Fiesta!

Pouco conhecida aqui no Brasil, o dia cinco de maio, ou Cinco de Mayo, é uma data comemorativa bastante importante no México. Nesse dia, eles comemoram a vitória do exército mexicano sobre o francês numa batalha ocorrida na província de Puebla no ano de 1862. Naquela época, o exército francês ocupava o país desde o final da década de 1850 depois da guerra ocorrida entre o México e os Estados Unidos.

Para celebrar o dia, resolvi escolher uma receita tipicamente mexicana para compartilhar aqui no blog. Umas das minhas preferidas, as fajitas são uma das opções mais saudáveis no controverso cardápio mexicano recheado de frituras, gorduras e comidas pesadas. Aproveite o sábado para saborear estas faijtas de frango com um copo de margarita fresquinha. Será um sucesso e uma delícia garantidos!

Fajitas de frango grelhado

Fajitas de frango grelhado

1 unidade de tortilha de trigo ou wrap integral
1 peito de frango médio
100 g de pimentão vermelho cortado em tiras
100 g de pimentão verde cortado em tiras
100 g de cebola roxa cortado em pedaços médios
suco de 1 limão
1 fatia pequena de queijo branco esfarelado
sal, pimenta, cominho em pó, orégano, azeite e coentro a gosto

Modo de preparo:
Numa tigela, junte o sal, a pimenta, o cominho em pó, o orégano, um fio de azeite e o suco de limão. Misture bem e despeje numa sacolinha de plástico. Coloque o peito de frango dentro desta marinada e deixe curtindo nos temperos dentro da geladeira de 2 a 4 horas.
Aqueça uma frigideira antiaderente e refogue os pimentões e a cebola até murcharem bem e tostarem levemente (aproximadamente 5 minutos). Aqueça uma grelha elétrica em fogo médio-alto e grelhe o peito de frango de 7 a 10 minutos ou até ficar levemente tostado por cima. Transfira para um prato e corte em tiras. Junte a mistura de vegetais e reserve.
Aqueça a tortilha numa frigideira antiaderente limpa por 2 ou 3 minutos até tostar levemente. Monte a fajita arrumando a tortilha num prato e posicionando o recheio no meio. Decore com o queijo esfarelado e folhas de coentro fresco a gosto. Saboreie com garfo e faca ou enrolando a tortilha com as mãos.

Esta versão de fajitas pode até parecer um pouco “nua” para os adeptos da culinária mexicana. Isso porque preferi não incluir alguns dos acompanhamentos típicos do prato já que queria uma refeição um pouco mais leve. Mesmo faltando alguns destes elementos garanto que ficou uma verdadeira delícia.

Para aqueles que preferirem saborear a receita da forma completa, vale acrescentar creme azedo, guacamole ou pico de gallo. Este último é uma espécie de vinagrete mexicano à base de tomate, cebola roxa e coentro picados e temperados com suco de limão e jalapeños, pimentas ardidas tipicamente mexicanas.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Inspirações diversas

Desde a primeira vez que dei uma chance real ao tofu me apaixonei perdidamente. No começo ainda era um pouco conservadora, só comia acompanhado de receitas orientais e preparadas da maneira mais simples possível. É incrível como um pouquinho de shoyu e cebolinha picada são suficientes para deixar esse queijinho de soja delicioso.

Mas para não correr o risco de enjoar ou cair na mesmice, estou sempre procurando novas maneiras de preparar este prato super saboroso e extremamente leve. Desta vez achei uma receita pra lá de inusitada. Ficou tão absolutamente fantástica que nem sei como descrever por completo. Para quem nunca provou tofu, esta é uma ótima maneira de começar.

Tofu texano

Tofu texano

200 g de tofu firme
100 g de abobrinha
100 g de milho em conserva
1 1/2 col. de chá de pimenta chili em pó
1 col. de chá de cominho em pó
30 g de salsa molho para taco
1 col. de sopa de cebolinha picada
azeite, sal e coentro a gosto

Modo de preparo:
Descarte a água da embalagem do tofu. Enrole o queijo com papel toalha e esprema com cuidado para retirar o excesso de líquido. Corte em cubos pequenos e esfarele com os dedos para ficar em pedaços menores. Numa frigideira antiaderente refogue o tofu com a pimenta chili, o cominho e sal a gosto. Mexa sempre de 4 a 6 minutos ou até ficar levemente dourado. Transfira para um prato e reserve.
Na mesma frigideira antiaderente, refogue a abobrinha cortada em cubos, o milho em conserva e a cebolinha picada. Mexa por alguns minutos até ficarem macios. Retorne o tofu à frigideira e mexa mais alguns segundo para misturar tudo e aquecer por completo. Sirva com o molho para taco e regue com azeite e coentro a gosto.

Tofu texano no pão folha

Diferente das receitas orientais tradicionais, este tofu traz um toque picante Tex-Mex que deixa o prato delicioso. A consistência esfarelada do tofu chega a assemelhar-se a um ovo mexido, funcionando perfeitamente bem como substituto de omelete diferente.

Outra sugestão que tenho é preparar o tofu e reservar metade dele para rechear uma tortilha ou unidade de pão folha, fazendo assim um burrito mais leve. O resto pode ser saboreado puro mesmo com mais uma colher de molho de taco ou até um pouco de guacamole. No fim fica uma refeição completamente deliciosa.

Por hoje é só.

Bom appetit!