Novidades caseiras

O post de hoje é mais um que entra para a lista das delícias caseiras mais rápidas e mais baratas que suas respectivas primas encontradas em restaurantes. Já fiz outros wraps na minha vida de chef de cozinha. Inclusive compartilhei o clássico de salmão defumado com vocês aqui algum tempo atrás. Ou mesmo o de peito de peru defumado light.

Mas este de hoje achei válido testar de novo pois encontrei algo sensacional no supermercado. Atum defumado! Que delícia. Quem disse que peixe defumado tem que ser só salmão? Acaba virando falta de imaginação ficar sempre na mesma. Quando achei o atum defumado tive que comprar para provar. E, claro, amei!

Wrap caseiro de atum defumado

Wrap caseiro de atum defumado

1 unidade de wrap integral
2 col. de sopa de creme de ricota light
100 g de atum defumado congelado
2 unidades de pimentão vermelho em conserva
folhas verdes a gosto

Modo de preparo:
Retire o atum defumado e deixe descongelar em temperatura ambiente de 20 a 30 minutos. Você pode deixar descongelando também dentro da geladeira de 2 a 4 horas antes de usar.
Aqueça o wrap numa frigideira antiaderente por 3 minutos ou leve para assar em forno baixo (180˚C) por 10 minutos apenas para aquecer levemente. O wrap já é pré-cozido e precisa apenas de poucos minutos para ficar pronto para usar.
Espalhe o creme de ricota light por todo o wrap. Arrume as folhas verdes e por cima coloque as fatias de atum defumado. Por fim, posicione o pimentão em conserva no centro de tudo.
Enrole o wrap com cuidado para que o recheio não saia. Corte ao meio e saboreie com uma bela saladinha ou caneca de sopa.

Aproveitei esse restinho de pimentão vermelho em conserva que ainda tinha guardado na minha geladeira para dar um toque a mais no wrap. Pensei que o sabor adocicado da conserva do pimentão cairia muito bem com o atum defumado e estava certa. A combinação de gostos ficou absolutamente sensacional.

Você pode escolher, também, outros acompanhamentos para o recheio de atum defumado do seu wrap. Experimente colocar cebolas caramelizadas ou alcachofras cozidas. O resultado fica uma delícia. Mas se quiser saborear o sensacional atum na sua majestosa solidão certamente não irá ficar decepcionado. Sozinho ele já é perfeito também.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Preparando-se para a noitada

Sexta-feira já é final de semana. E nada melhor do que uma saidinha com os amigos para deixar a noite mais agradável e desestressar da semana de trabalho que, finalmente, chegou ao fim. Mas como fazer para não exagerar e garantir, mesmo assim, uma vida saudável? A dica é jantar em casa e restringir o consumo no bar apenas aos drinks.

Indo de barriga cheia, eliminamos a vontade e necessidade de petiscar no local. Assim, além do corpo, o próprio bolso agradece já que a conta vem bem menor no final da noite. Minha sugestão de hoje é bem leve mas altamente nutritiva. Desta maneira, não ficamos com a sensação de barriga muito cheia, mas estamos bem alimentados para aproveitar a noite.

Wrap de salmão defumado

Wrap de salmão defumado

100 g de salmão defumado
1 unidade de pão folha
1 col. de sopa de requeijão light
3 folhas de escarola ou alface
1/2 pepino pequeno fatiado
1 col. de sobremesa de alcaparras

Modo de preparo:
Abra o pão folha sobre um prato ou superfície lisa. Espalhe o requeijão light em todo o pão, deixando espaço na borda para não escorrer para fora quando for enrolar. Posicione o pepino e as folhas de escarola por cima do requeijão. Coloque as fatias de salmão defumado em cima das folhas e regue com as alcaparras. Enrole o wrap deixando o feixe para baixo. Corte ao meio e sirva frio.

Não canso de ressaltar os benefícios de preparar wraps para jantares leves, saudáveis e super saborosos. Além de permitiram inúmeros recheios, os wraps são práticos pois não requerem muito tempo nem dificuldade para prepará-los. Neste caso, o salmão defumado é o mais prático de todos pois pode ser comprado pronto. Na hora, é só descongelar.

Algumas substituições possíveis nesta receita caso não goste de algum ingrediente incluem usar peito de peru light no lugar do salmão defumado e qualquer outra folha verde no lugar da escarola. Gosto dela pois as folhas são grandes e fáceis de enrolar no wrap. Entretanto, rúcula, agrião, acelga, ou mesmo alface funcionam perfeitamente.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Lanches rápidos

Wraps já viraram sinônimo de sanduíche saudável. Nos últimos anos surgiram inúmeros restaurantes e estabelecimentos de comida fast food dedicados à este lanche rápido criado nos Estados Unidos inspirado nos tacos e burritos mexicanos. A versatilidade dos wraps é um dos seus pontos fortes já que podem ser recheados com praticamente qualquer coisa.

Adoro wraps. Sempre que estou corrida ou querendo uma opção rápida para o jantar preparo um wrap simples e gostoso. E o melhor, não preciso ir em busca de ingredientes diferentes para criá-los. Abro a geladeira e pego as sobras que guardei de outras receitas que fiz. Esses dias preparei um wrap singelo para acompanhar um prato de sopa. Ficou uma delícia.

Wrap de peito de peru defumado

Wrap de peito de peru defumado

1 unidade de pão folha
60 g (3 fatias) de peito de peru defumado
2 col. de sopa de cottage
2 folhas de alface
3 rodelas de tomate
1 col. de sopa de mostarda

Modo de preparo:
Abra o pão folha em cima de um prato. Espalhe o queijo cottage e a mostarda. Arrume as folhas de alface e as rodelas de tomate. Por fim, posicione as fatias de peito de peru defumado. Enrole o pão em formato de wrap e leve ao forno pré-aquecido em 180ºC para aquecer (aproximadamente 5 minutos). Sirva quente ou firo.

Particularmente eu prefiro os wraps levemente aquecidos. Por isso insisto em colocá-los no forno por alguns minutos depois de preparar. Entretanto, para quem prefere comê-los frios (ou para quem pretende levá-los para comer de almoço ou lanche no trabalho) vale ao menos aquecer o pão folha antes de arrumar o recheio.

Wraps são ótimos lanches para comer sozinhos, mas também servem perfeitamente para acompanhar outros pratos num almoço ou jantar leve e rápido. Experimente combiná-los com sopas ou saladas para uma refeição completa, balanceada e reforçada. Se preferir comer só o wrap, fica liberado uma sobremesa sensata para arrematar. Que tal uma fruta assada com mel?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Sabor nutritivo

Como não acreditava que ia conseguir chegar até aqui, não planejei nada para comemorar um mês de blog. Mas não é sensacional? Hoje meu querido Terapia na Cozinha está completando um mês de existência. Estou até emocionada. E como não tenho nada de especial para publicar (sem contar outra receita maravilhosa, gostosa e saudável) resolvi cumprir outra promessa que fiz quando estava começando.

Lembram do post sobre o wrap de espinafre para o qual ainda não tinha foto? Pois bem, hoje me deu vontade de repetir a dose e prepará-lo novamente. Entretanto, fiz uma pequena modificação com relação à vez passada. Apenas troquei o tipo de queijo que usei de minas frescal para cottage. E, para deixar o post ainda mais completo, desta vez (também como prometido) tirei fotos durante o processo.

Aqui vai a receita detalhada mais uma vez com os novos ingredientes.

Wrap integral de espinafre com queijo cottage

1 unidade de pão folha integral
1/4 de cebola picada
170 g de espinafre lavado e picado
2 col. de sopa de cottage
3 fatias finas de blanquet de peito de peru light
sal e pimenta-do-reino a gosto

Etapa 1: espinafre já murcho depois de ter sido refogado com a cebola.

Etapa 2: recheio do wrap após ter sido processado com o queijo cottage.

Etapa 3: wrap pronto fechado.

 

 

 

 

 

 

 

Modo de preparo:
Numa panela antiaderente, refogue a cebola e o espinafre até murchar (aproximadamente 3 minutos). Caso seja necessário, pingue algumas gotas de água para ajudar enquanto os ingredientes são refogados. Quando o espinafre estiver murcho, escorra a água que tenha soltado da verdura. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco. Acrescente o queijo cottage e bata no processador até formar um creme homogêneo. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.
Para montar o wrap, abra o pão folha num prato. Distribua as fatias de peito de peru e coloque o creme de espinafre com queijo por cima. Feche o sanduíche enrolando o pão. Sirva em seguida.

Wrap integral de espinafre com queijo cottage

Como já previa, a substituição nos queijos não alterou em nada o sabor delicioso deste wrap. No fim, você pode escolher entre qualquer tipo de queijo branco magro para acompanhar o espinafre no recheio. A melhor parte deste prato é que além de light, ele é altamente nutritivo e saudável já que o espinafre contem altas doses de fibras e minerais, como o ferro, imprescindível para o bom funcionamento do organismo.

Outra sugestão para incrementar ainda mais o recheio é incluir 1/2 cenoura ralada e 6 unidades de tomate cereja cortados em quatro. Além de deixar o wrap mais colorido estes ingredientes acrescentam ainda mais nutrientes ao seu jantar. A verdade é que são inúmeras as possibilidades de recheio para qualquer wrap e, por ser versátil, o espinafre aceita diversas combinações de sabores sem competir com nenhum deles.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Cozinhando para uma pessoa

Eu adoro morar sozinha. Mas devo confessar que no quesito culinária as vezes isso acaba sendo frustrante. São inúmeras as receitas que tenho vontade de provar, mas quase todas elas rendem de 4 a 6 porções e fica inviável cozinhá-las só para mim. Por isso, de vez em quando faço pequenas modificações adaptando a receita para que sirva apenas uma pessoa.

Semana passada resolvi experimentar um recheio de espinafre com queijo branco que na receita original seria para rechear crepes de quinoa. Entretanto, como a receita dizia que rendia 7 porções, dispensei o crepe de quinoa e fiz a pasta de espinafre como recheio de um delicioso wrap. Infelizmente não tenho foto da minha preparação, mas o sanduíche ficou tão maravilhoso que certamente vou repetir a dose muito em breve. Prometo registrar o fato da próxima vez, com direito a fotos durante o preparo.

De qualquer maneira, aqui está a receita que acabei criando.

Wrap de espinafre com queijo minas frescal

1 unidade de pão folha integral
1/4 de cebola picada
170 g de espinafre lavado e picado
100 g de queijo minas frescal light (ou outro queijo branco de sua preferência)
3 fatias finas de blanquet de peito de peru light
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Refogue a cebola em um fio de azeite até ficar macia. Em seguida, acrescente o espinafre e deixe refogar até murchar (+/- 5 minutos). Escorra a água que soltar da verdura. Junte o queijo e mexa por mais 2 minutos ou até o queijo começar a derreter. Desligue o fogo e deixe a mistura esfriar um pouco. Bata no processador até formar um creme homogêneo e tempere com o sal e a pimenta-do-reino.
Para montar o wrap, abra o pão folha num prato. Distribua as fatias de peito de peru e por cima coloque o creme de espinafre com queijo. Feche o sanduíche enrolando o pão. Sirva em seguida.

Eu quis acrescentar o peito de peru neste wrap para dar mais uma fonte de proteína ao prato e torná-lo um jantar completo. Vale também misturar outros ingredientes ao creme de espinafre para rechear o wrap como tomate-cereja, cenoura ralada ou cogumelos em fatias. O legal de wraps é que são levinhos e podem ser recheados com praticamente qualquer coisa. Aqui o que vale é usar a imaginação para criar uma refeição saborosa e divertida.

Um alerta, ao refogar a cebola e o espinafre use APENAS um fio de azeite. É só o suficiente para não queimar os ingredientes no processo de cozimento. Usar mais é desnecessário e acrescenta muita gordura e calorias ao prato sem precisar. Se você tiver uma panela antiaderente melhor ainda pois não será preciso usar azeite algum.

Por hoje é só.

Bon appetit!