sirva em seguida.

Acho que deu para notar que o frango é aquele mesmo ao limão e mostarda que fiz e publiquei a receita alguns posts atrás. Como sobrou um pouco na minha geladeira, resolvi pegar um pouco de brócolis e cozinhar para misturar com o frango e usar como molho do macarrão instantâneo integral da Mãe Terra do qual também já falei algumas vezes aqui no blog.

No fundo, adoro brincar com possibilidades novas e criar molhos divertidos e saudáveis para comer com macarrão. A massa não precisa ser uma vilã numa dieta saudável e balanceada. A chave está em preparar os molhos de maneira que não fiquem carregados de gordura e calorias desnecessárias.

Para isso, fuja dos queijos gordurosos e outros molhos à base de creme de leite. Invista sempre numa proteína magra, como o peito de frango, e legumes diversos. Assim, o macarrão fica saboroso e não pesa tanto na balança. Outra dica é sempre optar pela versão integral que contêm fibras e ajuda a saciar por mais tempo.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Repetindo a dose

Sabe aquele macarrão que preparei algumas semanas atrás que não tinha foto para publicar junto? Pois bem, resolvi repetir a dose hoje no meu almoço. Na verdade nem é exatamente igual porque usei abobrinha em vez de aspargos como tinha feito da vez passada. Além disso, resolvi preparar o molho de tomate em casa mesmo para não ficar usando sempre os industrializados.

Claro que ficou sensacional de novo! Fazer spaghetti não tem lá muito mistério, ainda mais quando usamos macarrão instantâneo. Mas volto a repetir, não vale ficar comendo miojo todos os dias se não a saúde e a alimentação balanceada vão pro saco.

Eu uso este especificamente por ser integral e orgânico, não conter conservantes e nunca uso o tempero que vem junto que está carregado de sódio e gordura. E vamos combinar, fazer o molho da massa em casa é metade da graça de se comer macarrão, não é mesmo? Então, por que não aproveitar e deixar a imaginação voar um pouco?

Desta vez vou detalhar a receita que preparei para não ter erro.

Spaghetti com legumes ao sugo

Spaghetti com legumes ao sugo

1 pacote de macarrão Caseiro Mãe Terra (ou 80 g de massa integral de sua preferência)
1/2 abobrinha
1/2 cenoura
1 tomate
1 col. de sopa de molho de tomate Pomarola Lévia
4 rodelas de pimentão vermelho
1/4 de cebola
1 dente de alho
sal, pimenta-do-reino, orégano e folhas de manjericão a gosto

Modo de preparo:
Numa panela antiaderente, doure a cebola e o alho picados. Junte o tomate e 1 rodela do pimentão cordados em cubinhos, 1 col. de sopa de molho de tomate industrializado e deixe cozinhar até que o tomate comece a se desmanchar. Acrescente as folha de manjericão e deixe ferver por mais alguns minutos. Bata o molho no liquidificador até ficar homogêneo. Retorne a panela e reserve.
Cozinhe a abobrinha, a cenoura e o resto do pimentão cortados em tirinhas em 200 ml de água fervendo por 5 minutos até ficarem al dente. Escorra a água e junte os legumes ao molho de tomate.
Em outra panela, ferva 2 copos de água (400 ml). Adicione o macarrão e deixe cozinhar por 5 minutos. Escorra a água e reserve a massa. Antes de servir, aqueça o molho por alguns minutos e regue por cima da massa.

Há quem prepare este molho retirando as sementes e a pele dos tomates. Eu não faço questão de tirar pois gosto do meu molho “rústico”. Uma opção é peneirar o molho depois de passá-lo pelo liquidificador. Entretanto, quando eu preparo, prefiro não passar na peneira e ainda deixo bater bem pouco pois gosto dele mais “maçudo” e não muito homogêneo. Claro, aqui o que vale é o gosto de cada um na hora de preparar.

Como falei antes, o bom deste molho é que ele é simples e prático e aceita praticamente qualquer combinação de legumes para os ingredientes. Vale acrescentar vagem, ervilha ou ervilha torta ao prato para deixá-lo mais colorido. Desta vez, resolvi colocar um pouco de alho-poró em rodelas no molho já que tinha sobrando em casa. Ficou uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!