Para fechar com chave de ouro

Nada melhor do que terminar a semana de cardápio especial para aquele jantar romântico do que com uma deliciosa sobremesa, não é mesmo? Eu sempre adorei fazer doces. Alias, minhas primeiras aventuras na cozinha foram no mundo das sobremesas. Tudo graças a minha mãe que sempre teve uma mão fantástica para preparar guloseimas deliciosas.

Foi só depois que aprendi a ter uma alimentação mais balanceada e saudável que comecei a brincar com os pratos salgados. Por isso, sempre vou ter um carinho especial pelas minhas receitas de sobremesas. E mesmo procurando sempre seguir uma alimentação mais nutritiva e balanceada, me dou o direito de fazer gostosuras de vez em quando. Ainda mais quando posso prepará-las para alguém especial. Tem um gostinho maravilhoso.

Brownie de cacau com cereja

Brownie de cacau com cereja

100 g de farinha de trigo
1 xíc. de chá de açúcar
3/4 xíc. de chá de cacau em pó
1 col. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1/3 xíc. de chá de geleia de cereja com pedaços de fruta
80 ml de água
5 col. de sopa cheias de manteiga light
1 ovo
1 clara
20 g de chocolate 85% picado

Modo de preparo:
Numa tigela, junte a farinha, o açúcar, o cacau em pó, o fermento e uma pitada de sal. Misture bem com um garfo até que fique tudo incorporado. Reserve.
Aqueça uma panela antiaderente em fogo baixo e despeje a geleia, a água e a manteiga light. Mexa bem até que a manteiga derreta e a mistura fique homogênea. Deixe esfriar levemente e junte à mistura seca de farinha. Misture delicadamente com uma colher até ficar completamente incorporado.
Aos poucos, junte o ovo e a clara e misture bem. Por fim, coloque os pedaços de chocolate meio amargo 85% e termine de incorporar tudo.
Despeje a mistura numa forma refratária untada com um fio de óleo ou azeite e leve para assar em forno pré-aquecido em 180˚C por 40 minutos ou até que um palito inserido no meio saia quase limpo. É importante ficar ainda um pouco úmido no centro para garantir que o brownie fique molhadinho e macio.

É de dar água na boca!

Rende de 10 a 14 porções.

Impossível descrever a delícia que ficou este brownie. Confesso que esta foi a primeira vez que fiz brownies completamente caseiros. Isso porque morando 9 anos nos Estados Unidos era sempre mais fácil comprar aquelas caixas de misturas pré prontas e só acrescentar água e ovos. Dito isso, garanto que esta versão feita em casa é infinitamente mais gostosa.

Apesar do sabor do chocolate ser bem mais predominante do que o da cereja, o fato de usar a geleia na receita traz um quê de especial ao gosto final. Isso sem contar que ao utilizar uma geleia com pedaços de frutas faz com que encontremos surpresinhas de cereja no meio do brownie. Acredite, esta receita foi uma das melhores que já preparei e vale todas as calorias. Mas vamos combinar de consumir com moderação, ok?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Para o lanchinho da tarde

Nada melhor do que um delicioso pedaço de bolo de banana quentinho, recém saído do forno. Quando acompanhado de queijo cottage ou frutas frescas num completo café da manhã ou lanchinho da tarde a sensação fica melhor ainda. Sempre quis fazer bolo de banana, mas como moro sozinha era complicado fazer tanto só para mim.

Quando descobri esta receita, que além de levar menos gordura do que os tradicionais, ainda podia ser congelado em porções para ir comendo aos poucos, tive que experimentar. O resultado ficou simplesmente divino e em nenhum momento parece que você está comendo uma versão mais saudável desse pecado gastronômico tão bom.

Bolo de banana

Bolo básico de banana

130 g de farinha de trigo
65 g de farinha de trigo integral
60 ml de óleo de soja
150 g de açúcar mascavo
2 claras
120 g de iogurte natural desnatado
230 g de banana (aprox. 4 und. prata médias)
1 col. de chá essência de amêndoa
1 col. de chá bicarbonato de sódio
1 col. de chá de fermento
1/2 col. de chá de canela
1/4 col. de chá sal

Fatia de bolo com cottage

Modo de preparo:
Numa tigela pequena, junte a banana bem madura e amassada com o bicarbonato de sódio e o iogurte. Misture bem até ficar homogêneo e reserve enquanto prepara os demais ingredientes.
Numa tigela média, junte o açúcar, as claras, o óleo e a essência de amêndoa. Mexa bem com um garfo ou batedor de arame para ficar completamente misturado.
Finalmente, junte as farinhas, o fermento, a canela e o sal numa terceira tigela maior. Comece misturando os ingredientes molhados. Mexa bem para ficar completamente homogêneo. Junte aos poucos à mistura de farinha e mexa bem apenas para ficar completamente incorporado. Evite mexer demais neste momento para não deixar o bolo muito duro.
Derrame a massa numa forma de pão retangular untado com um fio de óleo e farinha. Leve ao forno pré-aquecido em 180˚C e asse por 50 minutos ou até que um palito inserido no meio saia limpo.

A receita original pedia a essência de baunilha tradicional. Resolvi inovar e finalmente usar a essência de amêndoa que tinha comprado e estava esperando um momento especial para poder usar. Achei a combinação fantástica e o fato de ser essência de amêndoa deu ao bolo um toque diferente e super saboroso.

Bolo de banana com kiwi e cottage

Esta receita é simples e básica. O bom é que ela pode ser incrementada dependendo do gosto de cada um. Uma opção é acrescentar gotinhas de chocolate meio amargo na massa antes de levar para assar. Você pode também colocar amêndoas ou nozes picadas na massa para dar um toque à mais. De qualquer maneira, a versão pura como a minha já ficou uma delícia!

Rende 15 porções.

Por hoje é só.

Bom appetit!

Relembrando o passado

Nada me parece tão Americano quanto a combinação de manteiga de amendoim com geleia. Quem nunca viu um filme no qual alguém esteja comendo um típico sanduíche com esse recheio? Quando sinto muita saudade da minha adolescência nos Estados Unidos, confesso que abro a geladeira e como uma colher de sopa de manteiga de amendoim. É bom demais.

Por isso fiquei tão empolgada quando achei esta receita de muffins que combinava os dois ingredientes clássicos. Me pareceu um pouco estranho assar os muffins com a geleia já dentro. Mas a melhor parte foi descobrir que o sabor ficou absolutamente divino sem sobrecarregar demais nenhum dos dois. Mesmo quem não é muito fã da manteiga de amendoim vai conseguir aproveitar a delicadeza dela nesta receita.

Mini muffin de manteiga de amendoim com geleia

Mini muffin de manteiga de amendoim com geleia

1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/4 col. de chá de bicarbonato de sódio
1/8 col. de chá de sal
1/4 xíc. de chá de açúcar mascavo
1/4 xíc. de chá de iogurte semidesnatado
1/2 col. de sopa de óleo de canola
1 col. de sopa de manteiga de amendoim natural
1 clara
1 col. de sopa de geleia

Modo de preparo:
Numa tigela grande, misture a farinha com o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Em outra tigela, junte o açúcar, o iogurte, o óleo, a manteiga de amendoim e a clara. Bata na batedeira em velocidade baixa até ficar homogêneo.
Faça um buraco no centro da mistura seca e acrescente a mistura molhada aos poucos. Mexa com uma colher de pau apenas até ficar tudo incorporado. Tenha cuidado para não mexer demais pois os muffins podem ficar duros.
Unte uma forma de mini muffins com azeite ou margarina. Divida metade da massa entre as forminhas. Coloque um pingo da geleia no centro de cada muffin de forma que ela fique dividida de maneira igual entres os muffins. Derrame o restante da massa nas formas terminando de cobrir a geleia em cada um.
Leve para assar em forno pré-aquecido em 180˚C de 12 a 15 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Saboreie com uma bela xícara de chá no lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Como todas as outras receitas de muffins que já publiquei aqui no blog (tanto a integral de banana, a de chocolate branco com damasco e a de cacau com chocolate meio amargo) estes muffins também podem ser congelados para serem saboreados num outro dia. Para isso, basta deixá-los esfriarem por completo e embalar cada um num saquinho de plástico.

Vale à pena investir na versão natural da manteiga de amendoim para esta receita e para qualquer outra que você desejar. Digo isso porque as versões industrializadas, apesar de falarem que não contêm gorduras trans, incluem uma pequena quantidade mesmo assim, o que as torna menos saudáveis. Além disso, a versão natural é bem mais saborosa.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para adoçar as tarde de domingo

Já virou rotina ver manchetes de revistas e artigos científicos afirmando que o tão apreciado chocolate não é mais tão vilão da saúde quanto pensávamos. Ao contrário, consumir uma pequena quantidade dessa delícia diariamente pode trazer inúmeros benefícios a nossa saúde. O importante é escolher qual chocolate saborear para que as calorias ingeridas não sejam completamente vazias.

Quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate, melhor ele é para nossa alimentação. Isso porque os benefícios estão todos presentes na manteiga do cacau e no pó usado ao preparar o chocolate. As versões ao leite e principalmente o chocolate branco, que não contem nada de cacau em pó, aumentam demais o volume de açúcar da receita e deixam de lado as propriedades benéficas do doce.

Devo confessar que antes de passar pela reeducação alimentar não era muito fã de chocolate amargo. Alias, minha versão preferida era a pior possível: o chocolate branco. Hoje aprendi a saborear a delicadeza marcante do chocolate com maior percentual de cacau. Atualmente, para mim, quanto maior essa porcentagem, melhor.

Mas como ninguém é de ferro e todos merecemos uma escapulida de vez em quando, resolvi experimentar esta receita de muffins de chocolate branco com damasco. A quantidade de chocolate utilizada não é muita mas é perfeitamente suficiente para satisfazer meus desejos sem destruir completamente meu plano alimentar. Sensacional, não?

Mini muffin de chocolate branco com damasco

Mini muffins de chocolate branco com damasco

1 xíc. de chá de farinha de trigo
1/4 de xíc. de chá de açúcar
1 col. de chá de gengibre em pó
1/2 col. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
25 g de chocolate branco picado
90 ml de leite desnatado
1 1/2 col. de sopa de margarina light
1 clara
25 g de damasco seco picado

Modo de preparo:
Junte a farinha de trigo, o açúcar, o gengibre, o fermento, a pitada de sal e o chocolate picado numa tigela e misture bem com um garfo para que fique tudo incorporado. Em outra tigela, misture o leite, a margarina derretida e a clara. Mexa bem com um garfo para que fique homogêneo.
Aos poucos, incorpore a mistura molhada na mistura seca. Mexa com delicadeza apenas para que fique homogêneo mas tenha cuidado para não mexer demais. Por fim acrescente o damasco picado e termine de mexer.
Pré-aqueça o forno em 200˚C. Despeje a massa em forminha de mini muffins antiaderentes untados com spray de azeite. Leve ao forno e deixe assar de 12 a 14 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Saboreie com uma xícara de chá de frutas no lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Sou apaixonada por muffins, ainda mais estes tamanho miniatura já que podemos comer mais de um sem pesar demais a consciência. Tenho várias receitas de sabores diferentes e me divirto experimentando cada uma. Aqui no blog já publiquei outras, como a de banana com farinha integral e a de cacau com chocolate amargo.

Mas sem dúvida esta nova de chocolate branco com damasco tornou-se minha preferida. A mistura de sabores ficou divina e a quantidade utilizada é perfeita para dar aquele gostinho e satisfazer meus desejos sem sobrecarregar demais a receita. O melhor é que podemos congelar os muffins já pronto para saborear um outro dia. Aproveite para fazer muitos e ir comendo ao longo da semana. Aposto que vai adorar.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Um docinho para qualquer hora

Adoro fazer cookies clássicos, tipicamente americanos, para ocasiões especiais. Quanto mais deliciosos os cookies, mais prazer tenho em fazê-los para pessoas queridas. Entretanto, estou sempre em busca de receitas novas para testar e aprimorar meus dotes na cozinha.

A receita tradicional que tenho deixo guardada apenas para situações extremamente especiais. Isso porque leva uma quantidade absurda de manteiga na sua composição. Até por isso, os cookies podem ficar um pouco pesados demais e acabam tendo um sabor amanteigado em excesso. Foi então que achei esta receita mais leve e tive que experimentar. O resultado foi perfeito.

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

Cookies congelados com gotinhas de chocolate

3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo
3/4 de xíc. de chá de farinha de trigo integral
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/4 de col. de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/2 xíc. de chá de açúcar
38 ml de óleo de canola
2 col. de sopa de margarina light
1 ovo
2 col. de chá de essência de baunilha
25 g de chocolate 85%

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento, o bicarbonato e a pitada de sal. Em outra tigela, bata com uma batedeira de mão o açúcar, o óleo de canola, a margarina, o ovo e a essência de baunilha até que fique homogêneo e levemente cremoso.
Acrescente a mistura de farinha aos poucos e bata apenas para juntar tudo. Tome cuidado para não bater a massa demais. Pique o chocolate 85% em pedacinhos e junte à massa. Mexa com delicadeza até misturar completamente.
Divida a mistura em duas partes iguais e enrole cada uma para formar um tronco de aproximadamente 15 centímetros de comprimento. Cubra completamente com filme plástico e molde para que fique arredondado. Leve ao freezer por 45 minutos. Após esse tempo, retire do freezer e arrume para ficar o mais perfeitamente arredondado possível. Retorne ao freezer e deixe por pelo menos mais 2 horas.
Na hora de assar, pré-aqueça o forno em 180˚C. Deixe um dos troncos fora do freezer por 3 minutos antes de começar a cortar. Com uma faca, ou fio de barbante, corte a massa para formar cookies de aproximadamente 1 centímetro de largura. Repita até obter 18 cookies iguais.
Arrume os cookies numa forma refratária antiaderente untada com um fio de azeite e leve para assar de 10 a 12 minutos até começarem a dourar por baixo. Caso deseje, repita com o restante da massa.

Rende 36 cookies, 18 por tronco.

Além de deliciosos, estes cookies são perfeitos para qualquer momento em que surgir uma vontade incontrolável de comer um docinho. Cada tronco de massa pode ser preparado com antecedência e guardado no freezer por até 3 messes. Na hora de preparar é só deixar descongelando 3 minutos antes de cortar os cookies.

A menor quantidade de gordura incluída na receita não prejudica o prazer final ao comer os cookies. Em certos casos, ficam até mais gostosos já que o sabor é mais leve e não pesa tanto no estômago. O bom é que com esta receita também conseguimos incluir uma pitada de fibras na nossa alimentação com o acréscimo da farinha integral. Além de gostosos, os cookies tornam-se mais saudáveis. Tem coisa melhor?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Delícias saudáveis

Depois da primeira tentativa bem sucedida na qual fiz mini muffins de cacau com chocolate amargo, resolvi testar outra receita destes docinhos miniatura tipicamente norte-americanos. Desta vez optei por uma receita um pouco mais saudável já que leva na sua composição farinha de trigo integral e bananas.

O gostoso de preparar estes bolinhos é a grande versatilidade e enormidade de sabores possíveis. São tantas receitas existentes que dá vontade de testar uma diferente a cada dia. Como adoro fazer sobremesas de frutas, escolhi esta de banana para experimentar. O melhor é que eles também servem perfeitamente de café da manhã especial num domingo qualquer.

Mini muffin integral de banana

Mini muffin integral de banana

12 col. de sopa cheias de farinha de trigo integral
4 col. de sopa cheias de farinha de trigo branca
1 col. de sobremesa de fermento em pó
1 col. de chá de canela em pó
1 pitada de sal
1 1/2 banana prata madura amassada com um garfo
1 ovo
6 col. de sopa de açúcar mascavo
40 ml de leite semidesnatado
1 1/2 col. de sopa de margarina light sem sal
1 col. de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento, a canela e o sal. Misture delicadamente com uma colher para juntar todos os ingredientes.
Em outra tigela, junte o ovo levemente batido com um garfo, as bananas amassadas e a margarina em temperatura ambiente. Acrescente o açúcar, o leite desnatado e a essência de baunilha e mexa bem com um garfo até que fique bem homogêneo.
Abra um buraco no centro dos ingredientes secos e despeje a mistura de banana mexendo delicadamente com o garfo. Misture apenas até ficar tudo incorporado. Cuidado para não bater demais para que os muffins não fiquem duros.
Unte uma forma antiaderente de 12 mini muffins com um pingo de azeite em cada potinho. Despeje aproximadamente 1 col. de sopa da massa em cada recipiente até dividir completamente por todos os 12. Asse em forno pré-aquecido em 190˚C por 18 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Deixe esfriar por 5 minutos, desenforme e sirva como lanchinho acompanhado de uma xícara de café ou chá.

Rende 12 mini muffins.

Estes mini muffins podem até não parecer tão apetitosos à primeira vista quanto os outros que preparei. Entretanto, não canso de repetir que as aparências enganam. Absolutamente divinos, estes bolinhos integrais de banana tem uma grande vantagem já que realmente são mais saudáveis que os outros. Além disso, seu sabor é tão delicioso quanto qualquer outra sobremesa que já tenha feito.

Outra vantagem desta receita é a possibilidade de congelar os muffins depois de prontos. Para fazer isso, basta lembrar de deixá-los esfriarem antes de guardar num recipiente hermeticamente fechado no freezer. Quando quiser saboreá-los novamente, deixe descongelando na geladeira de um dia para o outro ou por algumas horas em temperatura ambiente.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para juntar a galera

Ontem à tarde me deu uma vontade louca de inaugurar minha forma de mini muffins que comprei na minha última viagem aos Estados Unidos. O problema disso é que como moro sozinha fazer 12 mini muffins só para mim acaba sendo uma tentação absurda. Não teria como não acabar comendo tudo.

Para reverter a situação, nada melhor do que chamar pessoas amadas para saborear a delícia junto com você. Melhor ainda, estes mini muffins são uma ótima desculpa para juntar todo mundo e saborear um delicioso pote de café ou chá num singelo lanchinho da tarde.

Mini muffins de cacau com chocolate amargo

Mini muffins de cacau com chocolate amargo

14 col. de sopa de farinha de trigo
1/4 de xíc. de chá de açúcar mascavo
2 col. de sopa de cacau em pó sem açúcar
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/2 col. de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
120 ml de água
1/2 col. de sobremesa de essência de baunilha
1/2 col. de sopa de vinagre de vinho branco
30 g de chocolate amargo (70% cacau ou mais)
30 ml de óleo de canola
1 clara

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 200˚C. Unte uma forma refratária de mini cupcakes com 12 unidades com um pouco de azeite. Reserve. Quebre o chocolate amargo em quadradinhos pequenos e reserve.
Numa tigela, misture os ingredientes secos (da farinha até o sal) e misture delicadamente com uma colher até ficar homogêneo. Em outra tigela, junte os demais ingredientes (menos o chocolate amargo) e bata ligeiramente com um garfo até misturar completamente.
Abra um buraco no meio da tigela com os ingredientes secos e derrame a mistura de óleo, água e a clara. Comece a mexer com cuidado com o auxílio de uma colher ou garfo até que fique tudo bem misturado. Cuidado para não mexer demais se não os muffins podem ficar duros. Acrescente 2/3 do chocolate picado e misture à massa.
Divida a massa entre os 12 recipientes da forma de mini muffins até que todos fiquem cheios. Pegue o resto do chocolate picado e coloque um pedacinho por cima de cada muffin. Leve para assar de 8 a 9 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Sirva como acompanhamento de uma bela xícara de chá ou café como lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Não há palavras para descrever a delícia que ficaram estes mini muffins. Absurdamente fofinhos e macios, eles derretem na boca e levam o sabor espetacular do cacau a um patamar nunca antes atingido. A receita original era para fazer 12 muffins do tamanho normal. Entretanto, como a minha forma era de mini muffins, dividi a receita ao meio e fiz 12 do tamanho pequeno.

Caso você queira preparar estas delícias do tamanho tradicional, esta quantidade indicada rende 6. Para fazer 12, apenas dobre os ingredientes. E neste caso, não se esqueça de aumentar o tempo de forno para 15 minutos, aproximadamente. Mas vamos combinar, os pequenininhos são muito mais fofos e, por serem mini, podemos comer mais de um sem culpa. Melhor impossível, não é?

Por hoje é só.

Bon appetit!