Para fechar com chave de ouro

Nada melhor do que terminar a semana de cardápio especial para aquele jantar romântico do que com uma deliciosa sobremesa, não é mesmo? Eu sempre adorei fazer doces. Alias, minhas primeiras aventuras na cozinha foram no mundo das sobremesas. Tudo graças a minha mãe que sempre teve uma mão fantástica para preparar guloseimas deliciosas.

Foi só depois que aprendi a ter uma alimentação mais balanceada e saudável que comecei a brincar com os pratos salgados. Por isso, sempre vou ter um carinho especial pelas minhas receitas de sobremesas. E mesmo procurando sempre seguir uma alimentação mais nutritiva e balanceada, me dou o direito de fazer gostosuras de vez em quando. Ainda mais quando posso prepará-las para alguém especial. Tem um gostinho maravilhoso.

Brownie de cacau com cereja

Brownie de cacau com cereja

100 g de farinha de trigo
1 xíc. de chá de açúcar
3/4 xíc. de chá de cacau em pó
1 col. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1/3 xíc. de chá de geleia de cereja com pedaços de fruta
80 ml de água
5 col. de sopa cheias de manteiga light
1 ovo
1 clara
20 g de chocolate 85% picado

Modo de preparo:
Numa tigela, junte a farinha, o açúcar, o cacau em pó, o fermento e uma pitada de sal. Misture bem com um garfo até que fique tudo incorporado. Reserve.
Aqueça uma panela antiaderente em fogo baixo e despeje a geleia, a água e a manteiga light. Mexa bem até que a manteiga derreta e a mistura fique homogênea. Deixe esfriar levemente e junte à mistura seca de farinha. Misture delicadamente com uma colher até ficar completamente incorporado.
Aos poucos, junte o ovo e a clara e misture bem. Por fim, coloque os pedaços de chocolate meio amargo 85% e termine de incorporar tudo.
Despeje a mistura numa forma refratária untada com um fio de óleo ou azeite e leve para assar em forno pré-aquecido em 180˚C por 40 minutos ou até que um palito inserido no meio saia quase limpo. É importante ficar ainda um pouco úmido no centro para garantir que o brownie fique molhadinho e macio.

É de dar água na boca!

Rende de 10 a 14 porções.

Impossível descrever a delícia que ficou este brownie. Confesso que esta foi a primeira vez que fiz brownies completamente caseiros. Isso porque morando 9 anos nos Estados Unidos era sempre mais fácil comprar aquelas caixas de misturas pré prontas e só acrescentar água e ovos. Dito isso, garanto que esta versão feita em casa é infinitamente mais gostosa.

Apesar do sabor do chocolate ser bem mais predominante do que o da cereja, o fato de usar a geleia na receita traz um quê de especial ao gosto final. Isso sem contar que ao utilizar uma geleia com pedaços de frutas faz com que encontremos surpresinhas de cereja no meio do brownie. Acredite, esta receita foi uma das melhores que já preparei e vale todas as calorias. Mas vamos combinar de consumir com moderação, ok?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Anúncios

Começando de leve

Hoje é um dia muito especial: meu aniversário! Sim, sou daquelas pessoas que AMA comemorar o aniversário, ADORA receber presentes e ser paparicada. Afinal, é só um dia no ano, não é mesmo? Nada melhor do que juntar as pessoas amadas nesses dias e fazer uma grande festa com bastante comida e bebida boa.

E para comemorar com vocês começo o dia com um docinho bem light e saudável para ir esquentando o clima. Sim, porque para quem vai “chutar o pau da barraca”, como diz minha mãe, na festa de hoje à noite, tem que começar de leve para não correr o risco de despirocar total.

Musse de iogurte de chocolate

Musse de iogurte de chocolate

1 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de sopa de cacau em pó
1 col. de sopa de mel

Modo de preparo:
Despeje o iogurte natural numa tigela. Acrescente o cacau em pó e o mel e mexa bem para que fique tudo completamente homogêneo. Se quiser, acrescente framboesas ou mirtílos por cima da musse para decorar. Fica uma delícia!

A receita é absurdamente simples e funciona super bem como uma sobremesa leve depois do almoço ou mesmo como um lanchinho esperto no meio da tarde. Seja como for que você escolha saborear esta receita, a quantidade de mel acrescentada fica ao critério de cada um. Se preferir mais docinho, pode colocar mais.

O mesmo vale para o cacau em pó. Como gosto bastante do sabor intenso do cacau puro, ou seja, sem ser adoçado, optei por fazer essa combinação de quantidades. Assim, obtive um adocicado leve do mel mas o sabor que sobressaiu foi do delicioso cacau em pó de primeira qualidade. Ficou absolutamente divino!

Por hoje é só.

Bon appetit!

Delícias leves

Nada me deixa mais feliz do que receber pessoas queridas em casa e preparar um jantar delicioso para elas. Final de semana passado finalmente conseguir juntar umas amigas para uma noite de conversas e pratos saborosos. Claro que aproveitei a ocasião para testar novas receitas e usá-las como cobaias. Felizmente deu tudo certo, ou pelo menos acho que sim porque ninguém passou mal e não reclamaram das receitas.

Como testei três, vou compartilhá-las aqui nos próximos dias. E claro que começamos com a melhor parte: a sobremesa. Amo tiramisu, mas quase nunca como por ser uma verdadeira bomba calórica. Esta versão que achei é absurdamente fácil de fazer e é bem mais leve que a tradicional. Mas o sabor fica igualzinho. Se não falasse que era “light”, ninguém ia perceber.

Tiramisu instantâneo

Tiramisu instantâneo

90 g de biscoito champanhe
100 g de cream cheese light
150 g de ricota
1/4 xíc. de chá de açúcar
60 ml de licor de café
cacau em pó para polvilhar
grãos de café cobertos com chocolate amargo para decorar

Modo de preparo:
Arrume metade dos biscoitos no fundo de uma travessa. Regue com metade do licor de café e deixe descansar para que fiquem bem empapados.
Enquanto isso, bata com um mixer de mão o cream cheese, a ricota e o açúcar até que fique completamente homogêneo e cremoso. Espalhe metade do creme por cima dos biscoitos.
Pegue a outra metade dos biscoitos champanhe e arrume por cima do creme espalhado. Regue com o restante do licor de café e deixe descansar alguns minutos para que incorporem bem o líquido. Espalhe o restante do creme de queijo por cima dos biscoitos. Polvilhe com o cacau em pó a gosto e decore com grãos de café coberto com chocolate amargo.

Rende 4 a 6 porções.

O modo de preparo indicado é para uma porção inteira feita numa travessa grande. Mas se você preferir pode fazer como eu e dividir os ingredientes em quatro para preparar porções individuais em pequenos ramekins redondos. A vantagem de fazer porções individuais é poder personalizar cada uma ao gosto da pessoa que irá saboreá-la.

Na receita original de tiramisu, a cremosidade vem do queijo mascarpone utilizado. Entretanto, é justamente este queijo que aumenta absurdamente a quantidade de gordura do doce. Nesta versão mais leve o creme continua com a mesma consistência e o sabor não deixa em nada a desejar. Realmente ficou uma delícia.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Para juntar a galera

Ontem à tarde me deu uma vontade louca de inaugurar minha forma de mini muffins que comprei na minha última viagem aos Estados Unidos. O problema disso é que como moro sozinha fazer 12 mini muffins só para mim acaba sendo uma tentação absurda. Não teria como não acabar comendo tudo.

Para reverter a situação, nada melhor do que chamar pessoas amadas para saborear a delícia junto com você. Melhor ainda, estes mini muffins são uma ótima desculpa para juntar todo mundo e saborear um delicioso pote de café ou chá num singelo lanchinho da tarde.

Mini muffins de cacau com chocolate amargo

Mini muffins de cacau com chocolate amargo

14 col. de sopa de farinha de trigo
1/4 de xíc. de chá de açúcar mascavo
2 col. de sopa de cacau em pó sem açúcar
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/2 col. de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
120 ml de água
1/2 col. de sobremesa de essência de baunilha
1/2 col. de sopa de vinagre de vinho branco
30 g de chocolate amargo (70% cacau ou mais)
30 ml de óleo de canola
1 clara

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 200˚C. Unte uma forma refratária de mini cupcakes com 12 unidades com um pouco de azeite. Reserve. Quebre o chocolate amargo em quadradinhos pequenos e reserve.
Numa tigela, misture os ingredientes secos (da farinha até o sal) e misture delicadamente com uma colher até ficar homogêneo. Em outra tigela, junte os demais ingredientes (menos o chocolate amargo) e bata ligeiramente com um garfo até misturar completamente.
Abra um buraco no meio da tigela com os ingredientes secos e derrame a mistura de óleo, água e a clara. Comece a mexer com cuidado com o auxílio de uma colher ou garfo até que fique tudo bem misturado. Cuidado para não mexer demais se não os muffins podem ficar duros. Acrescente 2/3 do chocolate picado e misture à massa.
Divida a massa entre os 12 recipientes da forma de mini muffins até que todos fiquem cheios. Pegue o resto do chocolate picado e coloque um pedacinho por cima de cada muffin. Leve para assar de 8 a 9 minutos ou até que um palito enfiado no meio saia limpo. Sirva como acompanhamento de uma bela xícara de chá ou café como lanche da tarde.

Rende 12 mini muffins.

Não há palavras para descrever a delícia que ficaram estes mini muffins. Absurdamente fofinhos e macios, eles derretem na boca e levam o sabor espetacular do cacau a um patamar nunca antes atingido. A receita original era para fazer 12 muffins do tamanho normal. Entretanto, como a minha forma era de mini muffins, dividi a receita ao meio e fiz 12 do tamanho pequeno.

Caso você queira preparar estas delícias do tamanho tradicional, esta quantidade indicada rende 6. Para fazer 12, apenas dobre os ingredientes. E neste caso, não se esqueça de aumentar o tempo de forno para 15 minutos, aproximadamente. Mas vamos combinar, os pequenininhos são muito mais fofos e, por serem mini, podemos comer mais de um sem culpa. Melhor impossível, não é?

Por hoje é só.

Bon appetit!

Alternativas crocantes

Além de hoje ser domingo, é páscoa! Com isso, não tinha outra possibilidade se não colocar uma receita deliciosa e absolutamente achocolatada. Afinal, PÁSCOA = CHOCOLATE! E para quem também se assustou profundamente com os preços dos ovos de páscoa este ano, não precisa ficar preocupado. Esta receita que trago hoje é bem mais barata, rende bastante e fica uma DELÍCIA!

Sempre quis me aventurar em receitas mais elaboradas que demandam um pouco mais de técnica e sofisticação. Como hoje é uma data comemorativa especial, resolvi unir o útil ao agradável e aproveitar a ocasião para testar meus dotes culinários mais a fundo. O resultado foi impressionante. E posso dizer com orgulho que deu tudo certo. Não poderia estar mais feliz.

Biscoito italiano “biscotti” de cacau com chocolate

Biscoito italiano "biscotti" de cacau com chocolate

1 1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1 xíc. de chá de açúcar
1/2 xíc. de chá de cacau em pó sem açúcar
1 col. de chá de pó de café instantâneo
50 g de chocolate meio amargo 70% cacau picado (ou gotinhas de chocolate meio amargo)
1/2 col. de chá de fermento em pó
1/2 col. de chá de bicarbonato de sódio
1/2 col. de chá de sal
1 col. de chá de essência de baunilha
2 ovos
1 clara

Modo de preparo:
Numa tigela, misture os primeiros 8 ingredientes (até o sal) e mexa delicadamente com uma colher até ficar homogêneo. Sempre que se prepara receitas com bicarbonato não se deve mexer demais para não perder sua elasticidade e poder de crescimento.
Em outra tigela, misture os ovos com a clara e a essência de baunilha. Mexa bem com um garfo até ficar bem homogêneo. Vá acrescentando a mistura dos ovos aos poucos aos ingredientes secos. Comece a misturar delicadamente com um batedor de ovo. Mexa bem, sempre com cuidado, até que tudo fique bem homogêneo. A mistura ficará bastante pegajosa. Caso seja necessário, ajude a mexer também com uma colher de pau.
Com as mão esfarinhadas, termine de misturar a massa e divida em duas partes iguais. Faça um rolo com uma das metades e achate levemente até ficar com aproximadamente 30 centímetros de comprimento e 1 centímetro de altura. Repita com a segunda metade da massa. Coloque para assar numa assadeira antiaderente coberta com papel manteiga untado com um pouco de óleo de canola ou azeite.
Asse em forno pré-aquecido em 175˚C por 22 minutos. Retire do forno e deixe esfriar durante 10 minutos numa superfície fria e lisa. Corte os rolos em biscoitos de aproximadamente 1 centímetro de largura. Arrume os biscoitos em pé na assadeira e volte ao forno agora em 165˚C e asse durante 15 minutos. Retire e deixe esfriar completamente. Sirva com café ou chá no lanche da tarde.

Rende 36 biscoitos.

Não vou mentir, a receita dá um pouco de trabalho, mas o gostinho de chocolate absurdamente crocante faz todo o esforço valer a pena. Tipicamente italiano, estes biscottis podem ser feitos de diversos sabores. Escolhi esta receita para testar hoje justamente por ser tema indispensável na páscoa.

E para quem ficou preocupado com os ingredientes nada light destes biscoitos acredite, eles são uma versão mais saudável do que outras receitas que encontrei por aí já que eles não levam óleo e têm bem pouca gordura na sua composição.

Mas como hoje é páscoa e é uma data especial, uma leve escapulida não faz mal a ninguém. Aproveite que estes biscoitos são feitos de chocolate amargo e possuem os benefícios do cacau em pó e saboreie junto com a família com gosto.

Por hoje é só.

Bon appetit!

Hibridismos espetaculares

Mantendo a tradição, nada melhor do que um docinho espetacular para comemorar o fato de ser domingo. Não sou adepta da brincadeira do “1˚ de abril”, então não vou mentir. Esta receita não é light nem de baixa caloria. Mas em comparação com outros “pecados alimentares” ganha os benefícios de usar cacau em pó, açúcar mascavo e farinha de trigo integral. E vamos ser sinceros, um docinho de vez em quando é necessário, certo?

Para quem prefere doces mais açucarados (como a grande maioria da população brasileira já que nosso paladar tende mais para o doce) esta receita pode não apetecer muito. Entretanto, quem aprecia uma boa sobremesa à la chocolate meio amargo vai encantar-se com esta delícia.

Cookie-brownie de cacau

Cookie-brownie de cacau

1/2 xíc. de chá de farinha de trigo
1/2 xíc. de chá de farinha de trigo integral
1 col. de café de fermento em pó
1 pitada de sal
5 col. de sopa rasas de margarina light
7 col. de sopa rasas de cacau em pó sem açúcar
2/3 de xíc. de chá de açúcar
1/3 de xíc. de chá de açúcar mascavo
1/2 pote de iogurte natural desnatado
1 col. de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:
Numa tigela, junte as farinhas, o fermento e a pitada de sal. Mexa bem com uma colher e reserve.
Em outra tigela, derreta levemente a margarina no microondas apenas para ficar um pouco mais líquida. Ela não deve derreter completamente nem ferver ou aquecer demais. Acrescente o cacau em pó, os açúcares, o iogurte e a essência de baunilha e misture bem até ficar completamente homogêneo.
Aos poucos, adicione a mistura de ingredientes secos e vá mexendo para incorporar completamente. Unte uma forma refratária com um pouco de margarina e coloque porções pequenas da massa até separar em 24 cookies. Asse em forno pré-aquecido a 180˚C de 10 a 12 minutos. Deixe esfriar e saboreie com uma caneca de café ou chá.

Rende 24 cookies.

Para quem é acostumado aos cookies tipicamente americanos, este vai parecer um pouco diferente. Por ter uma consistência diferente, acaba parecendo uma mistura híbrida de cookie e brownie o que, para mim, só aumenta as vantagens desta delícia.

Uma dica que tenho é moldar os cookie achatando-os para ficarem em formato redondo no momento em que estiver prepararando para assar. Isso porque estes cookies não derretem nem achatam enquanto estão assando. Ou seja, a maneira como estiverem colocados na forma será seu formato final. Aprendi isso na marra e é por isso que os meus não estão tão bonitos na foto. Mas o sabor, esse sim ficou simplesmente espetacular.

Por hoje é só.

Bon appetit!

O poder da escolha

Não há nada melhor do que um domingo a tarde bem preguiçoso sem nada de importante para fazer. Ficar deitada no sofá na frente da televisão ou do computador ouvindo música e colocando as ideias em ordem. Num cenário aconchegante como este a cereja do bolo vem em forma de receita.

Achei esta receita, como tantas outras, num site e me encantei pela simplicidade dela. Para dizer bem a verdade fiquei chocada (e um pouco desconfiada) com a lista de ingredientes e a maneira de prepará-la. Tudo parecia tão simples que me vi na obrigação de testar, só para comprovar que era verdade mesmo. E era.

Crepe de cacau com geleia de cereja

Crepe de cacau com geleia de cereja

1 col. de sopa de cacau em pó sem adição de açúcar
2 ovos
2 col. de sopa de leite de coco light
2 col. de sopa de farinha de trigo
1 1/2 col. de sopa de margarina light

Modo de preparo:
Despeje todos os ingredientes num copo próprio e bata com um mixer. Caso não tenha, é possível bater também no liquidificador. Cubra com filme plástico e deixe descansar por no mínimo 20 minutos.
Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio. Coloque 2 ou 3 col. de sopa da massa e gire a frigideira com a mão para cobrir toda a superfície e formar uma camada fininha. Cozinhe de 1 a 2 minutos até ficar levemente dourada na parte de baixo. Com o auxílio de uma espátula, levante o crepe e vire para cozinhar do outro lado. Deixe por mais 30 segundos e sirva num prato. Recheie com geleia de cereja e enrole. Repita até acabar a massa.

Rende de 8 a 10 crepes.

Fiquei simplesmente encantada com esta receita. Absurdamente simples, ela requer apenas um pouco de prática para formar a camada fininha de massa na frigideira. Entretanto, depois do primeiro crepe (que sempre sai mais ou menos mesmo) o processo flui tranquilamente.

O bom deste crepe é que ele é extremamente leve e não muito adocicado. Alias, como ele não leva nada de açúcar, tem apenas o gostinho característico e delicioso do cacau em pó. O doce vem exclusivamente da escolha da geleia. Mas se você quiser fazer uma sobremesa mais docinha, vale acrescentar 1 bola de sorvete de creme ou chocolate ao recheio. Fica divino.

Por hoje é só.

Bon appetit!